WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Black Friday 30%OFF nos cursos online 15% OFF nos cursos em livro+DVD + 5% OFF extra no cartão de crédito

Fase de recria dos principais peixes do Brasil

A recria consiste nas criações de peixes que adquirem os alevinos de pisciculturas especializadas e registradas, para criá-los até se transformarem em peixes juvenis

Fase de recria dos principais peixes do Brasil   Artigos CPT

A recria consiste nas criações de peixes que adquirem os alevinos de pisciculturas especializadas e registradas, para criá-los até se transformarem em peixes juvenis, explica Prof. Dr. Giovanni Resende de Oliveira, do Curso CPT Criação de Peixes - Como Implantar uma Piscicultura.

Quando eles atingem o peso ideal para a outra fase da criação, podem ser comercializados, simplesmente, para outras pisciculturas para engorda, ou transferidos para outra instalação na própria piscicultura se esta praticar a fase de recria e engorda, pois o manejo e as instalações são diferentes.

Veja, então, o tempo de duração da fase de recria e o peso ideal no final dessa fase, nas espécies mais produzidas comercialmente:


- Para a Tilápia, a fase de recria dura em torno de 2 meses e o peso médio ideal é 50 g. Nessa fase, o ideal são 10 peixes/m2 de tanque.
- A fase de recria do surubim e híbridos dura, em média, quatro meses e meio. O seu peso médio final é de 250 g nessa fase e, no tanque, o ideal é ter 1 peixe/m2 de tanque.
- Para as Carpas, os Pacus, Tambaquis, Matrinchãs, Curimbas e Piaus, a fase de recria dura, em média, dois meses, com o peso médio final de 25 a 30 g. A concentração ideal deve ser de 10 peixes/m2 de tanque.

Duração da fase de recria, peso médio dos peixes no final dessa fase e densidade para cada espécie comercial:


Espécie de peixe

Duração da

fase de recria

(meses)

Peso médio

(g)

Densidade

peixes/m2 de

tanque

Tilápia

2

50

25-30 peixes/m2

Pintado ou Surubim

2,4

50

1 peixes/m2

Carpa

2

25-30

10 peixes/m2

Pacu

2

25-30

10 peixes/m2

Tambaqui

2

25-30

10 peixes/m2

Tambacu

2

25-30

10 peixes/m2

Matrinchã

2

25-30

10 peixes/m2

Piau

2

25-30

10 peixes/m2

Curimba

2

25-30

10 peixes/m2

Curimatã

2

25-30

10 peixes/m2

Aprimore seus conhecimentos sobre o assunto. Leia a(s) matéria(s) a seguir:


- Importância do planejamento e do escalonamento na piscicultura

Quer saber mais sobre o Curso? Dê Play no vídeo abaixo:


 

Conheça os Cursos CPT da área Piscicultura.
Por Silvana Teixeira.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!