WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
Como podemos te ajudar?
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

O que não pode faltar em um rótulo?

Saiba todas as informações que devem constar em um rótulo

 

O que não pode faltar em um rótulo?   Artigo CPT

O rótulo dos produtos alimentícios deve conter informações obrigatórias sobre o que está sendo vendido, as informações nutricionais, lista de ingredientes são essenciais para que a sua empresa não cai em problemas ficais e o seu produto não cause prejuízo aos consumidores, para não sofrer com isso siga as dicas de ouro da professora Maria da Graça Bragança do Curso CPT de Como Produzir Bolos e Biscoitos.


Informações obrigatórias

— Denominação de venda do alimento

É o nome específico do produto. Pode ser empregado um nome fantasia, de fábrica ou uma marca registrada, mas sempre após o nome do produto. Considera-se marca o elemento que identifica um ou vários produtos do mesmo fabricante e que os distingue de produtos de outros fabricantes, segundo a legislação de propriedade industrial.


— Lista de ingredientes

Essa lista deve constar no rótulo, precedida da expressão ingredientes, ou ingr. Todos os ingredientes devem constar em ordem decrescente da respectiva proporção.


— Conteúdo líquido

Os produtos sólidos devem ser comercializados em unidades de massa: kg (quilograma) ou g (grama). No rótulo, deve aparecer uma das seguintes expressões: conteúdo líquido; Cont. Líquido ou Peso Líquido.


— Identificação de origem

O nome e o endereço do fabricante devem ser indicados, assim como o país de origem e a cidade, identificando-se a razão social e o número de registro junto à autoridade competente.


— Identificação do lote

Para indicação do lote, pode ser utilizado:


⇒ um código chave precedido da letra L. Esse código deverá estar à disposição da autoridade competente e constar da documentação comercial;


⇒ a data de fabricação, desde que sejam indicados claramente, pelo menos, o dia e o mês.

 

— Prazo de validade

Deve ser declarada a data de validade mínima. Podem ser usadas as seguintes expressões:

Consumir antes de…

Válido até…

Vence em…

Vencimento…

Consumir, preferencialmente, antes de…

 

Na declaração do prazo de validade deve constar, pelo menos, o dia e o mês para produtos com duração máxima de três meses.


Um pouco mais sobre o que encontrar no Curso CPT? Assista ao vídeo!

 

 

Conheça os Cursos CPT da Área Indústria Caseira.
Por Eduardo Silva Ribeiro.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Quer mudar de vida e ter sucesso profissional? Vamos te ajudar!