Plantação de Pepino em estufas - principais pragas e doenças

O cultivo em estufa oferece boas condições para o pepino, mas é condição ideal para a maioria das pragas e doenças, como a Mancha Angular, a Podridão dos Frutos, entre outras

Produção de pepino em estufa

 

O cultivo em estufa oferece boas condições para o pepino, mas é condição ideal para a maioria das pragas e doenças. Por isto, o monitoramento deve ser feito diariamente e caso não haja possibilidade de agir preventivamente, o controle deve ser feito com o surgimento dos primeiros sinais ou sintomas. Entre as doenças que mais atacam a produção de pepino em estufas, estão:

Doenças causadas por bactérias

A) Mancha Angular - Pseudomonas syringae pv. Iachrymans

A bactéria Pseudomonas syringae pv. Iachrymans, também conhecida como Mancha Angular, nas nossas condições constitui-se a principal doença bacteriana do pepino, onde em condições favoráveis, pode causar perda total dos frutos.

Sintomas

A doença afeta principalmente as folhas, ramos, pecíolos e frutos.
- Nas folhas, manifesta-se através do aparecimento de pequenas áreas de tecido encharcado, limitadas pelas nervuras, quando então adquire a forma angular típica.
- Nos frutos, as lesões se iniciam como pequenas áreas de coloração verde escura, depois parda, em seguidas de podridão mole bacteriana, que produz rápida decomposição do fruto afetado.

A bactéria causal desenvolve-se no interior do fruto, inclusive o sistema vascular, atingindo as sementes em desenvolvimento.

B) Podridão dos Frutos - vários agentes

Vários agentes patógenos são causadores desta doença. A maioria deles são parasitas de feridas, capazes de penetrar por ferimentos dos frutos (em desenvolvimento ou no período de trânsito para o mercado) sendo muito frequente a perda total do produto, entre a colheita e o consumo.

Sintomas

Provoca um encharcamento do tecido, seguindo de podridão mole que avança rapidamente externa e internamente. A área afetada é flácida e cede fácil à pressão dos dedos. Na fase final da podridão, há desidratação e liberação de líquido fétido, devido à ação de bactérias secundárias.

Doenças causadas por fungos

A) Antracnose - Colletotrichum orbiculare (Berck & Mont v.Arx. ) gloesporioides f. sp cucurbitae

A antracnose é uma das doenças mais sérias, ocorrendo com bastante frequência e elevada severidade, afetando as folhas e causando defolhação precoce, com perda de vitalidade, ou mesmo a morte da planta, com reflexos diretos na produção.

Sintomas

A doença manifesta-se em todos os órgãos aéreos da planta, em todos os estádios de desenvolvimento.
- As lesões nas folhas iniciam-se com encharcamento do tecido afetado, seguindo de necrose, resultando em manchas circular, de diâmetro variável até 2 cm com centro mais claro.
- Em pecíolos e hastes infectados, desenvolvem-se lesões deprimidas, alongadas e marrom-escuras.
- Em fruto já desenvolvido, antes ou após a colheita, as lesões se apresentam circulares ou elíticas, deprimidas, de bordos encharcados e recobertas pela massa rosada de esporos.

Estas lesões, as vezes, abrangem boa parte do fruto afetado.

B) Oídio - Erysiphe cichoracearum De Candolle (fase imperfeita Oidium sp.)

É conhecido também como cinza. Trata-se de uma doença cosmopolita, ocorrendo com grande frequência, contudo, está condicionada a altas temperaturas, baixa umidade relativa, e baixa luminosidade.

Sintomas

O fungo afeta ramos, folhas e frutos. Em ataques severos, as folhas e ramos jovens podem ser mortos. Os frutos jovens, quando atacados, são ligeiramente deformados. Os sintomas iniciam-se com um crescimento branco pulverulento na superfície da folha e em ramos tenros. Durante esse estágio, o tecido é aparentemente normal, porém, à medida que o fungo se desenvolve, a área afetada passa a exibir amarelecimento e, finalmente, necrose e morte, evidente nas folhas mais velhas da planta.

C) Míldio - Pseudoperonospora cubensis ( Berk. et Curtis ) Rostowzew

É uma doença comum, sujeita às variações das condições ambientais que lhe são favoráveis.

Sintomas

Nas folhas, os sintomas inicialmente são mosqueados; depois tornam-se amarelos, angulares e limitadas pelas nervuras foliares que, mais tarde adquire uma coloração amarelo clara. Na face ventral da folha, as manchas apresentam, em condições de umidade, sinais característicos da doença: frutificações verde-oliva a púrpura, constituídas dos esporangióforos e esporângios do fungo. Alta incidência da doença resulta em desfolhação precoce, e, consequentemente, crescimento retardado da planta afetada.

D) Sarna ou Queima - Cladosporium cucumerinum

Esta doença, em condições favoráveis, causa grandes prejuízos, em virtude da deficiência dos métodos de controle. Quando a produção é afetada, ocorre baixa produtividade e baixo valor comercial do produto.

Sintomas

As plantas podem ser atacadas, em qualquer idade, em toda a parte aérea, embora os órgãos novos, especialmente os frutos, sejam mais suscetíveis. Nas folhas novas surgem pequenas manchas de tecidos encharcados, de forma irregular, pardacentas, às vezes cobertas por exsudados e apresentando-se, em condições de umidade, recobertas por frutificações do fungos, de cor verde-oliva. Manchas no limbo foliar provocam deformação da folha; no caule e nos pecíolos, as lesões são semelhantes, provocando rachaduras e deformação do órgão. Nos frutos em crescimento, a lesão inicia-se com exsudação de goma nos tecidos, a superfície sofre depressão e perde água, originando cavidade de bordos irregulares, com 1 cm de diâmetro e 3 a 5 mm de profundidade, recobertas pelas frutificações oliváceas características do fungo.

Conheça o Curso CPT Cultivo de Pepino em Estufa.

Por Silvana Teixeira

Cursos Relacionados

Curso Cultivo de Pimentão em Estufa Curso Cultivo de Pimentão em Estufa

Com Prof.ª Dr.ª Rumy Goto

R$ 398,00 à vista ou em até 12x de R$ 33,17 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Cultivo de Tomate em Estufa Curso Cultivo de Tomate em Estufa

Com Prof.ª Dr.ª Rumy Goto

R$ 398,00 à vista ou em até 12x de R$ 33,17 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Cultivo de Pepino em Estufa Curso Cultivo de Pepino em Estufa

Com Prof.ª Dr.ª Rumy Goto

R$ 398,00 à vista ou em até 12x de R$ 33,17 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Comentários

Sueli Aparecida da cruz Almeida

25 de mar de 2019

Meu pepino está com manchas o que é será e o que é bom

Resposta do Portal Cursos CPT

26 de mar de 2019

Olá Sueli,

Agradecemos a visita e comentário em nosso site.

Para mais informações, sugerimos consultar um especialista da área.

Atenciosamente,

Mariana Caliman Falqueto

Outros artigos relacionados à área Horticultura

Últimos

Mais Lidos

Atendimento Online
Quer Facilidade