WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Torne realidade o sonho de viver do que você ama! 20% OFF nos cursos online + 5% OFF pagando no cartão

Produção agrícola brasileira dá um salto com o crescimento da demanda

Grande espaço no fluxo do comércio assegura um caminho de prosperidade para a lavoura

Produção agrícola

A produção de grãos, nos últimos 10 anos, teve um salto decorrente, sobretudo, dos ganhos de produtividade. Segundo os levantamentos da Conab – Companhia Nacional de Abastecimento, entre as safras 1999/2000 e 2009/10, a produção de grãos cresceu à taxa média anual de 5,9%, saltando de 83 milhões de toneladas para 147 milhões. Ao mesmo passo, a taxa de crescimento da área de cultivo foi de 2,3% ao ano, ou seja de 37 milhões de hectares para 47 milhões.

O último censo agropecuário do IBGE, realizado em 2006, já identificava uma forte mudança na composição do produto bruto da produção agropecuária brasileira em relação ao censo anterior (1995/1996). O forte avanço elevou de 45% para 75% a participação do segmento “lavoura” na composição do Valor Bruto da Produção (VBP) da agropecuária no país. Os maiores destaques foram os segmentos de grãos, cana-de-açúcar e algodão.

Na dimensão regional, os estados do Sudeste e do Sul foram os que mais se destacaram no crescimento da produtividade dos grãos, com taxas médias anuais de 4,6% e 4,1%, respectivamente. O Centro-Oeste foi a região com maior crescimento da produção, 7,3% ao ano, e contou também com uma expansão territorial de 5,4%. O seu menor crescimento, com relação à produtividade, 1,7% ao ano, se deve ao fato que a região possuía os maiores índices no início da década.

Para Patrícia Tristão, tutora do Portal de Informações do CPT – Centro de Produções Técnicas, um dos fatores desse forte crescimento foi a adoção de tecnologias modernas no campo, como também o incentivo e amadurecimento das pesquisas brasileiras. “O avanço agrícola proporcionou um menor risco ao produtor, que se preocupou e se capacitou para o uso de variedades mais resistentes e de ciclo menores”, diz.

Entre os produtos, o milho teve um desempenho valorizado. A área plantada em nível nacional não mudou entre as safras 1999/2000 e 2009/2010, ao passo que a produção saltou de 31 milhões para 53 milhões de toneladas, um crescimento de 5,4% ao ano. O desempenho da safrinha que, hoje, em alguns estados, atinge quantidade equivalente à produzida na safra de verão, teve forte influência nesse resultado.

Por: Ariádine Morgan

Salvar

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!