O veneno de cobras na produção de medicamentos

Pesquisa vem utilizando o veneno de cobras pra o desenvolvimento de remédios

Cobra venenosa

Stefan Tutzer, professor do Curso a Distância CPT Criação de Serpentes Para Produção de Veneno, anuncia que o veneno de cobra já é amplamente utilizado na produção de antídotos e medicamentos, se tornando uma opção rentável para quem tem interesse pela atividade.

- Pesquisa realizada na UNESP

Uma pesquisa pública vem sendo realizada na UNESP, universidade brasileira, a partir de sangue de búfalo e veneno de cascavel para que seja produzido um cicatrizante, o selante de fibrina.

O Globo Rural acompanhou Vera, que possuía na canela direita uma úlcera. Durante 37 anos ela conviveu com a ferida, porém com uma vida limitada. Realizou mais de 15 cirurgias e milhares de curativos ao longe desses anos, até que em 2016 encontrou uma oportunidade de ser voluntária num tratamento experimental de feridas crônicas, em que Vera recebeu aplicações do selante de fibrina por três meses, o que demonstrou o sucesso da pesquisa: a ferida da paciente, enfim, cicatrizou.

- Protocolos científicos

Nas últimas três décadas, muito mudou na pesquisa que envolve o veneno de cascavel. A pesquisa vem sendo realizada e testada na UNESP, onde os protocolos científicos também foram alterados.

As cobras que eram utilizadas para doação do veneno que vem a formar o selante de fibrina viviam em um cativeiro iglu, no entanto vivem, agora, em caixas individuais com controle de humidade em temperatura.  As serpentes tem personalidades diferentes então o cativeiro deve ser o menos agressivo possível, explica uma das pesquisadoras responsáveis pelo projeto.

A maneira como ocorre a extração também foi alterada: as cobras eram contidas pelo gancho e pelas mãos sem luva do técnico, que mantinha vestimenta cotidiana, expondo o manipulador ao risco de um bote. Hoje, a cobra recebe um torpedo de CO2, ficando semi-anestesiada para a extração do veneno.

Houve também alteração no sangue utilizado para fazer a cola de fibrina. Antes, utilizava-se de sangue humano. Atualmente, é utilizado sangue de búfalo. Um rebanho soro produtor de búfalos é isolado e passa por controles de sanidade rigorosos e certificação da ANVISA na fazenda de Aistides Pavan, empresário que faz a doação do sangue para a pesquisa da UNESP.

Assim, a pesquisa vem se desenvolvendo e já são vistos resultados positivos para que a ideia não seja abandonada e um novo medicamento seja criado.

 


Confira os Cursos a Distância CPT, constituídos de Livro+DVD, e Cursos Online da Área Animais Silvestres:

Criação de Serpentes Para Produção de Veneno
Criação Comercial de Paca
Abate e Comercialização de Animais Silvestres


Fonte: Globo Rural – g1.globo.com
por Renato Rodrigues

Cursos Relacionados

Curso Criação Comercial de Paca Curso Criação Comercial de Paca

Com Prof. Fábio Hosken

R$ 398,00 à vista ou em até 12x de R$ 33,17 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Criação de Serpentes Para Produção de Veneno Curso Criação de Serpentes Para Produção de Veneno

Com Prof. Stefan Tutzer

R$ 460,00 à vista ou em até 12x de R$ 38,33 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Abate e Comercialização de Animais Silvestres Curso Abate e Comercialização de Animais Silvestres

Com Prof. Paulo Bezerra

R$ 398,00 à vista ou em até 12x de R$ 33,17 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Mais Notícias sobre diversas áreas do conhecimento

Últimos

Mais Lidos

Atendimento Online
Quer Facilidade