WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Ligue Agora (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Como cuidar das plantas na primavera

Celebre a chegada da estação mais colorida do ano

 

 Aproveite que a primavera é a estação das flores e enfeite seu jardim.

A primavera começou no fim de semana e nada melhor do que cuidar das plantas para celebrar a chegada dela em grande estilo. Listamos algumas dicas para deixar o ambiente mais bonito e colorido, ainda que o espaço seja pequeno. Esses cuidados servem para todos os tipos de plantas, independentemente de qual espécie. Portanto, em alguns casos, vale pesquisar mais um pouco se  elas precisarem de um tratamento específico. Confira:

- Primeiro, selecione um espaço para colocar as plantas, certificando-se de que haja luz e ventilação suficiente. Em apartamentos, é possível usar varandas ou colocá-las perto de janelas, desde que os raios de sol não batam diretamente. Em casas, dá para aproveitar qualquer espaço interno, ou externo, caso receba iluminação e ventilação.

- Plantar em vasos é a melhor opção para quem mora em apartamentos. Escolha um para cada planta, de acordo com o tamanho delas. O ideal é comprar a muda enraizada e conferir o tamanho da raiz, pois ela não pode ocupar todo o espaço interno do vaso. Cubra o fundo com argila, cacos de telha, ou pedras, para que somente a água em excesso passe pelos buracos.

- Cada planta precisa de uma quantidade de água. Mas, todas devem ser regadas com certa constância. Algumas flores, como as orquídeas, necessitam de água todos os dias, já samambaias e cactos precisam ser molhadas duas a três vezes por semana. O melhor é perguntar na própria loja onde comprar as mudas e a quantidade adequada.

- Todas as plantas, mesmo as mais rústicas, precisam, ou se desenvolvem melhor, com adubação. O ideal é colocar um pouco de adubo sobre o substrato uma vez por mês ou a cada 40 dias. Ao fazer o plantio, também é importante misturar um pouco de adubo na terra que receberá a muda.

- Fique atento ao espaço ocupado pela planta durante o crescimento. As raízes ficam saltando para fora do vaso, ou da terra, e a espécie pode parar de crescer. Pode ser que o vaso, ou até outro espaço usado, fique pequeno para ela. Então, o melhor é mudá-la. Para isso, retire a parte da terra que contém a raiz inteira, com cuidado para não quebrar. Depois desses cuidados, preste atenção apenas se não há nenhuma parte apodrecendo, seca ou se ela parou de brotar. Retire todas as folhas secas para a planta respirar melhor.

Por: Maria Clara Corsino.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!