WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Black Friday 30%OFF nos cursos online 15% OFF nos cursos em livro+DVD + 5% OFF extra no cartão de crédito

Sindicom afirma que aumento de combustíveis não vai ser repassado

Redução da alíquota da Cide evita que o preço da gasolina e do diesel atinjam consumidores

 

 Preço nas bombas deve continuar o mesmo.

A Petrobras publicou no Diário Oficial uma elevação dos preços do diesel e da gasolina. No entanto, de acordo com o presidente do Sindicato Nacional das Empresas Distribuidoras de Combustíveis e Lubrificantes, Alísio Vaz, esse aumento não será repassado aos consumidores. Para isso, será feita uma redução na alíquota da gasolina e do diesel.

A previsão é de que, nos próximos 8 meses, as alíquotas deixem de custar R$ 0,192 por litro, passando para R$ 0,091. Uma redução de 52,6%. Já o óleo diesel terá a tarifa reduzida de R$ 0,07 para R$ 0,047 por litro. Queda de 32,8%. Para o presidente do Sindicom, o cálculo da alíquota da Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico (Cide) foi satisfatório.

Alísio Vaz afirmou que reduzir a Cide foi uma ótima saída para não transferir o aumento geral dos combustíveis para o país. Ele acrescentou que a medida pode ter sido necessária para ampliar o ganho das refinarias, depois de muito tempo de contenção de preços. Desse modo, faz-se uma compensação para o consumidor e as refinarias.

O engenheiro químico Paulo Anselmo Ziani, professor do curso Produção de Biocombustível, desenvolvido pelo CPT – Centro de Produções Técnicas, explicou que a pressão dos combustíveis renováveis também deve ajudar para a estabilização ou a queda do preço da gasolina e do diesel.

Por: Maria Clara Corsino.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!