WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Aprenda a fazer produtos artesanais como picles, pasta de alho e corantes

Qualidade é aquele segredinho que faz com que um produto tenha a preferência dos consumidores

Picles é um tipo de conserva de sabor picante, muito apreciado no início das refeições, como aperitivo e componente de saladas.

Picles é um tipo de conserva de sabor picante, muito apreciado no início das refeições, como aperitivo e componente de saladas.

O processamento artesanal de alimentos é uma atividade quase tão antiga quanto a própria civilização. A tendência do homem tem sido, através dos tempos, a de conservar os alimentos como forma de contar com reservas, em períodos de escassez, aproveitando os excedentes da produção que ocorrem nas épocas de safra, principalmente daqueles produtos oriundos da agricultura familiar.

A oportunidade de aproveitamento dos excedentes, a tendência crescente de se consumir produtos naturais e a necessidade de complementação da renda familiar têm incrementado, nos últimos anos, a produção de conservas artesanais ou caseiras. A fabricação de picles e temperos constitui uma das atividades que vem sendo desenvolvidas por um grande número de fabricantes.

Picles é um tipo de conserva de sabor picante, muito apreciado no início das refeições, como aperitivo e componente de saladas. É preparado com hortaliças inteiras ou cortadas em pedaços, arrumadas em vidros e recobertas por uma calda ácida preparada com vinagre, sal e açúcar, além de condimentos diversos. Os bons picles são firmes, claros, sem sedimento, com líquido transparente, e têm sabor ácido. Não apresentam pontos ou camadas esbranquiçadas.

A transformação do alho em pasta é uma boa forma de conservá-lo na entressafra, aproveitando a boa qualidade e os preços baixos, agregando valor ao produto.

A transformação do alho em pasta é uma boa forma de conservá-lo na entressafra.

A transformação do alho em pasta é uma boa forma de conservá-lo na entressafra, aproveitando a boa qualidade e os preços baixos, e agregando valor ao produto. A qualidade da pasta está diretamente relacionada com a qualidade da matéria-prima e com o tecnologia de produção utilizada. O alho, que deve estar no ponto de maturação adequado, e o sal, são a base da pasta, podendo ser utilizados outros condimentos.

Os corantes são aditivos alimentares definidos como toda substância que confere, intensifica ou restaura a cor de um alimento. Estão entre os naturais o corante de açafrão e urucum.

O sucesso na produção de conservas depende, principalmente, do tipo de matéria-prima utilizada e do processamento adequado. Os cuidados com higiene e a manipulação adequada dos alimentos ao longo de toda a cadeia produtiva são também fatores importantes que interferem na qualidade final do produto.

Os corantes conferem, intensificam ou restauram a cor dos alimentos.

Os corantes conferem, intensificam ou restauram a cor dos alimentos.

Com o objetivo de orientar os produtores artesanais de conservas e aqueles que desejam ingressar na atividade sobre a fabricação de produtos que atendam às normas sanitárias e de qualidade, mantendo, ao mesmo tempo, as características artesanais desejadas pelos consumidores, o CPT – Centro de Produções Técnicas elaborou o curso “Como Produzir Picles, Pasta de alho e Corantes”. A coordenação técnica é da economista doméstica Maria da Graça L. Bragança, coordenadora do Projeto Bem-Estar Social do Departamento Técnico da EMATER-MG.

No curso são abordados assuntos como: informações  e curiosidades sobre picles, pasta de alho e corantes; indústria caseira de alimentos; instalações e equipamentos; higiene; picles; pasta de alho, corantes; comercialização e aspectos legais.

Após fazer o curso e ser aprovado na avaliação, o aluno recebe um certificado de conclusão emitido pela UOV – Universidade On-line de Viçosa, filiada e mantenedora da ABED – Associação Brasileira de Educação a Distância.

A garantia da qualidade dos produtos alimentícios artesanais é, atualmente, exigência e anseio dos consumidores do mundo inteiro. Exige-se cada vez mais dos fabricantes um rigoroso controle de todos os aspectos dos processos tecnológicos, como forma de tornar os produtos mais competitivos e com maior acesso ao mercado. As conservas artesanais exigem ainda mais cuidados na fabricação, para evitar contaminações e assegurar maior vida de prateleira.

Quem quiser obter êxito na sua atividade precisa ter criatividade para buscar novas ideias e soluções que atendam às demandas do mercado. É preciso estar sempre avaliando os atributos de qualidade: cor, sabor, aparência, textura, higiene, embalagem, que devem apresentar o produto para que seja diferente dos outros encontrados no mercado.

 

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!