WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
Como podemos te ajudar?
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Produção de Embutidos. Como é a forma de higienização? Irei te mostrar

Você sabe a importância da higiene na produção de embutidos? E quais os procedimentos a serem tomados?

Produção de Embutidos. Como é a forma de higienização? Irei te mostrar

A qualidade de um alimento depende da implementação de práticas higiênicas e eficazes em todas as fases da cadeia alimentar, desde a sua origem, no campo, até a mesa do consumidor. Ao adquirir a matéria-prima, é bom estar ciente desse fato, pois se chegar à indústria com qualidade comprometida, mesmo as técnicas rigorosas de higiene e processamento não garantirão um produto final de qualidade.


Na indústria, segundo explica o Prof. Newton de Alencar, do Curso CPT Produção de Embutidos – Fabricação Artesanal e Escala Industrial é importante seguir, rigorosamente, as normas de higiene em todos os recintos e dependências externas para evitar focos de contaminação. Na indústria de alimentos, é muito importante conhecer os seguintes procedimentos:

Higienização:
É o procedimento utilizado para eliminar os riscos de transmissão de agentes causadores de doenças e reduzir, ao mínimo, a contaminação por agentes deteriorantes, por meio de simples limpeza e/ou desinfecção, ou antissepsia, até esterilização.

Limpeza:
É a remoção de resíduos macroscópicos de alimentos, de sujidades ou de outro material, conseguida por meio de simples lavagem, raspagem ou varredura.
A limpeza inicial, retirando os pedaços de carne e o excesso de sangue da superfície de equipamentos, dos utensílios e das paredes, é fundamental para que, posteriormente, a sanitização e a assepsia sejam eficientes.

Desinfecção:
Em alguns casos, a limpeza poderá ser complementada com a desinfecção, que é a eliminação de microrganismos patogênicos, os quais, quando presentes em um ambiente, poderão causar mau cheiro e, até mesmo, a transmissão de doenças ao ser humano.

Sanitização:
Refere-se à redução do número de microrganismos a níveis toleráveis ou a eliminação destes, por processos físicos e/ou químicos adequados do equipamento e não prejudiciais ao alimento que será processado. Após a sanitização, que deve ser feita preferencialmente imediatamente antes do uso, não deve ser feito o enxágue.

Assepsia:
É a ação preventiva para evitar a contaminação ou retorno de microrganismos. Ela é utilizada após a esterilização ou a desinfecção. Para a produção de embutidos de boa qualidade e a manutenção dos clientes, é fundamental a implantação de todas as etapas de higienização em sua fábrica.

Esterilização:
É obtida quando se consegue fazer a eliminação de todas as formas de microrganismos em um dado ambiente, equipamento ou utensílio, por meio de processos físicos ou químicos. O vapor é muito utilizado em grandes e médias indústrias, pois é de baixo custo e muito eficiente.

Assim, a higienização tem duas finalidades principais: evitar danos à saúde do consumidor e reduzir o risco de perda do produto.

Um pouco mais sobre o que encontrar no Curso CPT? Assista ao vídeo!


Conheça os Cursos CPT da Indústria da Carne.
Por: Thiago de Faria

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Quer mudar de vida e ter sucesso profissional? Vamos te ajudar!