WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Pacu e tambaqui: características

Em condições naturais, o pacu e o tambaqui são onívoros, ingerem frutos e sementes; já nos cativeiros, aceitam bem rações balanceadas

Entre as espécies nativas adequadas à pesca esportiva, o pacu e o tambaqui apresentam maior potencial para a piscicultura, pois são peixes brigadores. Inclusive, já existe o hábito de pescá-los nos locais de origem, onde são consumidos em larga escala. Em condições naturais, eles são onívoros, ingerem frutos, sementes e insetos que caem na água. Já nos cativeiros, aceitam bem rações balanceadas, com suas exigências nutricionais já muito bem estabelecidas. São espécies de desova total, com reprodução uma vez por ano, na época das chuvas, coincidindo com o período de elevação da temperatura.

O pacu e o tambaqui pertecem à família Characidae. Ambos são espécies nativas muito estudadas e apreciadas no Brasil. Ocorrem essencialmente em águas tropicais; o tambaqui é encontrado na Bacia do Rio Amazonas e o pacu, pelos rios que compõem a Bacia do Prata.

Embora o pacu possa resistir bem à temperatura de até 15°C, a faixa ideal para sua criação é entre 25 e 30°C

Pacu

O pacu apresenta o corpo comprimido, de modo geral, arredondado ou ovalado; tanto a nadadeira dorsal quanto a anal   situam-se muito atrás, podendo ser mais escuras ou claras, dependendo da alimentação a que ele for submetido, do local onde vive, ou mesmo da espécie a que pertence.

Se alimenta de frutas e outras substâncias, sendo praticamente onívoro; nos pesqueiros, ele come de tudo, desde frutos, rações e pedaços de peixes, até massinhas, salsicha, pão e minhoca. Trata-se de um peixe valente e brigador, que proporciona brigas memoráveis, por isso, exige muita técnica e habilidade do pescador. Sem falar na força no braço que é preciso ter para segurar as arrancadas que esse peixe dá.

É um peixe essencialmente tropical, daí a razão de ser mais fácil pescá-lo no verão e em épocas de calor forte. No inverno, o metabolismo do pacu diminui consideravelmente, o que faz com que ele pare de circular pelos rios ou lagos, permanecendo no local e procurando por águas mais fundas e mais quentes.

O tambaqui tem o corpo comprido, com escamas grossas e ásperas e não é muito resistente ao inverno

Tambaqui

O tambaqui possui o corpo romboidal de coloração castanha na metade superior e preta na inferior, podendo, no entanto, apresentar cores mais claras, conforme a água onde estiver vivendo. Essa espécie apresenta a boca prognata pequena e forte, com dentes molariformes, podendo atingir 90 cm de comprimento e pesar cerca de 30 Kg.

É um peixe que apresenta crescimento rápido e come praticamente de tudo. A reprodução do tambaqui é assexuada, com os gametas machos e os óvulos das fêmeas liberados na água, sendo que apenas uma pequena porcentagem é fecundada. Para pescá-lo, recomenda-se usar varas longas, com ponta grossa e linha de 0,9 mm, do tamanho da vara, tudo em absoluto silêncio, simulando a queda de um fruto na água.

Para maiores informações a respeito das características do pacu e do tambaqui, consulte o curso Criação de Pacu e Tambaqui, elaborado pelo CPT – Centro de Produções Técnicas e coordenado por Manuel Vazquez Vidal Júnior. Confira!

Por: Beatriz Lázia

Pensando em você, cliente CPT, o Centro de Produções Técnicas disponibiliza gratuitamente um manual prático sobre criação de tilápias, com especificações sobre as principais espécies, a temperatura e o o pH mais adequados para a sua criação, bem como os tipos de alimentação e as formas de reprodução. Tudo elaborado em linguagem simples e ilustrações para melhor exemplificar o conteúdo.

Portanto, não perca tempo!

 

Faça já o Download Grátis
Faça já o Download Grátis Manual sobre Criação de Tilápias

Basta preencher os campos abaixo para receber o material por e-mail:

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Comentários

Marcelo gonçalves oliveira

14 de dez de 2013

Estou querendo começa uma piscicultura com criação de pacu e tambaqui e gostaria que me mandasse noticias para meu endereço no momento não estou podendo compra os livros tenho terra e muita força de vontade de trabalha com criação de peixes

Resposta do Portal Cursos CPT

16 de dez de 2013

Olá, Marcelo!

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site.

Para mais informações sobre a criação de pacu e tambaqui cadastramos seu e-mail para receber nosso boletim informativo.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!