WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
Como podemos te ajudar?
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

O que fazer com os dejetos dos frangos depois de limpar a granja?

Todos esses dejetos são gerados em grande volume e, por serem lixo orgânico, quando não administrados, atraem insetos vetores de doenças

Limpeza de granja de frangos? O que fazer com os dejetos?

Pretende entrar para o ramo da avicultura e acredita que tudo se resume em construir a estrutura física que acomodará as aves, recebê-las dos fornecedores, alimentá-las e depois vendê-las? Saiba que você, assim como muitos outros entusiastas, está muito errado!

Suas obrigações vão muito além do imaginado e uma das mais importantes para o sucesso do seu negócio é a limpeza, explica Marcelo Dias, professor do Curso CPT Galinhas Poedeiras: Produção e Comercialização de Ovos.


Não sabia? Acho melhor, então, pesquisar e aprender mais sobre o assunto antes de investir seus fundos nessa atividade, ok? Por quê? Dou quatro bons motivos:


1- as aves são frágeis.
2- as granjas atraem insetos.
3- granjas sujas promovem a proliferação de microrganismos que adoecerão e matarão seus frangos e
4- você terá de arcar com os prejuízos da falta de higiene.


A limpeza diária das instalações é de fundamental importância para a saúde das aves. Frequentemente, é preciso remover:


• Penas espalhadas pelo chão, pelas bandejas, telas e demais superfícies.
• Ovos quebrados.
• Partes úmidas ou emplastradas das camas.
• Aves mortas.
• Restos de ração que eventualmente sobram nos comedouros.
• Fezes acumuladas sob as gaiolas, etc.


Todos esses dejetos são gerados em grande volume e, por serem lixo orgânico, quando não administrados, atraem insetos vetores de doenças e proporcionam a proliferação de microrganismos patogênicos que, certamente, adoecerão as aves.

Entretanto, mais do que removê-los das instalações, os granjeiros também devem se preocupar com o destino e tratamento desse lixo, que tem alto poder de contaminação e, por isso, tem seu descarte fiscalizado rigidamente pelos órgãos ambientais.

Nesse contexto, surge a compostagem, que é um processo de fermentação aeróbica conduzido por microrganismos que decompõem naturalmente a matéria orgânica, de modo que ela possa ser reincorporada à natureza.

A ação desses microrganismos sobre o lixo orgânico promove a liberação de nitrogênio, fósforo,
potássio, cálcio e magnésio, os quais estavam imobilizados na matéria orgânica e, ao serem liberados, agregam-se ao substrato utilizado na técnica e formam adubo de excelente qualidade.

A duração do processo de transformação da matéria orgânica usando essa técnica está sujeita às condições de umidade, clima da região e manejo correto do material.

As dimensões e nível de tecnificação das composteiras devem variar conforme capacidade e necessidade da granja. Entretanto, independente do tipo, elas devem ter o piso protegido com material impermeável para evitar infiltração de chorume e contaminação do lençol freático.

Inclusive, em algumas regiões, existem leis que orientam que o distanciamento entre composteiras e fontes de água deve ser de cerca de 20 metros, mas essa distância varia conforme a legislação ambiental de cada região.


Gostou do assunto? Leia também a matéria abaixo:


- Quanto mais ovo se come, mais colesterol se ganha. V ou F?


Um pouco mais sobre o que encontrar no Curso CPT? Assista ao vídeo!


 


Conheça os Cursos CPT da área Avicultura.
Por Silvana Teixeira.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Quer mudar de vida e ter sucesso profissional? Vamos te ajudar!