WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Semana do Campo CPT!

Cogumelo vira embalagem ecológica

O material é biodegradável, resistente ao calor e pode assumir várias formas e tamanhos

A embalagem ecológica é produzida com a parte vegetativa do fungo.

A embalagem ecológica é produzida com a parte vegetativa do fungo.

Sustentabilidade é mesmo a palavra de ordem deste século. A busca por soluções que não sejam prejudiciais ao meio ambiente estão a todo vapor. Desta vez, pesquisadores do instituto norte-americano Rensselaer Polytechinic Institute desenvolveram uma embalagem a partir da fusão de raízes de cogumelos com resíduos agrícolas.

Comparado com os materiais de embalagens comuns, essa invenção, totalmente natural, demanda menos energia para ser elaborada e gera apenas um décimo do dióxido de carbono que outros materiais, como a espuma, por exemplo.

O professor Augusto Ferreira da Eira, no curso Cultivo de Cogumelo Shiitake em Substratos, desenvolvido pelo CPT – Centro de Produções Técnicas, afirma que “o cultivo de cogumelos está diretamente ligado à reciclagem econômica de resíduos agrícolas e agroindustriais, tais como os estercos bovino, equino, de aves, porcos e outros animais domésticos, palhas e resíduos do trigo, arroz, milho, algodão, madeira, bagaço de cana, de serrarias e outros”.

A embalagem ecológica é produzida com a parte vegetativa do fungo, que cresce e digere o material usado como iniciante agrícola, geralmente, semente de algodão ou fibra de madeira. Estruturas plásticas customizadas são usadas para garantir que o composto cresça no formato desejado. Antes de ser utilizado, o mesmo é esterilizado.

A matéria-prima é selecionada em propriedades agrícolas regionais. Essa medida minimiza a necessidade de transportes de longa distância, mais poluentes ao meio ambiente. O objetivo, a longo prazo, é disponibilizar um quite para que empresas, e até mesmo cidadãos comuns, possam produzir sua própria embalagem verde.

O material é biodegradável, resistente ao calor e pode assumir várias formas e tamanhos, dependendo do uso. Pode substituir isopores, espumas ou isolantes semelhantes, e está sendo usado em produtos transportados nos Estados Unidos.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!