O cultivo e o mercado de coco verde

O coco é uma planta de alto valor econômico para o setor agrário

Coco

O que é

Planta típica das regiões tropicais, o coqueiro (Cocos nucifera) é originário do arquipélago malaio, de onde foi trazido para o Brasil pelos colonizadores em meados do século XIV. É uma palmeira com caule sem ramificação que pode atingir até 30 m de altura. O fruto é coberto por uma casca lisa, dura e fibrosa, de cor verde, quando ainda não maduro. A semente é constituída por uma casca dura, uma polpa (endosperma sólido) de cor branca, carnuda e adocicada. Em seu interior encontra-se água (endosperma líquido).

 

Fruto

O fruto do coqueiro, o coco, é uma drupa de grandes dimensões que se compõe basicamente de quatro partes: (i) invólucro espesso e fibroso (mesocarpo); (ii) casca do caroço (endocarpo), quando maduro apresenta casco ósseo; (iii) amêndoa ou polpa albuminosa recoberta por tegumento que juntamente com a água constituem o endosperma; (iv) embrião.

A massa do coco é rica em proteínas, gorduras, calorias, carboidratos, vitaminas (A, B1, B2, B5 e C), e ainda em sais minerais, principalmente potássio e magnésio. Pode ser consumida crua, em seu estado natural, ralada, ou ainda transformada em deliciosos pratos culinários. A água de coco verde é deliciosa e sua composição físico-química é semelhante à do soro fisiológico.

 

Planta

Planta arbórea perene, o coqueiro é uma planta de grande longevidade, podendo viver além dos 150 anos. Palmeira de raiz fasciculada (chega a 1,8 m para lados e a até 0,6 m para baixo), tem um caule indiviso (único) liso, chamado de estipe ou espique, que pode atingir até 30 m de altura e 30 a 50 cm de diâmetro (coqueiro gigante). Há, porém, variedades anãs que não ultrapassam 2 ou 3 m.

 

Cultivo

O coqueiro é típico de regiões quentes, úmidas e ensolaradas; a água é o fator mais importante para o coqueiro e depois dela a temperatura e a radiação solar. O coqueiro requer temperatura média anual acima de 22ºC. Ótimo em 27-28ºC; temperatura elevada com baixa umidade é condição danosa para a planta.

O coqueiro exige solos profundos (profundidade efetiva entre 1 e 2 m), é tolerante a solos arenosos, argilosos e silico-argilosos, requer solos bem drenados, com lençol freático entre 1 a 4 m de profundidade, com fertilidade média a alta, ricos em matéria orgânica, potássio, fósforo, cálcio e magnésio e com pH entre 6,0 e 6,5.

Sobre o preparo da área de plantio, Luiz Ângelo Mirisola Filho, professor do Curso a Distância CPT Produção de Coco Anão para Consumo de Água, nos conta que “o plantio do coqueiro poderá ser feito em áreas com relevo plano ou inclinado, sendo que a cultura adapta-se melhor aos solos leves ou de textura média. O preparo do solo é um aspecto de grande relevância no cultivo do coqueiro anão, uma vez que engloba as seguintes etapas: análise do solo, correção de pH, aração e gradagem.”

 

Usos e Mercado

Usos

O coco apresenta inúmeras vantagens na sua utilização, que além de ser um material ecológico e facilmente reciclável, pertencente à família das fibras duras, tem como principais componentes a celulose e o lenho que lhe conferem elevados índices de rigidez e dureza, encontrando-se perfeitamente vocacionada para os mercados de isolamento térmico e acústico, face às suas características, que a tornam um material versátil, dada a sua resistência, durabilidade e resiliência.

Se o rejeito da indústria convencional do coco maduro pode ser usado como combustível para caldeiras, ou na manufatura de cordoalha, tapetes, estofamentos e capachos, estudos mais recentes sugerem ainda a utilização do resíduo da casca verde na agricultura intensiva, principalmente no cultivo de plantas ornamentais e hortaliças; na indústria de papel; na engenharia de alimentos para complementação alimentar humana e animal e na produção de enzimas. Na indústria de construção civil e em matrizes polimétricas, o aproveitamento da casca do coco verde, gerado tanto como resíduo industrial quanto como lixo urbano, significaria mais uma alternativa de lucro para os sítios de produção.

Mercado

De sabor dos mais apreciados na doçaria de numerosos países, o coco também é gabado por suas propriedades medicinais, como fonte de fibras e potássio ou fortificante em dietas especiais. Adquiriu por isso grande importância na economia de vários países tropicais e é comercializado sob diversas formas de preparação.

O consumo da água de coco verde no Brasil é crescente e significativo. A demanda é suprida pelo comércio do fruto e, principalmente, pela extração e pelo envasamento da água, o que envolve pequenas, médias e grandes empresas. As multinacionais de bebidas (refrigerantes), por exemplo, já visualizam o crescimento do mercado de bebidas naturais, em detrimento de refrigerantes e produtos artificiais.

 

Conheça os Cursos a Distância CPT, em Livros+DVDs e Cursos Onlines, da área de Cultivo e processamento de coco.

Curso Industrialização do Coco

Produção de coco anão para consumo de água 

 

Fonte: Sebrae - sebrae.com.br

Por Bruna Falcone Zauza

Cursos Relacionados

Curso Industrialização do Coco Curso Industrialização do Coco

Com Prof. Raimundo Mororó

R$ 398,00 à vista ou em até 10x de R$ 39,80 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Produção de Coco Anão para Consumo de Água Curso Produção de Coco Anão para Consumo de Água

Com Prof. Dr. Ângelo Mirisola

R$ 398,00 à vista ou em até 10x de R$ 39,80 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Outros artigos relacionados à área Cultivo e Processamento de Coco

Últimos

Mais Lidos

Atendimento Online
Quer Facilidade