WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Torne realidade o sonho de viver do que você ama! 20% OFF nos cursos online + 5% OFF pagando no cartão

Receitas com soja precisam ser inseridas nos hábitos alimentares da população

Soja é um alimento funcional porque, além das funções nutricionais básicas, produz efeitos benéficos à saúde, reduzindo os riscos de algumas doenças crônicas degenerativas

O grão de soja é composto por proteína, fibras, mono e oligossacarídeos, óleos, além de outros nutrientes.

Para mudarmos nossos costumes alimentares, precisamos, primeiro, ter motivações como a necessidade de cuidar da saúde, a curiosidade, entre muitas outras possibilidades. Mas, despertar a consciência e passar a tratar a si mesmo da melhor maneira possível é fundamental.

Com certeza você já leu e ouviu várias considerações sobre alimentos funcionais. Segundo a Anvisa - Agência Nacional de Vigilância Sanitária, um alimento é considerado funcional quando, além de atuar em funções nutricionais básicas, desencadeia efeitos benéficos à saúde. Você sabia que a soja é um desses alimentos?

O grão de soja é composto por 36% de proteína, 15% de fibras, 15% de mono e oligossacarídeos, 18% de óleos e os 16% restantes, de outros nutrientes. Ele também é uma excelente fonte de minerais como cobre, ferro, fósforo, potássio, magnésio, manganês, enxofre, cloro e vitaminas como A, C, E, além do complexo B. Por isso, a soja é considerada um alimento tão rico como o de origem animal, como ovos, carne, leite e derivados.

Mas é importante salientar que a qualidade da proteína desse grão não se iguala totalmente a dos animais, devendo ser completada com outras fontes proteicas vegetais, como arroz, milho e o trigo. Justamente devido a esse alto conteúdo, a presença de pequenas quantidades dessas outras fontes já é suficiente para tornar a proteína da soja equivalente a dos animais. Dessa forma, a soja é uma ótima opção, quando se quer aumentar a quantidade de proteínas ingeridas sem exagerar no consumo de alimentos de origem animal.

Uma vantagem dessa vagem é sua versatilidade, pois pode ser incluída em inúmeras preparações e ingredientes, enriquecendo a dieta.

Uma outra vantagem dessa vagem é sua versatilidade, pois pode ser incluída em inúmeras preparações e ingredientes, enriquecendo a dieta. Ela é encontrada no mercado em diferentes formas, como soja em grão; farinha de soja, usada para o preparo de bolos e pães; extrato de soja, (leite de soja em pó ou fluido); proteína texturizada (PTS), conhecida como carne de soja; além de estar presente em uma série de outros produtos, como margarinas, óleos vegetais, massas e biscoitos.

Passo a passo, podemos introduzi-la de forma saudável e saborosa. São milênios de sua utilização na alimentação dos povos asiáticos, mas é na cultura ocidental que há mais de trinta anos vem sendo desenvolvida uma nova forma de aplicação. Existe, por exemplo, no campus da UFV - Universidade Federal de Viçosa, pesquisas para que o sabor da soja nos alimentos seja mais agradável ao paladar. Hoje, os países do ocidente, que são considerados os maiores produtores de soja do mundo, como os Estados Unidos e o Brasil, ainda são os menores consumidores do grão em forma de alimento.

Para transformar essa realidade, o CPT – Centro de Produções Técnicas elaborou o curso Soja na Alimentação – Receitas de Saúde. No curso, o aspirante a uma vida mais saudável aprende sobre os benefícios da soja, as ações dela no organismo, os subprodutos da vagem e como utilizá-los na alimentação, várias receitas com os grãos, leite, PTS, tofu (queijo), massa, farinha e dicas para manter a saúde em ordem.

A coordenação do curso é da professora Rose Pereira de Deus, especialista em alimentação orgânica e funcional. Ela também é consultora, trabalhando com palestras em todo o país.

Após fazer o curso e ser aprovado na avaliação, o aluno recebe um certificado de conclusão emitido pela UOV – Universidade On-line de Viçosa, filiada mantenedora da ABED – Associação Brasileira de Educação a Distância.

A soja é considerada um alimento funcional porque, além das suas funções nutricionais básicas, produz efeitos benéficos à saúde, reduzindo os riscos de algumas doenças crônicas degenerativas. A leguminosa ajuda a diminuir o colesterol ruim (LDL), a aumentar o colesterol bom (HDL), possui papel preventivo e terapêutico nas doenças cardiovasculares, no câncer, na osteoporose e no alívio dos sintomas da menopausa.

Por: Ariádine Morgan

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!