WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Padaria: 7 tipos de farinha mais comuns

Conforme os tipos de farinha, as massas podem ficar crocantes, macias, duras, leves ou pesadas

Padaria: 7 tipos de farinha mais comuns

“O que seria das padarias sem a versátil farinha? Com os avanços na agroindústria, surgiram as mais variadas farinhas, como farinha de amêndoas, farinha de banana verde, farinha de aveia, farinha de cevada, farinha de arroz, além das farinhas de trigo (integral e comum)”, explica Adriana Lara Fonseca, especialista em segurança alimentar de padarias e professora do Curso CPT Segurança Alimentar em Padarias.

De acordo com os tipos de farinha, as massas podem ficar crocantes, macias, duras, leves ou pesadas. Algumas farinhas não contêm glúten, recomendadas até mesmo para pessoas celíacas. Já a farinha de trigo comum, por exemplo, contém glúten, além de passar por processo de refinamento, o que a torna pouco saudável.

1. Farinha de amêndoas


A farinha de amêndoas apresenta gorduras poli e monoinsaturadas, que são mais leves e benéficas ao organismo. Além disso, essa farinha não apresenta glúten e contém fibras, vitamina E e vitamina B9. Como é saudável, é uma ótima alternativa para substituir a farinha de trigo comum para o preparo de bolos e biscoitos.

2. Farinha de banana verde


A farina de banana verde sacia a fome e regula o nível glicêmico do organismo. Seu preparo pode ser caseiro, o que a torna ainda mais benéfica à saúde. Ela é uma boa alternativa para preparar panquecas e bolos, pois o seu sabor é sutil e suave. Recomenda-se o consumo de até 30 gramas diárias.

3. Farinha de aveia


A farinha de aveia é constituída de gorduras poli e monoinsaturadas, que reduzem processos inflamatórios. Além disso, como é rica em fibras, previne o diabetes e equilibra os níveis de glicose no sangue. Embora ofereça benefícios à saúde humana, como apresenta baixas taxas de glúten, torna as massas mais duras.

4. Farinha de cevada


A farinha de cevada é muito nutritiva, composta por importantes minerais, como zinco, fósforo e cálcio, além de vitaminas A, B, C e K. Ela aumenta a saciedade de pessoas submetidas a dietas, bem como garante o bom funcionamento do organismo. Muitos a utilizam como opção mais saudável em substituição à farinha de trigo comum.

5. Farinha de arroz


Perfeita para preparar pães e tortas, a farinha de arroz é isenta de glúten, o que a torna uma excelente opção para substituir a farinha de trigo comum (com glúten). Além de melhorar o funcionamento do intestino, auxilia na remoção de toxinas. Sem falar que equilibra os níveis de açúcar no sangue e reduz o colesterol LDL (ruim).

6. Farinha de trigo integral


A farinha de trigo integral não é refinada como a farinha de trigo branca. Inclusive as cascas do trigo permanecem nela. Por isso, é rica em fibras e nutrientes saudáveis. Entretanto, por conter elevado teor de fibras, a massa preparada com ela demora a assar e pode ficar um pouco dura.

7. Farinha de trigo comum


O processo de refinamento da farinha de trigo comum (branca) remove completamente as cascas dos grãos de trigo. Por isso, as massas preparadas com ela são firmes e macias. Como apresenta altos níveis de carboidrato e glúten, essa farinha não é recomendada a pessoas diabéticas e celíacas. Sem falar no seu alto valor calórico.

Quer uma prévia do Curso Básico de Panificação? Dê play no vídeo abaixo:

Conheça os Cursos CPT da Área Padaria e Confeitaria.

Leia o artigo "Passos para se fazer o teste do glúten em padarias."

Fonte: msn.com

Por Andréa Oliveira.

Faça já o Download Grátis
Faça já o Download Grátis Dicas para abrir uma Padaria de Sucesso

Basta preencher os campos abaixo para receber o material por e-mail:

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!