WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Torne realidade o sonho de viver do que você ama! 20% OFF nos cursos online + 5% OFF pagando no cartão

Frango de corte, produzido em alta densidade, atende ao crescente mercado interno e externo

Com pequenas modificações em um galpão tradicional, adaptando-o para a criação em alta densidade, é possível aumentar de 50 a 75% a produtividade

Nos últimos 10 anos, houve um aumento na produção de carne de frango no Brasil, colocando-o entre os maiores produtores.

Nos últimos 10 anos, houve um aumento de 129% na produção de carne de frango no Brasil, colocando-o entre os maiores produtores mundiais, ao lado dos Estados Unidos e da China, e maior exportador de carne de frango do mundo. Acompanhado esse crescimento, estão a elevação no consumo per capta e a redução do custo de produção.

Com a rápida ascensão da avicultura, o setor passou por grandes transformações, tais como a implantação de regras de biossegurança, adequação das instalações e dos equipamentos à realidade brasileira e constantes modificações nas técnicas de manejo.

As inovações do setor trouxeram preocupação quanto à redução da margem de lucro do sistema de criação e, na tentativa de contornar o problema e manter o país competitivo para atender a crescente demanda de exportação, surgiram, recentemente, ideias sobre a criação de frango de corte em alta densidade.

Essa consiste em colocar mais aves por metro quadrado, aumentando a produção de carne por área construída. Para a professora Ilda Ferreira Tinôco, do curso “Produção de Frangos de Corte em Alta Densidade”, “o desafio da avicultura de corte no Brasil é de alojar 14 a 22 aves por metro quadrado de galpão, com resultados de produção superiores a 30Kg de carne/m2, sendo possível chegar até 40kg/m2.”

Surgiram, recentemente, ideias sobre a criação em alta densidade.

O que se objetiva com a criação em alta densidade é a otimização de todo o sistema, ou seja, das instalações, da mão-de-obra, equipamentos, infraestrutura de apoio, assistência técnica e transporte, visando, em última instância, a redução dos custos de produção. Muitas vezes, com pequenas modificações em um galpão tradicional, adaptando-o para a criação em alta densidade, com um investimento mínimo, é possível aumentar de 50 a 75% a sua produtividade, mantendo ou mesmo melhorando índices zootécnicos das aves.

O curso “Produção de frangos de corte em alta densidade”, elaborado pelo CPT – Centro de Produções Técnicas, oferece ótima oportunidade para levar informações acerca de como produzir até 22 frangos por metro quadrado de galpão, sem envolver, necessariamente, a construção de galpões sofisticados; bastando, muitas vezes, apenas a readequação dos galpões já existentes, visando promover o conforto térmico das aves. No curso você receberá informações da professora e pesquisadora Ilda Ferreira Tinôco, doutora em Ciência Animal, especialista em construções rurais e ambiência, do Departamento de Engenharia Agrícola da Universidade Federal de Viçosa - MG

Após fazer o curso e ser aprovado na avaliação, o aluno recebe um certificado de conclusão emitido pela UOV – Universidade On-Line de Viçosa, filiada mantenedora da ABED – Associação Brasileira de Educação a Distância.

O aumento da produção vem atender ao crescente mercado de frangos de corte não só no Brasil, mas no mundo. De qualquer forma, a concepção da avicultura de corte moderna, bem como os processos tecnológicos já alcançados, permitiram consolidar, definitivamente, algumas práticas. Isso tanto se aplica ao manejo das aves quanto aos conceitos aplicados, seja do ponto de vista da produção da carne ou do comportamento dos consumidores em ralação ao frango.                                  

 

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Comentários

dauvane

26 de nov de 2012

adoreiii.muito bom

Resposta do Portal Cursos CPT

27 de nov de 2012

Olá, Dauvane!

Agradecemos seu comentário e visita em nosso site.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

EDSON

23 de mar de 2012

Estou querendo começar uma criação de frango de corte. Não tenho o galpão, mas vou fazer. Tenho muita terra para plantar milho. É um bom negócio? Também tenho muita água, quero criar peixes. Obrigado.

Resposta do Portal Cursos CPT

13 de abr de 2012

Boa tarde, Edson!

Qualquer um desses negócios que você escolha tem grandes chances de serem lucrativas, Edson. Estudos indicam que a demanda por carne branca, frangos e peixes, tende a um aumento expressivo nos próximos anos devido à grande preocupação das pessoas em manter uma alimentação saudável. Nossos cursos orientam passo a passo como providenciar as instalações, proceder com o manejo e a comercialização desses animais. Ter acesso a essa teoria é essencial para uma boa produtividade na qual você poderá oferecer ao mercado produtos de qualidade e em grande quantidade. A plantação de milho sempre é uma boa opção de negócio, pois é um dos cereais mais consumidos no mundo, tanto na alimentação humana quanto na animal. Comercializado inteiro, triturado ou como farinha, o milho é matéria-prima de vários produtos alimentícios e complementa outros.

O CPT – Centro de Produções Técnicas tem diversos cursos nessas áreas, como: Produção de Frangos de Corte, Como Montar e Operar um Pequeno Abatedouro de Frangos, Criação de Peixes, Nutrição e Alimentação de Peixes, Produção de Milho em Pequenas Propriedades e Produção de Milhos Especiais. No nosso site você encontra ainda alguns artigos que trazem considerações importantes sobre esses negócios. Clique e confira: Frangos orgânicos conquistam o paladar do consumidor e garantem lucro ao produtor, Demanda por pescado incentiva piscicultura no Brasil e Produção de milho em pequenas propriedades.   

Para mais esclarecimentos, entre em contato conosco!

Camila Guimarães Ribeiro

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!