WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
Fale com uma Especialista
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

A Chegada (2016)

O longa entende que falar com as estrelas é falar e sentir a si próprio

A Chegada (2016)

Quando seres interplanetários deixam marcas na Terra, a Dra. Louise Banks (Amy Adams), uma linguista especialista no assunto, é procurada por militares para traduzir os sinais e desvendar se os alienígenas representam uma ameaça ou não. No entanto, a resposta para todas as perguntas e mistérios pode ameaçar a vida de Louise e a existência de toda a humanidade.  
 
A Chegada, filme de Denis Villeneuve (Os Suspeitos), é um exercício da visão que mira o longínquo, a fim de entender o íntimo. O longa acompanha a trajetória da Dra. Louise Banks (Amy Adams), uma linguista convocada pelo governo americano para estabelecer contato com alienígenas de uma das doze naves que pousaram no planeta terra. Assim, ao contrário da maioria dos filmes de invasão - A Chegada - é um filme sobre a busca pelo contato, em que o estrangeiro alienígena pode não ser uma ameaça.
 
O roteiro de Eric Heisserer (Quando as Luzes se Apagam) se vale da fórmula clássica de conjurar uma história pessoal com um enredo mais abrangente. Assim, o filme se propõe a narrar um drama pessoal - uma perda na vida da protagonista - com a iminente extinção da vida na Terra - a ameaça, em si. É nesse contexto que são combinados conceitos como viagem no tempo e a falta de perspectiva derivada do luto. Se você penso em algo como Interestelar, está no caminho certo.
 
Uma sacada espetacular, é a forma como o filme representa as inversões temporais propostas pelos alienígenas, fazendo com que os plot twist da trama sejam compreensíveis e não gratuitos. Por meio de uma junção entre texto e forma, o filme vai ganhando contorno e o conflito narrativo vai sendo solucionado.
 
Podemos concluir, que a Chegada é um filme que, de forma sorrateira, deixa todas as informações no ar para não ser uma incógnita completa, algo que poderia soar como um simples artifício de roteiro para uma trama que almeja complexidade. A comunicação entre humanos e visitantes resulta não apenas numa resolução social, mas principalmente na compreensão do homem na sua forma mais íntima e individual. A Chegada entende que falar com as estrelas é falar e sentir a si próprio.
 
Lançamento: Nov/2016.
 
Gênero: Ficção Científica.
 
Nacionalidade:  EUA
 
Direção: Denis Villeneuve
 
Produtor: Shawn Levy, Dan Levine, David Linde.
 
Roteiro: Eric Heisserer.
 
Elenco: Amy Adams, Jeremy Renner, Forest Whitaker, Michael Stuhlbarg, Mark O'Brien, Tzi Ma, Julian Casey, Russell Yuen.
 
Por Ana Carolina dos Santos.
 
Fontes: Adoro Cinema, Observatório do Cinema, Cine Pop.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!