Adquira 2 ou mais Cursos CPT e ganhe Frete Grátis.

Responsabilidade Social do Grupo CPT - Compromisso com a Sociedade

O Grupo CPT - Centro de Produções Técnicas - é formado por sete empresas, que, de alguma forma, estão interligadas aos mesmos objetivos: divulgação de conhecimento. Empresas estas criadas por necessidades identificadas junto aos seus alunos.

O Grupo é composto das seguintes empresas: o CPT - Centro de Produções Técnicas; a UOV - Universidade Online de Viçosa; a AFE - Aprenda Fácil Editora; o CPT Agropecuária; o CPT Cursos Presenciais; o CPT Softwares; e o Alfa Hotel Viçosa.

Em uma reunião, em dezembro de 2005, com os Diretores das empresas do Grupo CPT e Líderes dos diversos Setores, o Prof. Nelson Fernandes Maciel, idealizador do Grupo CPT, disse o seguinte: “Mesmo submetidas a uma alta taxa de impostos, as empresas precisam desenvolver projetos de apoio à sociedade, pois é ela que permite à empresa crescer e gerar riquezas. Independente do seu tamanho: pequena, média ou grande, este trabalho de responsabilidade social é importante para os beneficiados diretos, para a sociedade, para os Colaboradores destas empresas, e, principalmente, para os dirigentes que têm a satisfação de dever cumprido”.

A partir desta reunião, todos os Componentes do Grupo iniciaram um trabalho de criação e implantação de projetos de apoio social, considerando que o desempenho de uma empresa passou a ser avaliado, com intensidade crescente, por um conjunto de valores, não apenas econômico ou material. Hoje, e mais ainda no futuro, a empresa e seu sucesso estarão atrelados aos seus trabalhos para superação do sofrimento humano e respeito ao meio ambiente. As ações de responsabilidade social conspirarão para o sucesso destas empresas.

Centro de Conhecimento Padre Mendes

Assim, como primeiro projeto, os Dirigentes das empresas que compõem o Grupo CPT decidiram investir na capacitação profissional da população do Bairro Nova Viçosa, em Viçosa - MG, Bairro este que possui grande parcela da população carente e local com alto índice de criminalidade.

O projeto foi realizado junto a APOV - Associação Assistencial e Promocional da Pastoral da Oração de Viçosa, entidade católica que realiza assistência social para toda a comunidade. Com o nome de “Centro de Conhecimento Padre Mendes”, um grande educador da região, o projeto teve como objetivo dar oportunidade às pessoas do Bairro de participarem de um ambicioso programa de capacitação nas mais diversas áreas de atuação, para criar possibilidades de trabalho e, assim, terem condições de sustentar suas famílias de forma digna.

 

O CPT construiu e equipou várias salas, tais como: uma sala de aula, uma sala de informática, uma sala para biblioteca, uma cozinha para treinamento e banheiros. E, depois, capacitou e manteve um instrutor para administrar os cursos, nos formatos do Curso CPT. Assim, a comunidade começou a se movimentar, de forma gratuita, em torno dos cursos de formação de garçons, de empregadas domésticas e de recepcionista; além de cursos de bijuterias, arranjos florais, doces e tortas, encadernação, treinamento de atendentes de loja, treinamento de secretária e muitos outros.

 

Na inauguração do Centro de Conhecimento Padre Mendes, em dezembro de 2006, o Prof. Nelson Maciel disse: “O Centro de Conhecimento Padre Mendes vem concretizar a nossa aspiração de que a tecnologia e o conhecimento desenvolvidos nas melhores Universidade e Centros de Pesquisas brasileiros sejam colocados à disposição da comunidade do Bairro Nova Viçosa, de forma direta, rápida, eficiente, com assuntos de interesse para jovens, produtores rurais, pequenos empresários e donas de casa. Esperamos que este ambiente evidencie o potencial das pessoas que aqui moram, abrindo portas para um futuro melhor”.

Centro de Formação Profissional no Presídio de Viçosa

Os resultados da implantação do Centro de Conhecimento Padre Mendes apareceram logo, e muitos profissionais formados já estão no mercado de trabalho.

A iniciativa foi considerada um sucesso, mostrando resultados evidentes; assim, o Grupo CPT decidiu desenvolver um projeto junto ao Presídio de Viçosa.

O projeto teve os mesmos objetivos, só que o público era outro: detentos. O projeto vem fazer oposição a uma realidade assustadora, em que quase 90% da população carcerária é reincidente, ou seja, pessoas que retornaram ao Presídio por crimes ainda piores dos que os levaram à primeira prisão.

Portanto, capacitar os presos é de extrema importância. A implantação do projeto no Presídio foi uma iniciativa do CPT, que, juntamente com a Secretaria de Defesa Social do Estado de Minas Gerais, construiu um Centro de Formação Profissional dentro da área do Presídio. O CPT se responsabilizou pelo fornecimento dos projetos, fornecimento de materiais para construção e mobiliário. Foram construídas duas salas de aula, sala de ensino de informática, recepção e banheiros, constituindo a estrutura física do Centro de Profissionalização.

O Presídio entrou com a mão-de-obra dos próprios detentos, e a Secretaria de Defesa Social forneceu os computadores e a ligação à internet. O CPT fornece, ainda, os Cursos CPT e a metodologia instrucional. Os Administradores de Cursos são os próprios Agentes Penitenciários.

Depois de tudo pronto para o início dos cursos, qual foi a grande surpresa? Especialistas da Secretaria de Educação do Governo de Minas, em visita ao Centro, decidiram criar naquelas dependências uma Escola Estadual e Centro de Profissionalização. Assim, o Centro passou a ser chamado “Núcleo de Ensino e Profissionalização Escola Estadual Prof. Cid Batista”.

O nome da Escola foi escolhido para homenagear um grande Professor da Universidade Federal de Viçosa, que dedicou sua vida a ministrar aulas e cursos, por todo o Brasil e no exterior, sobre o combate ao uso de drogas. Então, a Escola passou a oferecer ensino fundamental e médio e os cursos profissionalizantes. Desta forma, são oferecidos os mais diversos cursos, como: formação profissional de jardineiros, garçons, pizzaiolos, empregadas domésticas, fabricação de bijuterias, artesanato em palha de milho, horticultura, fabricação de produtos de limpeza e muito outros.

Para os ensinos fundamental e médio, a Escola conta com um Diretor e Professores subordinados à Superintendência Regional de Educação do Estado de Minas Gerais, todos com curso superior.

Os Cursos profissionalizantes no Presídio

Os Cursos CPT profissionalizantes, em livro interativo com filmes em DVD ou Online, mostram a prática. São elaborados dentro de uma moderna metodologia, eficientes, são muito práticos e de baixo custo. O material do professor é composto de um livro e filmes em DVD, e cada aluno recebe um livro, igual ao do Professor, para estudos. Os cursos ministrados têm duração mínima de 60 horas cada.

Tenente Daniel: Diretor do Presídio - “A instalação do Núcleo Profissionalizante e Escola Estadual Prof. Cid Batista mudou o comportamento dos detentos. Hoje, eles já veem que o Estado não quer apenas segregá-los da sociedade, mas, também, contribuir com a sua formação profissional, facilitando a sua reinserção na sociedade. No Presídio, os problemas foram extremamente reduzidos”.

Instrutores - Agentes Penitenciários: “A convivência com os detentos de uma forma mais intensa, no dia a dia como Administrador dos Cursos, nos possibilita conhecer a personalidade de cada um, seus problemas e ambições. Ficamos conhecendo seus sonhos e a vontade de acertar. A relação agente-detento mudou de forma radical”.

Prof. Nelson: “O CPT e a Secretaria de Defesa Social do Estado de Minas Gerais, juntos ao Presídio de Viçosa, construíram um Centro de Formação Profissional, visando capacitar os detentos, em várias áreas, com o objetivo de ensinar-lhes uma profissão, para que, ao saírem do Sistema, tenham condições de buscar um emprego decente, ou mesmo, ter um negócio próprio, de tal maneira que possam sustentar suas famílias, tornando-se cidadãos inseridos no contexto produtivo do País e compromissados com a ética e os bons costumes”.

O trabalho desenvolvido no Presídio tem sido muito bem aceito pelos alunos detentos. Quem ministra os cursos são os próprios Agentes de Segurança, que, com este trabalho, conseguiram estreitar uma aproximação maior com os alunos, mostrando que a recuperação pode ser mais rápida. Este trabalho tem feito muito bem, tanto aos alunos, que têm uma ocupação, quanto para toda a administração, porque tem vivenciado exemplos surpreendentes de pessoas que querem mudar de vida. E este é mesmo o objetivo do projeto: educar, capacitar e, ao mesmo tempo, ajudar as pessoas a resgatarem a autoestima e a dignidade.

Vários cursos foram ministrados até o momento, tendo centenas de alunos recebido seus certificados. Este certificado representa, para a maioria, o resultado de um esforço, de um aprendizado; uma recompensa.

Formatura dos alunos - Momento único de emoção e valorização

Para cada curso realizado, há uma preparação da cerimônia para entrega dos certificados aos alunos. Cada aluno/detento pode convidar dois parentes para assistirem à solenidade. Ocorre a formação de mesa, chamada nominal dos Formandos, que, normalmente, estão vestidos à caráter, de acordo com o curso; o hino nacional é tocado; há discursos dos componentes da mesa, palavra do representante dos alunos, homenagem ao melhor aluno da turma; e no final, uma pequena confraternização com refrigerantes e salgadinhos. São momentos de extrema emoção por parte dos alunos e de seus familiares, que veem ali uma oportunidade de recuperação. A autoestima dos alunos fica elevada, e sonhos começam a transformar suas vidas.

 

Em uma das formaturas, o Prof. Nelson, Diretor-Presidente do CPT, mencionou o filósofo grego Aristóteles: “O homem busca o sucesso e a felicidade, mas a verdadeira felicidade só é conseguida com a ajuda à sociedade”. E terminou dizendo: “O projeto do Presídio foi um presente de grego, que beneficia os alunos/detentos, os agentes penitenciários, a sociedade, mas os maiores beneficiados somos nós, integrantes do CPT; a nossa alegria por ver tudo isso acontecer é indescritível”.

O projeto de profissionalização no Presídio de Viçosa chama a atenção pela praticidade, eficiência, interatividade, simplicidade e baixo custo. Tornou-se um modelo. Já está em estudo a implantação do mesmo formato de profissionalização em 45 presídios do estado de Minas Gerais.

Formação Profissional na APAC

A APAC - Associação de Proteção e Assistência aos Condenados, de Viçosa - MG, é uma Instituição que abriga, de forma separada, em regime fechado, semiaberto e aberto, presos em final de pena e de bom comportamento. A APAC tem como finalidade principal recuperar o preso que, inclusive, passa a ser chamado “Recuperando”.

Com o sucesso do projeto no Presídio de Viçosa - MG, os Dirigentes do Grupo CPT decidiram expandir o projeto para atender aos Recuperandos daquela unidade.

 

Assim, na APAC, foi construída uma unidade de ensino e capacitação profissional, composta de uma ampla sala de aula, de uma biblioteca e banheiros. Como no Presídio, o CPT forneceu os projetos, os materiais para construção, os mobiliários e equipamentos de vídeo e áudio. A construção ficou a cargo dos próprios Recuperandos.

Paralelamente à construção das salas, a Associação dos Funcionários do Banco do Brasil contribuiu para montar naquela unidade uma padaria e uma marcenaria.

Assim, os alunos aprendem em sala de aula estudando os Cursos CPT, constituídos de livros interativos com filmes em DVD ou Online, em que professores, altamente especializados, mostram passo a passo como fazer cada etapa da produção. Após um aprendizado completo, os alunos vão para a padaria ou marcenaria praticar o que aprenderam no curso. Os Tutores da APAC são voluntários treinados pelo CPT. Eles são os responsáveis para que todos os alunos assimilem completamente as técnicas demonstradas, aplicam as provas e são os professores da parte prática.

 

Todo o processo de ensino-aprendizagem é supervisionado pelo CPT.

Os alunos aprovados nas provas recebem um certificado emitido pela UOV - Universidade On-line de Viçosa, empresa do Grupo CPT, certificadora oficial.

Imediatamente após a inauguração, os cursos foram iniciados, e já aconteceu uma formatura de nove alunos, que fizeram o curso de “Treinamento Básico de Panificação”, tendo um profissional de padaria como Instrutor do curso CPT.

Os resultados foram imediatos. Alguns alunos já estão sendo encaminhados para o mercado de trabalho.

 

No seu depoimento na formatura, o Prof. Nelson, Diretor-Presidente do CPT, disse: “A vida se justifica por pequenos momentos importantes. Este momento em que estamos certificando os alunos que fizeram o Curso Básico de Panificação, aqui na APAC, nos enche de orgulho e alegria imensuráveis. No entanto, gostaria de salientar que o maior mérito por este acontecimento se deve àqueles que dedicam a sua vida, dia após dia, a recuperar os detentos da APAC, muitos trabalhando voluntariamente e sem qualquer remuneração. Parabenizo os alunos por este passo importante para se tornarem cidadãos comprometidos com a ética e retidão de procedimentos. Mas parabenizo, de forma especial, a equipe da APAC, que fez tudo isso acontecer para festejarmos este momento”.

E é exatamente o que tem sido feito. Os alunos estão no segundo curso de Panificação Profissional, e outra turma de alunos está estudando Marcenaria Básica. Em breve, ocorrerão novas formaturas e mais Recuperandos estarão prontos para o mercado de trabalho.

Centro de Conhecimento Comunitário Olá Futuro, em Nacaroa – Moçambique

O CPT – Centro de Produções Técnicas é uma empresa especializada em difusão de conhecimento por meio de educação a distância utilizando cursos constituídos de livros interativos com filmes em DVD ou Online, que mostram a prática.

Dando continuidade ao seu trabalho de Responsabilidade Social, o CPT, em parceria com a empresa Machado’s Holding, sediada em Moçambique, decidiu pela implantação do “Centro de Conhecimento Comunitário Olá Futuro”, no Distrito de Nacaroa, Província de Nampula, em Moçambique.

 

A Machado’s Holding, dirigida pelos irmãos Gabriel Machado e José Machado, é representante oficial do CPT naquele país. Eles são responsáveis pela difusão dos Cursos CPT, Cursos pela Internet da UOV - Universidade Online de Viçosa, livros da AFE - Aprenda Fácil Editora e Softwares do CPT Softwares em Moçambique.

O CPT forneceu 50 cursos para o Centro de Conhecimento, para serem estudados pela população de Nacaroa. Uma população carente de conhecimento e ausência de mão de obra especializada. O “Centro de Conhecimento Olá Futuro” vem no sentido de capacitar pessoas e incentivá-las a se desenvolverem em várias profissões necessárias a Moçambique.

 

O CPT treinou os Tutores dos cursos em sua sede em Viçosa. Estes Tutores foram responsáveis para repassar aos professores a metodologia para ministrar os cursos com sucesso. Usando a mesma metodologia, já existem mais 4 Centros de Conhecimento como este de Nacaroa em funcionamento em Moçambique, com apoio do CPT. Todos implantados em regiões de população extremamente carente.

Os Centros de Conhecimento, em Moçambique, se tornaram realidade e são responsáveis por capacitarem dezenas de profissionais mensalmente. Esta é a contribuição do CPT para o desenvolvimento de Moçambique, um país constituído de pessoas nobres que necessitam de ajuda.

Apoio a ABESC

O Grupo CPT - Centro de Produções Técnicas, em conjunto com diversas empresas de Viçosa, Minas Gerais, contribui desde 2005 para a alimentação das mais de cem crianças e adolescentes amparadas pela ABESC - Associação Beneficente Santa Clara.

A ABESC é uma Associação sem fins lucrativos, vinculada à Igreja Santa Clara, fundada em 2003, com o objetivo principal de alimentar e promover atividades artísticas para as crianças e adolescentes do Bairro Santa Clara.

Atualmente, a ABESC atende, aproximadamente, 30 famílias da comunidade e mais de 100 crianças. Por meio de parcerias diversas, foram construídos um refeitório, uma cozinha industrial e salas para oficinas para desenvolvimento da cultura e arte, sendo ministrados cursos de dança afro, capoeira, dança, teatro, bordados, crochê, artesanato, música e canto.

Receba Mais Informações

O CPT garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Atendimento Online
Quer Facilidade