WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Ligue Agora (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Café Conilon - tipos de poda e restos de cultura

Após colheitas sucessivas, os ramos produtivos do cafezal reduzem seu vigor, tornando-se necessária a realização de algum tipo de poda para eliminar os ramos pouco produtivos

Grãos de café

Após colheitas sucessivas, os ramos produtivos do cafezal reduzem seu vigor, não havendo crescimento compensatório para a manutenção de produtividades satisfatórias, tornando-se necessária a realização de algum tipo de poda para acelerar a eliminação dos ramos pouco produtivos. A poda traz as seguintes vantagens para o cafeeiro:
 
- Aumenta a vida útil da planta;
- Melhora o arejamento das plantas em lavouras fechadas, permitindo, também, a entrada de luz no interior da copa;
- Facilita os tratos culturais e fitossanitários;
- Aumenta a área foliar em lavouras depauperadas, aumentando a tolerância à seca e reduzindo o índice de chochamento dos grãos;
- Recupera plantas que não atendem aos aspectos técnicos e econômicos desejáveis para a cultura;
- Minimiza o efeito da alternância de produção;
- Reduz a altura da planta, facilitando a colheita;
- Melhoria do solo pela incorporação da matéria orgânica proveniente do material podado;
- Aumenta o rendimento da planta em média 25%.
 
Poda de produção ou de frutificação
 
A poda de produção deve ser realizada com alguns cuidados e observações locais, verificando-se o grau de fechamento da lavoura, o nível de depauperamento das plantas, a evolução da produção e a dependência do produtor em relação à produção futura. A poda de produção deve ser feita nos ramos que sustentaram três ou mais produções e se tornaram pouco produtivos; nos ramos que sofreram seca de ponteiro; naqueles que, por alguma  razão, se encontram sem ou com poucas folhas e nos que se curvaram demasiadamente, promovendo o fechamento das ruas. Após dois ou três anos de condução das plantas com poda, forma-se um ciclo, de tal forma que, para cada ramo podado, existirão outros mais novos, já na fase de produção para substituí-los.
 
- Critérios para a escolha dos ramos
 
Os critérios para escolha dos ramos devem ser analisados, considerando cada planta, isoladamente. Os ramos devem ser cortados, preferencialmente, à altura de 20 a 50 cm da superfície do solo ou logo acima do ramo de espera. Dessa forma, evita-se que a planta fique muito alta, dificultando a colheita. Anualmente, juntamente com a poda dos ramos velhos, deve ser feita a eliminação dos ramos estiolados, retirando-se brotos localizados no interior da planta. Esses brotos, normalmente, têm pouco espaço para crescer.
 
- Desbrota
 
Dois meses após a poda, deverá ocorrer uma desbrota, principalmente, nos ramos que foram podados, deixando-se preferencialmente, as brotações mais vigorosas que se desenvolveram na base dos ramos podados e que se acham voltadas para fora da copa. Como regra, deve-se deixar apenas um broto por ramo podado.
 
Época da poda
 
A poda deve ser anual e, preferencialmente, após a colheita, porém, antes da floração. Esta época é a mais adequada, porque o cafeeiro se encontra em repouso vegetativo, o que coincide com a época seca. É importante que a poda seja feita antes da floração para que o agricultor não hesite em retirar os ramos velhos e improdutivos. Esses ramos, ainda que tenham uma pequena florada, devem ser eliminados para que não prejudiquem o desenvolvimento de  outros mais vigorosos. No entanto, caso não seja possível fazer a poda nesse período, ela poderá ser efetuada até setembro. A poda deve ser feita de modo a deixar 16.000 hastes por hectare. O número de ramos a cortar vai depender, então, do espaçamento entre as plantas.
 
Poda de renovação – recepa
 
A recepa consiste em eliminar a parte aérea da planta, cortando o tronco a uma altura de 20 a 40 cm do solo. É um tipo de poda drástica, que deve ser aplicada nos casos em que não é mais possível fazer revigoramento com poda de produção. O conilon responde significativamente a essa prática, apresentando uma grande capacidade de rebrota. Em lavouras depauperadas, recomenda-se deixar um “pulmão”, ou seja, um ramo com folhas, que fornecerá energia para a planta, tornando a recuperação das brotações mais rápida e com baixa incidência de plantas mortas. Considerando que a produção posterior à recepa ocorrerá somente após dois anos, é aconselhável que essa prática seja realizada de forma parcelada. Após a recepa, é necessário fazer uma poda, deixando-se aproximadamente seis a sete hastes por cova. Uma nova desbrota se fará necessária dois a três meses após a primeira. Considerando a intensa brotação que, normalmente, se forma e para proporcionar melhor desenvolvimento inicial a esses novos brotos, há  necessidade de se fazer uma adubação nitrogenada trinta dias após a recepa.

Restos da cultura
 
Os ramos cortados deverão ser enleirados próximo à planta e não serem queimados, como é comum entre alguns produtores. Esse material se decompõe, devolvendo ao solo nutrientes, melhorando o teor de matéria orgânica do solo, promovendo maior retenção de umidade do solo e reduzindo a competição de ervas daninhas.

Por Silvana Teixeira.

Conheça o Curso CPT Como Produzir Café Conilon

Saiba mais sobre os Cursos CPT da área Cafeicultura

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Comentários

JOSE TADEU JAVARONI

4 de nov de 2014

Aprimora nosso conhecimento, deixando em condição técnica adequada.

Resposta do Portal Cursos CPT

5 de nov de 2014

Olá, José Tadeu!

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site.

Ficamos felizes que tenha gostado do nosso artigo sobre Café Conilon.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!