Ligue Agora (31) 3899-7000 WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Marreco é ave com múltiplas aptidões

Quando o manejo é feito corretamente, podem ser aproveitados além da carne, os ovos para consumo, bem como penas e plumas para artesanato e enchimento de travesseiros e edredons

Os dejetos são usados como adubo para horta ou mesmo como insumo para a piscicultura.

É pato ou marreco? Essas duas aves aquáticas possuem muitas semelhanças que podem confundir à primeira vista, mas em uma olhada mais atenta, criadores sabem distinguir uma da outra, principalmente, pelas carúnculas, verrugas vermelhas sobre o bico e em volta dos olhos, comum aos patos, que também tem o corpo mais alongado. Já os marrecos são mais compactados e definidos.

A criação de marrecos é simples e pode ser bastante rentável, uma vez que não há necessidade de muito espaço nem grandes estruturas ou ambientes sofisticados. Eles têm boa adaptação em lugares diversos, como chácaras, sítios, fazendas e até espaços ociosos no quintal de casas. O importante é ter um lago pequeno ou um tanque com um metro quadrado e vinte centímetros, pois isso aumenta a fertilidade.

O professor Dálcio Ricardo de Andrade, no curso Criação de Marrecos, desenvolvido pelo CPT – Centro de Produções Técnicas, comenta que “o marreco de Pequim é uma ave de alta rusticidade, de fácil criação, que apresenta rápido crescimento e produção de carne de ótima qualidade”.

Quando o manejo é feito corretamente, podem ser aproveitados também os ovos para consumo, bem como penas e plumas para artesanato e enchimento de travesseiros e edredons. Os dejetos são usados como adubo para horta ou mesmo como insumo para a piscicultura.

Para que a criação seja bem-sucedida, machos e fêmeas não podem ser consanguíneos, assim evita-se a má-formação dos filhotes. As raças também são melhoradas com a escolha de animais sadios, ágeis e sem defeitos para a reprodução. É possível começar uma boa criação com apenas um casal. Uma forma de distinguir o macho da fêmea é a pena enrolada na calda desse.

Uma prática que acelera o crescimento das aves é o uso de lâmpadas acesas no viveiro durante a noite. Dessa maneira, os filhotes dormem menos, se alimentam mais e, consequentemente, se desenvolvem mais rápido. Ao mesmo tempo, ficam aquecidos enquanto não possuem penas.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Comentários

Luís Eufrásio

6 de mai de 2019

Boa tarde Gostaria de saber como se chama o nome dado ao "som emitido pelo marreco"? Muito obrigado Luis Eufrásio

Resposta do Portal Cursos CPT

7 de mai de 2019

Olá Luís Eufrásio,

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site.

Podemos dizer que os marrecos grasnam, logo, o som é conhecido com grasno.

Espero ter lhe ajudado.

Atenciosamente,
Victor Sampaio

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!