Confeitaria: como fazer uma calda de açúcar

A calda de açúcar é um princípio básico para confeitar doces

O pudim é uma sobremesa maravilhosa que tem calda de açúcar por cima

Os pudins são doces que levam calda de açúcar em sua cobertura

Introdução

A arte da confeitaria no Brasil teve início há muitos séculos e foi se aperfeiçoando até chegar a nossos dias. O consumo de doces no país foi impulsionado pelo grande gosto dos portugueses por eles. Com a introdução de outros povos no Brasil, a confeitaria foi sendo modificada por hábitos e tradições diferentes e se tornando o que temos hoje.

“Mais tarde, com o processo de industrialização, novos produtos, alimentícios e maquinários, permitiram que a nossa confeitaria desse mais um passo para chegar ao que é hoje, permitindo-nos consumir um delicioso doce, em diferentes locais, como em um requintado restaurante, lanchonete e até em uma padaria”, afirma a professora Marina Queiroz, do curso Profissional de Confeitaria, elabora pelo CPT – Centro de Produções Técnicas.

Assim, o comércio de doces tornou-se um mercado de grande rentabilidade no setor alimentício. E quanto melhor a aparência, maior o desejo pelo consumo.

Utensílios de grande utilidade nas confeitarias

1) Recipientes de vidro refratário;
2) Assadeiras de fundo móvel;
3) Raspador;
4) Freezer;
5) Formas para Savarin;
6) Formas para bombons;
7) Formas para pudins;
8) Formas para marquise;
9) Aros;
10) Espátula de lâmina longa;
11) Sorveteira.

As bases principais da confeitaria

As principais bases para confeitar são: calda de açúcar; merengue francês; merengue italiano; creme chantilly; creme inglês; e creme de chocolate.

Aprenda a fazer a calda de açúcar

Ingredientes

- Açúcar refinado (500g);
- Água (500g).

Modo de  preparo

1) Em uma panela, coloque a água e o açúcar;
2) Mexa bem, antes de levar ao fogo, até dissolver todo o açúcar;
3) Depois, leve a panela ao fogo médio e não mexa mais a calda;
4) Utilize um pincel para retirar os respingos, que se formam na lateral
da panela;
5) Deixe a calda aquecendo até obter o ponto desejado.

Advertência

A calda de açúcar deve ser misturada antes de ser levada ao forno.


Estágios da calda

    
1) Calda fina: 250g de açúcar para 500 ml de água. Usada para salada de frutas e
frutas cozidas;
2) Calda média: 250g de açúcar para 250 ml de água. Usada para frutas carameladas;
3) Calda grossa: 250g de açúcar para 225 ml de água.


Por Natália Mayrink De Lazzari

Cursos Relacionados

Curso Como Fazer Tortas de Vitrine Curso Como Fazer Tortas de Vitrine

Com Prof. Paulo Lanna e Prof.ª Vanessa Campos

R$ 386,00 à vista ou em até 12x de R$ 32,17 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Básico de Confeitaria Curso Básico de Confeitaria

Com Prof.ª Marina Queiroz

R$ 398,00 à vista ou em até 12x de R$ 33,17 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso de Decoração de Bolos Curso de Decoração de Bolos

Com Prof.ª Edna Travizim, Prof.ª Maria Cristina e Pr...

R$ 398,00 à vista ou em até 12x de R$ 33,17 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Outros artigos relacionados à área Padaria e Confeitaria

Últimos

Mais Lidos

Atendimento Online
Quer Facilidade