WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Ligue Agora (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

A importância do magnésio para o cafeeiro

Nutriente “esquecido”, o magnésio é fundamental para as plantas

Cafeeiro

Daniel Marçal de Queiroz, Francisco de Assis Carvalho Pinto e Mauri Martins Teixeira, professor do Curso a Distância CPT Passo a Passo para se Obter Café de Qualidade, afirmam que a qualidade do café encontra-se associada às condições de clima e solo, onde as lavouras encontram-se implantadas, e às formas de pré-processamento do produto.

Todo café, independentemente de onde é produzido, quando na planta, possui um bom nível de qualidade. Porém, as operações praticadas no momento da colheita, do transporte, do pré-processamento e do armazenamento, se não forem realizadas com muito critério e conhecimentos técnicos, poderão causar grandes perdas na qualidade do café.

Há vários anos, as pesquisas relacionadas à nutrição de plantas se concentravam na investigação dos macronutrientes Nitrogênio, Fósforo e Potássio, com o Cálcio, o Enxofre e o Magnésio explorados em segundo plano. Por conta disso, a fórmula de adubação conhecida como “NPK” (nitrogênio, fósforo e potássio) era a mais utilizada.

Antes esquecido na nutrição vegetal, o Magnésio encontra hoje uma redescoberta para a sua utilização na agricultura. Isso porque várias plantas encontram-se em deficiência desse elemento.

O emprego do magnésio em pequena proporção na adubação, através do uso de calcários dolomíticos e calcíticos, nos quais a relação Ca/Mg geralmente não consegue equilibrar as bases na solução do solo, o uso de doses pesadas de potássio, induzindo a deficiência do magnésio, concomitante ao aumento da produtividade das culturas e consequente elevação da exigência e exportação de Mg, têm contribuído para que ocorra uma sensível carência de magnésio em vários polos agrícolas nacionais.” – Café Point.

De acordo com a “lei do mínimo”, um ou poucos nutrientes podem ser os responsáveis por limitar o crescimento e a produtividade de lavouras, quando se encontram em quantidades insuficientes, o que faz ineficaz a aplicação dos outros, ainda que em grandes quantidades.

Renomados pesquisadores da área têm questionado a denominação “macronutriente secundário” outorgada ao magnésio, o que confere, também, uma importância menor a ele do que ao nitrogênio, fósforo e potássio, considerados primários. E isso está equivocado.

Em seu Livro “Magnésio – é uma regra (sem exceção), o magnésio é exigido por todas as culturas”, Malavolta define que “o magnésio é classificado como um nutriente secundário, mas ele tem um efeito primário na produção vegetal e animal”. Além disso, considera-se que, em relação à nutrição vegetal, nenhum nutriente deve ser considerado secundário.

Há, a princípio, duas explicações para que haja a deficiência de magnésio. Primeiro, a deficiência pode ocorrer pela falta do nutriente no solo, conhecida como deficiência absoluta. Segundo, a competição ou antagonismo com outros cátions, ainda que o solo disponha de níveis adequados de magnésio, a deficiência induzida.

Cada vez mais se observa essa deficiência, principalmente em lavouras de café que recebem doses altas de adubação potássica, em que não se leva em conta os resultados de análise do solo. Pesquisas recentes afirmam que mais da metade de amostras coletadas apresentavam deficiência de magnésio, com teor foliar abaixo do considerado para o cafeeiro.

 


Conheça os Cursos a Distância e Online CPT da Área Cafeicultura:

Passo a Passo para se Obter Café de Qualidade
Café – Cultivo Superadensado
Como Produzir Café Conilon

Fonte: Café Point – cafepoint.com.br/empresas/novidades-dos-parceiros/a-importancia-da-reposicao-anual-de-magnesio-ao-cafeeiro-208959/
por Renato Rodrigues

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!