Ligue Agora (31) 3899-7000 WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Treinamento de garçom é diferencial desejado na hora da contratação

Sobram vagas de emprego para garçons com salários médios de R$ 700

 

A participação em cursos de especialização, workshops e treinamentos de capacitação diferenciam o profissional.

 

Ele é o principal responsável pelo bom atendimento aos clientes em restaurantes e bares. Para os frequentadores mais assíduos, acaba se tornando um amigo, e, às vezes, ouve até desabafos ou  lamentações. A profissão de garçom é antiga.  Já nas tabernas, estabelecimentos  que atendiam forasteiros e pessoas de passagem pela cidade, era exercida pelos proprietários e seus familiares.

O trabalho do garçom foi distinguido e passou a ser função de um funcionário específico com a urbanização e formação de bares e restaurantes. A partir de então, ele virou figura importantíssima dentro desses estabelecimentos.

Os principais campos de atuação para esses profissionais são restaurantes, bares e cafés, nos quais trabalham atendendo aos clientes, anotando pedidos, servindo-os, entregando a conta e arrumando a mesa para as próximas pessoas. Nesse caso, eles podem se especializar como barman, aprendendo a preparar bebidas; somelier, tonando-se conhecedores de vinhos; ou maitre, e passarem a ser responsáveis por agendar os clientes e pela coordenação de quem vai servir qual mesa. Há a possibilidade, também, de trabalhar em eventos como casamentos, batizados, festas de aniversário, entre outros. Geralmente, nesses casos, os contratos são terceirizados.

O mercado de trabalho é grande, e continua em amplo crescimento. Segundo estimativas da ABRASEL/MG - Associação Brasileira de Bares e Restaurantes de Minas Gerais, o déficit no setor chega a 7 mil profissionais. Isso se deve à falta de cursos para garçom, restrição de horários por parte dos candidatos à vaga e pouca experiência.

De acordo com a professora Raquel Azuer Ferreira, no curso Treinamento de  Garçom, elaborado pelo CPT – Centro de Produções Técnicas, “a profissão de garçom exige do profissional conduta e comportamento exemplares e o domínio das técnicas do bem servir. Por isso, há a necessidade de um treinamento adequado, com a utilização de técnicas padronizadas e modernas, que atendam às exigências dos melhores estabelecimentos, em nível internacional”.

A participação em cursos de especialização, workshops e treinamentos de capacitação diferenciam o profissional e o destacam no mercado de trabalho. “O mercado está quentíssimo. Todos os dias chegam cinco ou seis vagas para garçons. Quem quiser já sai trabalhando”, afirma Renato Gregório, coordenador de negócios do banco de oportunidades do Senac de Minas Gerais. O volume de oportunidades alavanca o aumento dos salários que, atualmente, além da comissão de 10%, giram em torno de R$ 650 e R$ 700.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!