WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Ligue Agora (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Comidas típicas do Sudeste têm sabores para todos os gostos

A cultura do Sudeste engloba culinárias de todo o país

A feijoada completa, prato originalmente carioca, é geralmente consumida com uma boa caipirinha.

A feijoada completa, prato originalmente carioca, é geralmente consumida com uma boa caipirinha.

Essa é, sem dúvida, a região com maior diversidade nos hábitos alimentares. Com a cultura do Sudeste, tipicamente cosmopolita,  Minas Gerais, Espírito Santo, São Paulo e Rio de Janeiro têm, em suas riquezas, misturas e restaurantes com cardápios que englobam culinárias de todo o país.

A cozinha capixaba é rica em frutos do mar. Em qualquer estação do ano não faltam mariscos, crustáceos e peixes das mais variadas espécies, acompanhados de mandioca e milho, além das massas com camarão. Dizem os moradores do estado que “moqueca, só se for moqueca capixaba, o resto é peixada”.

A culinária carioca, por sua vez, prova, aprova e adapta todo tipo de comida a seu gosto. Mescla todos os tipos de pratos nacionais e internacionais, atuais e históricos, com preferência para os pratos portugueses. O camarão com chuchu e a feijoada completa são pratos geralmente consumidos com uma boa caipirinha.

Mas, diz o dito popular, que “é na cidade de São Paulo o lugar que melhor se come no Brasil”. O professor Eiji Tomimatsu, no Curso de Cozinha Brasileira, elaborado pelo CPT – Centro de Produções Técnicas, afirma que “por ser uma cidade que recebe imigrantes de todos os lugares do país e do mundo, o estado tem uma culinária bastante eclética. Quibes, esfirras e pizzas estão presentes nos cardápios, que não se esquecem do cuscuz paulista”.

O estado de Minas Gerais tem como ingrediente versátil o milho, triturado e transforado em fubá. A culinária mineira dá água na boca com seu frango com quiabo, leitão a pururuca e variados doces acompanhados do queijo minas.

“O destaque é o feijão tropeiro, que servia de base de alimentação para os bandeirantes durante as viagens em busca de ouro. Feito com feijão, bacon, temperos, ovos, linguiça calabresa e farinha de mandioca”, aponta o professor Tomimatsu. Agora, só falta a panela de barro e o fogão à lenha para completar o cenário.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Comentários

Iasmin

3 de set de 2014

Gostei muito da matéria, moro na região Sudeste e amo feijoada!!

Resposta do Portal Cursos CPT

4 de set de 2014

Olá, Iasmin!

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site.

Ficamos felizes que tenha gostado do nosso artigo sobre feijoada.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!