WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Semana do Campo CPT!

Cabras leiteiras, cada vez mais presentes na agropecuária brasileira

Elas participam do setor primário, com a criação, e do setor secundário com a produção

 

A criação de cabras leiteiras tem ocupado posição de destaque no setor agropecuário nos últimos anos.

 

O Brasil possui cerca de 12,8 milhões de cabeças de caprinos, constituindo o nono maior rebanho do mundo, mas contribui com apenas 1,3% da produção mundial de leite de cabra e 0,9% da produção total de leite no país. Isso corresponde a uma produção anual de 7.920.000 litros, entretanto, de acordo com o potencial de demanda, estima-se que haja espaço para o consumo de até o dobro dessa produção.

A criação de cabras leiteiras é uma atividade explorada no mundo todo, estando adaptada a áreas com diferentes características edafoclimáticas. Ela tem ocupado uma posição de destaque no setor agropecuário nos últimos anos. Participa do setor primário, com a criação, e do setor secundário com a produção, abrangendo produtos como, leite, queijo, iogurtes, entre outros.

No Brasil, o leite de cabra vem conquistando crescente mercado, tanto na forma de leite pasteurizado, pasteurizado congelado, ou na forma de leite em pó e mais recentemente, desde 1998, em embalagens tetrapak tipo longa vida UHT, esterilizado e aromatizado (CORDEIRO & CORDEIRO, 2008). Há uma significativa demanda de mercado consumidor, o que mostra uma crescente consciência sobre a importância do leite na dieta.

O leite caprino é uma estratégia alimentar na conservação da saúde, minimiza o risco de doenças, principalmente nas populações mais carentes dos países em desenvolvimento. Pessoas alérgicas ao leite de vaca, crianças, idosos, bem como grupos religiosos, consomem normalmente o leite da cabra em pó ou natural. Também na gastronomia, usa-se largamente o leite caprino na elaboração de pratos e molhos saborosos, sem falar na produção de derivados: queijos, iogurtes, e outros laticínios. 

A cadeia produtiva do leite de cabra envolve desde a fabricação de insumos, produção nas fazendas, transformação até o consumo. O criador que investir em bons animais e mantiver um manejo correto da sua criação, garantirá boa rentabilidade para seu negócio.

O curso Criação de Cabras Leiteiras cria, recria e produção de leite, elaborado pelo CPT - Centro de Produções Técnicas, é uma oportunidade de levar conhecimento das técnicas de criação aos produtores. No curso você receberá informações da médica veterinária Maria Pia Souza Lima Mattos de Paiva Guimarães, pós-graduada em tecnologia de laticínios e diretora técnica da Associação Mineira de Criadores.

Após fazer o curso e ser aprovado na avaliação, o aluno recebe um certificado de conclusão emitido pela UOV – Universidade On Line de Viçosa, filiada à ABED – Associação Brasileira de Educação a Distância. 

Criar cabras para a produção leiteira é uma excelente alternativa para qualquer propriedade rural que trabalha com qualidade nas fases da cadeia produtiva. O leite para consumo in natura tem um mercado crescente, assim como seus derivados.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!