WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Veneno de cobra africana pode ser usado como analgésico

Serpente mamba negra tem veneno tão poderoso quanto morfina

 

 A mamba negra é a cobra mais rápida e uma das mais venenosas do mundo. Foto: reprodução.

A mamba negra é a serpente mais venenosa da África. Segundo um estudo publicado na revista científica Nature, o veneno desta cobra poderia ser usado como analgésico. Segundo a publicação, as substâncias batizadas de “mambalgins” são tão potentes quanto a morfina, mas sem provocar os efeitos colaterais dela.

Os mambalgins são péptidos, substâncias que injetadas em ratos tiveram os mesmos efeitos da morfina. Os pesquisadores do Institut de Pharmacologie Moléculaire et Cellulaire de Valbonne, na França, responsáveis pelo estudo, afirmaram que não foram verificados os principais efeitos colaterais do analgésico, como dificuldades respiratórias.

Por não encontrarem nenhum efeito colateral, os pesquisadores acreditam que o veneno da mamba negra também não deva causar dependência, como no caso da morfina. Outras pesquisas já destacaram o uso medicinal do veneno de diversas serpentes, como analgésico ou inibidores da produção de proteínas presentes no sistema nervoso e que possuem função importante nos quadros de dores persistentes.

Os pesquisadores afirmaram que a compreensão desses mecanismos é muito importante para o desenvolvimento de novos analgésicos mais potentes. Eles destacaram também que os venenos das serpentes são substâncias promissoras para alcançar esse objetivo.

Por: Maria Clara Corsino.

Fonte: Agência EFE.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!