WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Ligue Agora (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Irrigação do coqueiro anão

A distribuição das chuvas é o fator que mais interfere no desenvolvimento do coqueiro

O coqueiro requer uma precipitação pluvial em torno de 1500 mm, uniformemente distribuídos.

A irrigação do coqueiro anão contribui para a precocidade, aumenta a produtividade, produz frutos mais uniformes, com maior volume de água, transformando-se em maiores lucros.

A distribuição das chuvas é o fator que mais interfere no desenvolvimento do coqueiro, sendo que o crescimento e a produção não dependem apenas da pluviosidade total, mas também da distribuição anual das chuvas. O coqueiro requer uma precipitação pluvial em torno de 1500 mm, uniformemente distribuídos. A má distribuição das chuvas constitui o principal fator limitante do desenvolvimento do coqueiro que, por ter crescimento e produção contínuos, exige condições de precipitação muito próximas do ideal durante todo o ano.

No Brasil, há algumas características comuns praticamente a todas as regiões, como dois períodos bem definidos, um chuvoso e o outro seco, justificando o uso da irrigação.

A utilização da irrigação, além de favorecer o desenvolvimento da planta, contribui para a precocidade de floração, possibilitando antecipar o início da colheita e o retorno do capital investido. O suprimento de água na cultura do coqueiro também promove aumento de produtividade e a constância da produção, diminuindo a queda prematura de frutos, possibilitando a emissão de maior número de folhas e cachos por ano e a produção de frutos mais uniformes, com maior volume de água.

Com o aumento da área plantada e maior disponibilidade do coco "in natura" no mercado, o consumidor torna-se cada vez mais exigente em um produto com boa qualidade e aparência. A irrigação propicia a obtenção de um produto diferenciado, de melhor qualidade, capaz de conquistar o consumidor mais exigente e, até mesmo, o mercado externo, tanto na forma de fruto "in natura" quanto envasado, com uma nova tecnologia recém desenvolvida.

Quando se planeja implantar uma cultura irrigada, é necessário inicialmente refletir sobre três questões básicas: como, quando e quanto irrigar. A decisão de como irrigar implica, basicamente, na escolha do sistema de irrigação. Devem ser considerados os recursos financeiros disponíveis e as condições edafoclimáticas e ecológicas. A cultura do coqueiro adapta-se bem aos diversos sistemas de irrigação, dependendo das condições locais e dos recursos disponíveis para este fim.

Em conjunto com o CPT - Centro de Produções Técnicas, surgiu a oportunidade de produção do curso "Irrigação do Coqueiro Anão". Este curso, permitirá compreender melhor o uso da irrigação na cultura do coqueiro anão, ainda tão promissora no Brasil, por um grande número de produtores rurais, profissionais e estudantes da área agrária e pessoas interessadas.

O curso aborda os diversos sistemas de irrigação, como aspersão convencional, microaspersão e gotejamento, a manutenção e o manejo adequado da irrigação, fertirrigação e as necessidades hídricas da cultura. É feita também uma abordagem sobre os benefícios que a irrigação proporciona à cultura. São apresentados relatos de produtores que realizam a irrigação no coqueiro anão com sucesso, bem como as dificuldades encontradas por estes.

A utilização da irrigação na cultura do coqueiro anão é uma prática bastante recente, ainda carente de informações, é assunto novo para a maioria, passim o curso possibilitra condições para aqueles que querem se iniciar na atividade, ou de ajustar sistemas já instalados.

 

Engo. Agro Luiz Ângelo Mirisola Filho
Mestre e Doutor em Fitotecnia pela UFV,
especialista e consultor em Coqueiro Anão-Híbrido

Faça já o Download Grátis
Faça já o Download Grátis As Principais Pragas do Coqueiro

Basta preencher os campos abaixo para receber o material por e-mail:

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Comentários

mauro coletti

19 de set de 2013

por favor, tenho uma área de aproximadamente 24.400 metros quadrados, neste local tenho mais ou menos 50 pés de coco anão, muito deles solta o cacho e a abelha e arapuca, no máximo que vinga é de 30 a 40 por cento, gostaria de saber o que fazer e qual também o adubo ideal para que segura mais a carga., tenho intenção de plantar mais uns 100 pés. me ajude agradeço.

Resposta do Portal Cursos CPT

20 de set de 2013

Olá Mauro!

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site.

Para mais informações recomendamos que procure um técnico especializado na área.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!