WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Ligue Agora (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Sistema de produção de alimentos que mais cresce no mundo? A aquicultura!

A aquicultura é considerada um dos sistemas de produção de alimentos que mais cresce no mundo, contribuindo muito com a crescente demanda mundial de pescado neste milênio

Sistema de produção de alimentos que mais cresce no mundo? A aquicultura!   Notícias Cursos CPT

 

Precisando investir mas ainda ainda não sabe em que área apostar? Aposte suas fichas na aquicultura, excelente alternativa para incrementar os índices de consumo de proteínas de origem animal e um importante fator de desenvolvimento socioeconômico para o país.

“Atualmente, apesar das crises econômicas e do surgimento de novas enfermidades, a aquicultura é considerada um dos sistemas de produção de alimentos que mais cresce no mundo, e que poderá contribuir muito com a crescente demanda mundial de pescado neste milênio”, afirma Elisabete Maria Macedo Viegas, professora do Curso a Distância CPT Técnicas de Processamento de Peixes, em Livro+DVD e Curso Online.

Apesar de ainda apresentar deficiências em relação à falta de padronização do produto para o consumidor, o que acarreta dificuldades quanto às características de sabor, presença ou não de espinhas, forma de preparo e valor nutricional, se o produto tiver boa apresentação (postas ou filé) e embalagem (com especificação do produto), torna-se mais fácil o trabalho de marketing e, consequentemente, a colocação do pescado no mercado. “Sem dúvida, a procura por um alimento de qualidade e de fácil preparo é uma das maiores estratégias de marketing exploradas por indústrias de alimentos”, ressalta Elisabete.

Por que apostar na aquicultura? Isso é fácil! A imagem do consumidor que adquiria seu peixe inteiro e o levava para casa para ser descamado, eviscerado e preparado quase não existe mais. Atualmente, a dona de casa procura por produtos mais práticos, mais fáceis de preparar, semiprocessados e, principalmente, no caso do pescado, sem espinhas. “Além desse fator de conveniência dos produtos processados, o beneficiamento e a industrialização do pescado é uma forma de agregar valor aos produtos oriundos da aquicultura”, finaliza a professora.

* Elisabete Maria Macedo Viegas é graduada em Ciências Biológicas pela Universidade de São Paulo (USP). Mestra em Zootecnia pela UNESP. Doutora em Tecnologia de Alimentos pela UNICAMP. Concluiu pós-doutorado na Università degli Studi di Firenze, Dipartimento di Scienze Zootecniche, em Firenze, Itália. Principal área de atuação: aquicultura e recursos pesqueiros com ênfase em piscicultura.

Aprimore seus conhecimentos sobre o assunto. Leia a(s) matéria(s) a seguir:


- Vai processar pescados? Seu sucesso depende dessas dicas

Quer saber mais sobre o Curso? Dê Play no vídeo abaixo:


 

Conheça os Cursos a Distância CPT, em Livros+DVDs e Cursos Online, da área Piscicultura.
Por Silvana Teixeira.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!