WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Ligue Agora (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Com técnicas de administração para o café, fazenda corta custos

Fazenda de café no interior de Minas Gerais conseguiu cortar custos e remunerar mais com técnicas de administração

Café

Juarez de Souza e Silva, professor do Curso a Distância CPT Colheita, Preparo e Armazenagem de Café, anuncia que o café é o segundo produto mais comercializado em todo mundo e, por isso, a renda gerada por ele tornou-se muito importante para equilibrar o comércio entre países desenvolvidos e em desenvolvimento.

A qualidade do café é o fator determinante no preço de venda do produto. Portanto, pouco a pouco, as portas do mercado para cafés de baixa qualidade vão se fechando. Por isso, o produtor brasileiro que pretende ter na cafeicultura o seu principal objetivo deverá se especializar e adotar tecnologia moderna para a produção de cafés de qualidade superior. 

Uma fazenda de café no interior de Minas Gerais conseguiu cortar custos e remunerar mais com técnicas de administração: são produzidas cerca de 47 sacas de café por hectare e o custo é de aproximadamente R$238,40. A quantidade produzida é quase o dobro da média nacional, ao passo que o valor é menor do que o praticado no Brasil.

O sucesso veio a partir de técnicas de administração. A produtividade na propriedade era boa, mas falta conhecimento para que ela pudesse ser otimizada. Após a contratação de um engenheiro especializado em planos de gestão para empresas urbanas e rurais, foi possível obter esses índices positivos.

Os 4 pilares da administração são: pessoas, processos, finanças e auditorias. Antes de gastar, o departamento financeiro faz uma pesquisa e também negocia muito. Outro segredo é manter os funcionários bem motivados, pois, quem produz mais e melhor é premiado.

Também são estabelecidas metas diárias a serem cumpridas pelos funcionários, monitorados pelo gerente de sua área. Cada vez que um funcionário bate uma meta, seu prêmio é em dinheiro, pago ao final do mês, junto ao salário. E, ainda, ao final da safra, caso os gastos fiquem abaixo do orçamento, todos os funcionários recebem gratificações, que variam de 2,5 a 5,5 salários, de acordo com o cargo.

Outra estratégia adotada é a utilização de tecnologia e criatividade. Com as interferências externas, para cumprir as metas, a tecnologia e a criatividade são essenciais. O clima, aumento nos custos dos insumos e do preço do produto no mercado internacional são exemplos de algumas dessas interferências.

Máquinas multifuncionais

As máquinas multifuncionais, isto é, que realizam mais de uma operação também são fundamentais para a redução de custos, uma vez que se economiza em combustível, manutenção e mão de obra, além de diminuir o risco de compactação do solo.

Sem irrigação

A fazenda também não utiliza irrigação: apenas a água que cai no verão. Isso porque ela fica armazenada no subsolo e é reaproveitada com essa finalidade. O capim do tipo braquiária auxilia no armazenamento, uma vez que melhora a porosidade do solo.

Adubação

Também investe-se na adubação, que é feita para que as raízes cresçam e alcancem a água armazenada no solo. Através de um planejamento, o adubo chega na hora e dose certa e o controle de pragas e doenças é feito com o monitoramento da lavoura.

 


Conheça os Cursos a Distância e Online CPT da Área Cafeicultura:

Colheita, Preparo e Armazenagem de Café
Passo a Passo para se Obter Café de Qualidade
Café – Cultivo Superadensado

Fonte: Globo Rural – g1.globo.com
por Renato Rodrigues

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!