WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Dono de padaria? Preocupe-se com o controle integrado de pragas!

Se você é dono de uma panificadora, além de andar de mãos dadas com as boas práticas de fabricação de alimentos deverá ter como aliado diário o controle integrado de pragas

Dono de padaria? Preocupe-se com o controle integrado de pragas!   Artigos Cursos CPT

 

Se você é dono de uma panificadora, além de andar de mãos dadas com as boas práticas de fabricação de alimentos deverá ter como aliado diário o controle integrado de pragas e, tão importante quanto, a qualidade da água, utilizada na preparação dos alimentos e na higienização em geral, afirma Adriana Lara Fonseca, professora do Curso CPT Segurança Alimentar em Padarias.

Em uma panificadora, o controle integrado de pragas é um aspecto tão importante quanto as preocupações existentes com as regras de segurança alimentar. A atenção quanto a isso é importante, porque a presença de alimentos nas áreas de armazenamento, de manipulação e exposição, torna-se um grande atrativo para o ataque de pragas, como ratos, baratas, moscas e outras.

O controle de pragas, por sua vez, é uma tarefa que nunca deverá ser realizada por qualquer funcionário da panificadora, pois se trata de um trabalho que, para ser realizado, envolve a aplicação de venenos em locais onde existem alimentos e pessoas trabalhando. Cabe ao pessoal da administração da panificadora, enfim, contratar uma empresa especializada no controle integrado de pragas, para realizar essa tarefa sem oferecer qualquer tipo de risco à saúde dos funcionários ou dos clientes.

Quanto à qualidade da água utilizada na preparação dos alimentos e na higienização da padaria, em geral, é importante frisar que o fato de ter atendimento de água tratada por empresas especializadas não é garantia de que a água utilizada na panificadora encontra-se livre de contaminação. Isso porque se os reservatórios não forem limpos e higienizados periodicamente poderá ocorrer a deposição de pequenas impurezas que, futuramente, poderão se transformar em fontes de contaminação. Portanto a limpeza e a higienização dos reservatórios de água deverá ser feita sistematicamente a cada seis meses ou até antes caso seja necessário. Isto poderá ser feito por profissionais terceirizados ou por funcionários do próprio estabelecimento, desde que devidamente treinados.

Aprimore seus conhecimentos sobre o assunto. Leia a(s) matéria(s) a seguir:


- Alimentos contaminados? Entenda o binômio tempo e temperatura
Dica que salva vidas: Desconectar equipamentos elétricos de tomadas!

Quer saber mais sobre o Curso? Dê Play no vídeo abaixo:


 

Conheça os Cursos CPT da área Padaria e Confeitaria.
Por Silvana Teixeira.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!