WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Ligue Agora (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Linguagem permeia o aprendizado e a vida social

A aprendizagem das linguagens oral e escrita é um dos mais importantes elementos para as crianças ampliarem suas possibilidades de inserção e participação nas práticas sociais

O trabalho com a linguagem é um dos eixos básicos da educação infantil.

A linguagem pode ser considerada como uma das muitas maneiras que nós, seres humanos, elaboramos para partilhar a vida uns com os outros, para construirmos nossas relações sociais, culturais e políticas. “É o fruto dessa nossa rica experiência humana partilhada, o que nos identifica como atores, participantes e parceiros, nessa existência histórica. É a forma por meio da qual nos ligamos uns aos outros, expressando nosso entendimento de um mundo que é uma construção nossa e, como linguagem, pode ser compreendido e comunicado” (DEBORTOLI, 2002).

Na educação infantil, primeira fase da escolaridade, as crianças buscam ativamente o conhecimento. Para elas, brincar é mais importante que a ação mental. É pela brincadeira que elas aprendem a conhecer a si próprias e o mundo que as cerca. Durante essa etapa, haverá momentos de ação e de concentração, mas o importante é que todas as situações de ensino sejam interessantes. Essa fase deve priorizar vivências em que se amplie os conhecimentos por meio da busca e da descoberta, de forma prazerosa, aprendendo a ser confiante e a participar de atividades em grupo.

A criança compreende a linguagem antes mesmo de ser capaz de usá-la de modo significativo. Pais e educadores devem oferecer experiências auditivas anteriormente ao desenvolvimento da fala. O trabalho com a linguagem é um dos eixos básicos da educação infantil, dada sua importância para a formação do sujeito,  interação com outras pessoas,  orientação das ações da criança,  construção do conhecimento, organização das experiências e desenvolvimento do pensamento. A linguagem e o pensamento ocorrem por meio da interação com o outro e com o mundo.

A aprendizagem das linguagens oral e escrita é um dos mais importantes elementos para as crianças ampliarem suas possibilidades de inserção e de participação nas diversas práticas sociais, pois essas fazem parte de praticamente todas as atividades básicas da vida humana. Grande parte do processo de ensino-aprendizagem é dependente dela, uma vez que constitui a base da comunicação social. É um dos eixos básicos na educação infantil, dada sua importância para a formação do sujeito.

Pensando em instrumentalizar pais e professores com meios para o ensino das linguagens oral e escrita o CPT – Centro de Produções Técnicas elaborou o curso Educação Infantil – Linguagem Oral e Escrita, com a participação das professoras mestre Luciana Fiel e Eneida Pereira Gondim, mestre em educação infantil pela Universidade do Arizona, nos Estados Unidos. 

Para que haja um desenvolvimento integral da linguagem, faz-se necessário que seja trabalhada a realidade cultural.

No mesmo, o aluno terá informações sobre temas como o início da comunicação, ou seja, a linguagem oral; e o início da alfabetização, isto é, da linguagem escrita. Ele irá conhecer algumas atividades de linguagem oral e escrita, e o processo de alfabetização, além de saber como deve ser a mediação do professor.

Após fazer o curso e ser aprovado na avaliação, o aluno recebe um certificado de conclusão emitido pela UOV – Universidade On-line de Viçosa, filiada mantenedora da ABED – Associação Brasileira de Educação a Distância.

Os programas de atendimento às crianças têm que trabalhar para o desenvolvimento tanto da linguagem oral quanto da escrita. Para isso, o professor deverá expô-las ao contato com diferentes tipos de textos escritos, falas espontâneas de adultos, histórias contadas, notícias transmitidas ao vivo, comunicações da vida cotidiana, entre outras.

O objetivo do professor deve ser o de organizar sua prática de maneira a desenvolver nas crianças capacidade de utilizar a linguagem oral para expressar sentimentos e experiências; participar de conversas, escutando a fala dos outros; produzir textos orais; recontar histórias, canções, versos e quadrinhas com fluência. Para que haja um desenvolvimento integral da linguagem, faz-se necessário que tudo isso seja trabalhado a partir de sua realidade cultural.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!