WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Ligue Agora (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Chá verde para perder peso

Pesquisa comprova que o chá realmente emagrece e também ajuda a reduzir as taxas de gordura no sangue

 O chá verde elimina radicais livres e reduz o risco de doenças cardíacas.

Já faz algum tempo que as pessoas acreditam no poder emagrecedor do chá verde. Recentemente um estudo científico comprovou essa teoria popular. De acordo com os resultados da pesquisa, o chá pode ser um bom aliado na luta contra a obesidade.

O estudo foi feito pela estudante de pós-graduação Gabrielle Aparecida Cardoso, da Escola Superior de Agricultura Luiz Queiroz (Esalq/ USP), sob orientação da professora Jocelem Mastrodi Salgado, do Departamento de Agroindústria, Alimentos e Nutrição (LAN).

Gabrielle comparou a taxa metabólica de mulheres com sobrepeso e obesidade grau I, antes e depois de consumirem o chá verde associado, ou não, a exercícios físicos, e avaliou as reações causadas pela ingestão da bebida. As mulheres analisadas tinham índice de massa corporal de 25 a 35 kg/m, e foram divididas em quatro grupos observados durante dois meses. As do primeiro grupo tomaram chá verde, as do segundo tomaram um placebo, as do terceiro tomaram o chá e fizeram exercícios, e as do quarto grupo tomaram placebo e se exercitaram.

Os resultados mostram que as mulheres do primeiro grupo perderam peso mantendo massa magra; as do segundo não perderam peso, somente massa magra e ganharam gordura; as do terceiro grupo perderam peso, ganharam massa muscular e reduziram bastante os níveis de colesterol e triglicerídeos, acima dos resultados do quarto grupo. Ou seja, a associação de exercícios físicos e chá verde não só faz emagrecer como também reduz as taxas de gordura no sangue.

De acordo com a pesquisa, o chá verde é a segunda bebida mais consumida no mundo (só perde para o café) e traz grandes benefícios à saúde. Melhora as funções do organismo, aumenta a densidade óssea, elimina os radicais livres, diminui os riscos de doenças cardíacas e alguns tipos de câncer, entre outros.

A química Maria Luiza Sartório, especialista em plantas medicinais e professora do curso Farmácia Viva – Utilização de Plantas Medicinais, desenvolvido pelo CPT – Centro de Produções Técnicas, defende que as plantas oferecem uma infinidade de substâncias benéficas que não só ajudam no funcionamento do organismo como também reduzem o risco de doenças.

Por: Maria Clara Corsino.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!