WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Ligue Agora (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Horta caseira pode ser implantada em pequenos espaços ou mesmo em recipientes

Ter uma horta doméstica assegura a qualidade das plantas e a saúde do corpo

Além da satisfação de consumir vegetais produzidos pelas próprias mãos, há a segurança da procedência dos mesmos.

Além da satisfação de consumir vegetais produzidos pelas próprias mãos, há a segurança da procedência dos mesmos.

O corpo necessita de nutrientes para promover o crescimento, fornecer energia para o trabalho, regular o bom funcionamento dos órgãos e aumentar a resistência contra doenças. As hortaliças se destacam como excelentes fontes de vitaminas essenciais.

Assim, ter uma horta caseira é uma ótima atividade. Além da satisfação de consumir vegetais produzidos pelas próprias mãos, há a segurança da procedência dos mesmos. Isso sem falar que promove um maior contado com a natureza, diminui gastos e há até a possibilidade de comercialização do excedente.

Com pouco espaço, é possível produzir hortaliças em variedade e quantidade. Pensando nisso, o Portal de Informações do CPT – Centro de Produções Técnicas, trará na próxima semana, notícias que irão orientá-lo na formação e conservação de uma horta doméstica.

As hortaliças podem ser propagadas por sementes ou vegetativamente, por isso, segunda-feira, 23, o tema são as formas de propagação das mesmas.

Terça-feira, 24, a vez de falar sobre a conservação. Por meio do desbaste, as plantas podem crescer sem concorrência e, consequentemente, desenvolverem-se melhor.

Dia 25, quarta-feira, serão tratadas as principais pragas e doenças que atacam as plantações. Elas ocorrem durante qualquer espécie de cultivo, e para proteger as hortaliças contra as mesmas é preciso utilizar mudas fortes e sadias, além de mantê-las em equilíbrio nutricional.

Na quinta-feira, 26, serão citadas as medidas preventivas que poderão ser adotadas antes da instalação da horta. Essas são muito importantes, pois ajudarão na saúde das hortaliças.

O ponto de colheita influencia diretamente no consumo. Assim, para finalizar, na sexta-feira, 27, você conhecerá os aspectos importantes com relação à colheita de cada espécie.

Acompanhe nossas notícias e descubra as facilidades, cuidados necessários e delícias de se ter uma horta fresca e verdinha na própria casa.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Comentários

Salomão Silva

23 de mai de 2018

Legal.

Resposta do Portal Cursos CPT

23 de mai de 2018

Olá Salomão,

Agradecemos seu comentário.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

ROSALINA A PARECIDA DOS SANTOS PONTES

9 de jul de 2014

boa tarde gostaria de receber orientações sobre como adubar a terra para plantio das hortaliças obrigado

Resposta do Portal Cursos CPT

11 de jul de 2014

Olá, Rosalina!

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site.

A adubação orgânica pode ser feita com esterco curtido ou com composto orgânico.

O recomendado é colocar de 15 a 20 L de esterco de curral bem curtido ou composto orgânico, ou 5 L de esterco de galinha por metro quadrado de canteiro.

O esterco deve ser bem incorporado à terra. É conveniente que esta adubação seja feita de 25 a 30 dias antes do plantio, pois, se o esterco não estiver bem curtido, ele continuará o processo de fermentação, o que causa seu aquecimento, e poderá matar as plantas que estiverem em contato com ele.

A adubação orgânica é extremamente importante para o solo, pois, além de fornecer nutrientes às plantas, também favorece a penetração da água e do ar na terra, e facilita a vida dos animais e plantas que vivem no solo e o tornam vivo.

Já a adubação química ou mineral pode ser feita, colocando-se 200 g de superfosfato simples e 40 g de cloreto de potássio por metro quadrado de canteiro. Uma alternativa é, em vez de colocar adubos simples, colocar 250 g de adubo químico da fórmula 4-14-8.

É importante que os adubos sejam incorporados ao solo. O fósforo é essencial na formação das raízes, ajudando no pegamento das mudas; influi também na formação das flores, dos frutos e das sementes e ajuda na formação de talos e ramos fortes e grossos.

O potássio tem muita influência na qualidade das hortaliças; os frutos ficam mais "cheios", mais resistentes às doenças e mais firmes nos galhos.

O nitrogênio aumenta o tamanho e o brilho das folhas, favorecendo o crescimento geral das plantas.

Para mais informações o CPT possui o Curso Horta Caseira - Implantação e Cultivo.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!