WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Ligue Agora (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Produtos para decoração de bolos são segredos para o charme e o sabor da confeitaria

Aprenda como são utilizados os ingredientes para produção das massas e decoração dos bolos

 

Algumas preparações poderão ser adquiridas, já prontas, em casas especializadas, mas todas elas podem ser preparadas pelo cake designer.

 

Para preparar a massa dos bolos e fazer a modelagem dos elementos utilizados na decoração dos mesmos, o profissional precisa conhecer e saber utilizar diversos tipos de preparações, tais como: merengue italiano, glacê americano, pasta americana, pasta de chocolate, massa elástica e pastilhagem.  Entretanto, para executar essas preparações com a precisão adequada, é necessário ter o domínio das características dos ingredientes utilizados.

Vamos começar com o açúcar. Na confeitaria esse é um ingrediente indispensável, pois se encontra presente em todas as etapas da preparação. O açúcar dissolvido na água e levado ao fogo poderá se transformar em um produto com diferentes consistências, dependendo da temperatura de cozimento à qual a calda será submetida. Para se ter uma ideia, pode-se obter 11 tipos de calda, feitas a partir da variação da temperatura. Além dos pontos de calda, existem, também, os estágios da mesma. E cada variação dessa, seja de  temperatura ou de calda, promove uma aplicação distinta para o açúcar.

E o açúcar de confeiteiro? Como deve ser utilizado? O professor Maurício Dell Áquila, especialista em confeitaria artística, diz no curso Decoração de Bolos, elaborado pelo CPT – Centro de Produções Técnicas, que, “o açúcar de confeiteiro ou açúcar impalpável, é largamente utilizado para polvilhar doces, pastilhagem e pasta americana. Ele é recomendado para diminuir a aderência das massas com as mãos e com as superfícies de contato. Serve também como melhorador da aparência final do produto”.

Outro ingrediente é a gelatina incolor que, quando utilizada, dá mais firmeza e maior consistência à massa. O xarope de glucose é um aditivo que evita a formação de cristais de açúcar, deixando a massa mais fina, com maior brilho e maciez, além de torná-la mais fácil de ser trabalhada.

Já a gordura vegetal hidrogenada é um elemento que torna a massa mais elástica e mais macia, melhorando o sabor e a textura final do produto. O ácido cítrico é indispensável para obtenção do glacê real. Serve para aglutinar a massa e dar sabor levemente ácido e refrescante ao glacê, tornando-o mais palatável.

Algumas dessas preparações poderão ser adquiridas, já prontas, em casas especializadas, mas todas elas podem ser preparadas pelo cake designer. Além desses ingredientes, ainda são utilizados o carboximetilcelulose, popularmente conhecido como CMC, os corantes comestíveis, essências, chocolate em pó e em barra, entre outros.

Por: Ariádine Morgan

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!