WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
Como podemos te ajudar?
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Processamento de tomate permite aproveitar excedentes e produtos de final de safra

Os frutos que ficam fora do padrão de venda e o excedente de mercadoria podem ser processados e incrementar a renda ao final de cada mês

O processamento artesanal do tomate representa uma alternativa para a redução das perdas na agricultura.

O tomate, hortaliça nutritiva e saborosa, foi trazido para o Brasil nos anos que se seguiram ao descobrimento. Neste terceiro milênio, ele constitui uma das olerícolas mais importantes do país e também do mundo, pois todos os povos o consomem, tanto ao natural quanto processado, nas formas de saladas, molhos, sopas, cremes, doces, sucos, patês e purês, entre outros.

O processamento artesanal do tomate representa uma alternativa para a redução das perdas na agricultura, principalmente nas regiões onde sua cultura constitui a principal atividade econômica. Possibilita agregar valor à produção, com o aproveitamento dos excedentes e a utilização dos produtos de final de safra, que não dão classificação para o mercado e também daqueles produtos que voltam do mesmo, mas ainda apresentam condições adequadas ao processamento.

Para o sucesso na comercialização, eles devem ter excelente qualidade. Essa vai depender da matéria-prima empregada, da tecnologia de processamento, da higiene no preparo, e das embalagens utilizadas.

A estrutura física para o processamento de tomate deve ser elaborada, tomando-se todos os cuidados necessários para evitar a contaminação do produto. Para isso, é preciso que haja a separação bem feita entre o ambiente que deve permanecer esterilizado e a área de grande circulação, que é o local onde funciona recepção, matéria-prima, sanitários, vestiários e escritório.

O tomate é consumido ao natural ou processado, nas formas de saladas, molhos, sopas, cremes, sucos, patês, entre outros.

Com o objetivo de oferecer informações precisas sobre as diversas formas de processamento do tomate, desde os molhos mais tradicionais até inusitados doces, visando sempre a obtenção de produtos de qualidade, o CPT – Centro de Produções Técnicas elaborou o curso  “Processamento de Tomate”, no qual você estará recebendo informações da economista doméstica, Maria da Graça L. Bragança, Coordenadora Técnica do Projeto Bem-Estar Social do Departamento Técnico da EMATER-MG.

Os assuntos abordados no mesmo incluem: instalações e equipamentos, higiene, etapas do processamento, receitas como: catchup, molho de pimenta, massa de tomate, tomates secos, suco de tomate, bala de tomate, pão de tomate, compota de tomate, tomates cristalizados e polpadas.

Após fazer o curso e ser aprovado na avaliação, o aluno recebe um certificado de conclusão emitido pela UOV – Universidade On Line de Viçosa, filiada mantenedora da ABED – Associação Brasileira de Educação a Distância.

Observa-se também que, na indústria de alimentos, o cuidado com a higienização é fundamental. Os utensílios usados para a produção, bem como todo o ambiente, devem estar sempre muito bem limpos e desinfetados para que não haja contaminações. Ainda, algumas normas de higiene devem ser seguidas para o processamento do tomate. Deve-se ter muito cuidado com os manipuladores, pois são eles as vias mais frequentes de transmissão de microrganismos.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Quer mudar de vida e ter sucesso profissional? Vamos te ajudar!