WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Ligue Agora (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Artigos sobre a área Avicultura

Cria frangos e galinhas caipiras? Conheça a doença de GUMBORO

A doença de Gumboro é também conhecida como doença infecciosa da bursa de Fabrício ou bursite, sendo provocada por birnavírus. É caracterizada pela destruição de tecido linfoide, causando imunodepressão na aves. Ocorre no mundo inteiro, causando mortalidade, principalmente, em aves de três a sete semanas de idade.

Avicultor: você já ouviu falar em PULOROSE?

Pulorose é uma salmonelose causada pela Salmonella pullorum (sp.) e pode ser descrita como uma doença aguda em aves jovens e crônica em aves adultas, apresentando morbidade elevada em ambos os casos, afirma Marcelo Dias da Silva, professor do Curso CPT Criação de Frango e Galinha Caipira.

Comece a criar gansos!

A criação de aves é uma das atividades mais importantes para o nosso país, produzindo mais de 12 milhões de toneladas de carne por ano. A criação de frangos e galinhas ainda é a maior parte da avicultura, mas outras aves também se destacam como importantes para esse ramo, como é o caso dos gansos.

Sexagem: como identificar o sexo das codornas

A identificação do sexo das codornas deve ser feita a partir das 10 primeiras horas de vida – e se estende até 24 horas após o nascimento. Na sexagem das codornas, é possível separar mil aves por hora, com índice de acerto acima de 95%. Para leigos, a codorna macho e a codorna fêmea são idênticas. Entretanto, graças ao dimorfismo sexual, é possível separá-las.

Guia rápido de alimentação de codornas

As codornas atingem a maturidade sexual rapidamente; são altamente regulares e produtivas na postura (90%); em oito dias, alcançam o triplo do seu peso inicial; e no período reprodutivo, apresentam fertilidade de 80%. Entretanto, o coturnicultor deve realizar um bom manejo alimentar das aves conforme as fases e a finalidade de criação.

Gaiolas portáteis para a criação de galinha caipira? Isso é possível?

Gaiolas portáteis para a criação de galinha caipira? É possível? Sim, é! As aves criadas nesse sistema têm o manejo similar ao das aves criadas em sistema semiconfinado, diferenciando somente pelo fato de que as aves não serão soltas nos piquetes, e sim mantidas em gaiolas, com ração comercial. “Essas gaiolas são distribuídas no pasto, e devem ser movidas todos os dias de um local...

É correto alimentar galinhas caipiras com folhagens velhas?

Se você tem dúvida e precisa saber se é correto alimentar galinhas caipiras com folhagens velhas, fique sabendo que não. As aves não possuem um sistema digestório bem adaptado para a digestão de folhas mais velhas e muito fibrosas, sendo assim, deve-se buscar plantas com alta taxa de rebrota para que as aves possam se alimentar de folhas mais novas, as quais são menos fibrosas.

Quer que suas galinhas produzam mais? Alimente-as bem!

O manejo da alimentação de galinhas caipiras tem como objetivo principal suprir os requerimentos nutricionais das aves em todo o seu período de desenvolvimento e de produção, otimizando o crescimento, a eficiência produtiva e a lucratividade da exploração, já que o custo com alimentos representa cerca de 75% do custo total de produção.

Rhode Island Red, você conhece essa galinha?

De origem americana, a galinha Rhode Island Red apresenta plumagem vermelho-escura brilhante, podendo apresentar as extremidades das penas da cauda de coloração preta. O bico, as barbelas, a crista, os brincos e a face são avermelhadas. Os tarsos e os dedos são amarelos com tonalidade ligeiramente avermelhada. A variedade mais popular é a de crista de serra de cor rosa.

Galinhada caipira: aprenda fazer

Vontade de saborear aquela típica comida mineira, feita no capricho, bem temperada e deliciosa? A sugestão para você, então, é a famosa galinhada feita com ave de roça, criada livre e solta! Gostou? Então, bora lá!

Fique por dentro das novidades!