WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Ligue Agora (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Caça para controle populacional de espécies nocivas é proibida em SP

A proibição abrange espécies nativas ou exóticas, selvagens ou domésticas, tanto em áreas públicas como privadas

Caça para controle populacional de espécies nocivas é proibida em SP

Segundo a Sociedade Rural Brasileira, espécies consideradas nocivas, como os javalis, causam sérios problemas ao homem do campo, além de serem uma grande ameaça ao controle preventivo da febre aftosa no Brasil. “A caça é o único meio para o controle populacional dos javalis, sendo regulamentada pelo Mapa - Ministério do Meio Ambiente, e pelo Ibama - Instituto Brasileiro do Meio Ambiente”, afirma a SRB.

Os javalis são animais exóticos e predadores naturais de animais silvestres. Sem uma estratégia de controle populacional, sua multiplicação alcançará proporções gigantescas. “A ação de grande número de javalis no meio ambiente pode reduzir as espécies da flora e fauna local, causar o assoreamento de nascentes, destruir plantações, além de colocar a saúde e a segurança pública em risco”, completa a SRB.

Em contrapartida, deputados paulistas - dentre eles, Roberto Trípoli (PV), aprovaram o PL 299/2018, que proíbe a caça como forma de controle populacional de espécies nocivas à produção agropecuária em São Paulo. O projeto abrange animais nativos ou exóticos, selvagens ou domésticos, tanto em áreas públicas como privadas. A medida também determina que o controle populacional dessas espécies cabe somente a instituições governamentais.

De acordo com o deputado do PV - Partido Verde, não há argumentos que justifiquem a violenta caça a javalis, considerados perigosos predadores exóticos. Até o momento, o controle de javalis (com caçadas) não apresenta resultados efetivos, pois esses animais ainda são abundantes em muitas regiões onde ocorre esse tipo de manejo, como no Rio Grande do Sul, completa Roberto Trípoli.

Em todo o estado de SP, aquele que infringir a lei arcará com pesada multa - em caso de recidiva, o valor poderá dobrar. Ou triplicar, se:

->Os animais caçados constituírem espécies raras;
->Os métodos de caça resultarem em destruição em massa
->A caça ocorrer em áreas protegidas ou unidades de conservação.

Conheça os Cursos a Distância CPT, constituídos de Livro+DVD, e Cursos Online, da Área Animais Silvestres.

Fonte: revistagloborural.globo.com

Por Andréa Oliveira.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!