WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
Como podemos te ajudar?
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Pepino em estufas: principais pragas e doenças

O cultivo em estufa oferece boas condições para o pepino, mas é condição ideal para a maioria das pragas e doenças, como a Mancha Angular, a Podridão dos Frutos, entre outras

Pepino em estufas: principais pragas e doenças   Artigos CPT

O cultivo em estufa oferece boas condições para o pepino, mas é condição ideal para a maioria das pragas e doenças. Por isto, o monitoramento deve ser feito diariamente e caso não haja possibilidade de agir preventivamente, o controle deve ser feito com o surgimento dos primeiros sinais ou sintomas. Entre as doenças que mais atacam a produção de pepino em estufas, estão:

Doenças causadas por bactérias


A) Mancha Angular - Pseudomonas syringae pv. Iachrymans

A bactéria Pseudomonas syringae pv. Iachrymans, também conhecida como Mancha Angular, nas nossas condições constitui-se a principal doença bacteriana do pepino, onde em condições favoráveis, pode causar perda total dos frutos.

Sintomas

A doença afeta principalmente as folhas, ramos, pecíolos e frutos.
- Nas folhas, manifesta-se através do aparecimento de pequenas áreas de tecido encharcado, limitadas pelas nervuras, quando então adquire a forma angular típica.
- Nos frutos, as lesões se iniciam como pequenas áreas de coloração verde escura, depois parda, em seguidas de podridão mole bacteriana, que produz rápida decomposição do fruto afetado.

A bactéria causal desenvolve-se no interior do fruto, inclusive o sistema vascular, atingindo as sementes em desenvolvimento.

B) Podridão dos Frutos - vários agentes

Vários agentes patógenos são causadores desta doença. A maioria deles são parasitas de feridas, capazes de penetrar por ferimentos dos frutos (em desenvolvimento ou no período de trânsito para o mercado) sendo muito frequente a perda total do produto, entre a colheita e o consumo.

Sintomas

Provoca um encharcamento do tecido, seguindo de podridão mole que avança rapidamente externa e internamente. A área afetada é flácida e cede fácil à pressão dos dedos. Na fase final da podridão, há desidratação e liberação de líquido fétido, devido à ação de bactérias secundárias.

Doenças causadas por fungos


A) Antracnose - Colletotrichum orbiculare (Berck & Mont v.Arx. ) gloesporioides f. sp cucurbitae

A antracnose é uma das doenças mais sérias, ocorrendo com bastante frequência e elevada severidade, afetando as folhas e causando defolhação precoce, com perda de vitalidade, ou mesmo a morte da planta, com reflexos diretos na produção.

Sintomas

A doença manifesta-se em todos os órgãos aéreos da planta, em todos os estádios de desenvolvimento.
- As lesões nas folhas iniciam-se com encharcamento do tecido afetado, seguindo de necrose, resultando em manchas circular, de diâmetro variável até 2 cm com centro mais claro.
- Em pecíolos e hastes infectados, desenvolvem-se lesões deprimidas, alongadas e marrom-escuras.
- Em fruto já desenvolvido, antes ou após a colheita, as lesões se apresentam circulares ou elíticas, deprimidas, de bordos encharcados e recobertas pela massa rosada de esporos. Estas lesões, às vezes, abrangem boa parte do fruto afetado.

B) Oídio - Erysiphe cichoracearum De Candolle (fase imperfeita Oidium sp.)

É conhecido também como cinza. Trata-se de uma doença cosmopolita, ocorrendo com grande frequência, contudo, está condicionada a altas temperaturas, baixa umidade relativa, e baixa luminosidade.

Sintomas

O fungo afeta ramos, folhas e frutos. Em ataques severos, as folhas e ramos jovens podem ser mortos. Os frutos jovens, quando atacados, são ligeiramente deformados. Os sintomas iniciam-se com um crescimento branco pulverulento na superfície da folha e em ramos tenros. Durante esse estágio, o tecido é aparentemente normal, porém, à medida que o fungo se desenvolve, a área afetada passa a exibir amarelecimento e, finalmente, necrose e morte, evidente nas folhas mais velhas da planta.

C) Míldio - Pseudoperonospora cubensis ( Berk. et Curtis ) Rostowzew

É uma doença comum, sujeita às variações das condições ambientais que lhe são favoráveis.

Sintomas

Nas folhas, os sintomas inicialmente são mosqueados; depois tornam-se amarelos, angulares e limitadas pelas nervuras foliares que, mais tarde adquire uma coloração amarelo clara. Na face ventral da folha, as manchas apresentam, em condições de umidade, sinais característicos da doença: frutificações verde-oliva a púrpura, constituídas dos esporangióforos e esporângios do fungo. Alta incidência da doença resulta em desfolhação precoce, e, consequentemente, crescimento retardado da planta afetada.

D) Sarna ou Queima - Cladosporium cucumerinum

Esta doença, em condições favoráveis, causa grandes prejuízos, em virtude da deficiência dos métodos de controle. Quando a produção é afetada, ocorre baixa produtividade e baixo valor comercial do produto.

Sintomas

As plantas podem ser atacadas, em qualquer idade, em toda a parte aérea, embora os órgãos novos, especialmente os frutos, sejam mais suscetíveis. Nas folhas novas surgem pequenas manchas de tecidos encharcados, de forma irregular, pardacentas, às vezes cobertas por exsudados e apresentando-se, em condições de umidade, recobertas por frutificações do fungos, de cor verde-oliva. Manchas no limbo foliar provocam deformação da folha; no caule e nos pecíolos, as lesões são semelhantes, provocando rachaduras e deformação do órgão. Nos frutos em crescimento, a lesão inicia-se com exsudação de goma nos tecidos, a superfície sofre depressão e perde água, originando cavidade de bordos irregulares, com 1 cm de diâmetro e 3 a 5 mm de profundidade, recobertas pelas frutificações oliváceas características do fungo.

Um pouco mais sobre o que encontrar no Curso CPT? Assista ao vídeo!


 

Conheça o Curso CPT Cultivo de Pepino em Estufa.
Por Silvana Teixeira.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Comentários

Fernando Gomes

14 de nov. de 2021

Pepino em estufa, cresce normalmente, dá imensa flor mas não apresenta qualquer fruto. Que fazer? Obrigado

Resposta do Portal Cursos CPT

12 de jan. de 2022

Olá, Fernando! Como vai? 

Fico feliz por sua visita! :) 

Nesse caso, é importante que o você procure um especialista na área, para que o mesmo possa avaliar seu plantio e orientar de forma mais eficiente. 

Abraço! 

Lorena 

Maria Luisa Lobo Lima

5 de abr. de 2021

Tenho um peapino com cerca de 15 dias que começou agora a apresemtar manchaa aguadas na pagina inferior das folhas mais velhas e necrosadas na face superior , pensei em mildio já que as temperatuiras durante anoite são cerca de 20 a 22 graus e cai geada durante a noite que atravessa a cobertura que é de malha . Poderá tb ser bactaeria? A unica doençã que tve até agora no pepino foi o oidio que conheço bem e não me parece que seja.

Resposta do Portal Cursos CPT

7 de abr. de 2021

Olá,Maria Luisa 

Como vai?

Agradecemos sua visita ao nosso site!

O ideal é procurar por um Engenheiro Agrônomo, para que ele possa realizar o diagnóstico adequado e indicar o melhor tratamento.

Atenciosamente,

Erika

Edson Cristiano Narciso

21 de ago. de 2019

Olá, Meu pepino está abortando muito e tendo deformidade nos frutos, e as folhas mais velhas estão secando muito rápido.

Resposta do Portal Cursos CPT

26 de ago. de 2019

Olá Edson Cristiano Narciso,

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site.

Pela descrição do problema, o seu cultivo de pepino pode estar sendo atacado por algum tipo de doença, ou então, deficiência nutricional. Desse modo, o ideal é procurar por um Engenheiro Agrônomo, para que ele possa realizar o diagnóstico adequado e indicar o melhor tratamento.

Atenciosamente,
Victor Sampaio

Sueli Aparecida da cruz Almeida

25 de mar. de 2019

Meu pepino está com manchas o que é será e o que é bom

Resposta do Portal Cursos CPT

26 de mar. de 2019

Olá Sueli,

Agradecemos a visita e comentário em nosso site.

Para mais informações, sugerimos consultar um especialista da área.

Atenciosamente,

Mariana Caliman Falqueto

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Quer mudar de vida e ter sucesso profissional? Vamos te ajudar!