Você sabia que as galinhas podem apresentar piolhos e verrugas?

Acreditem. É perfeitamente possível, e muito natural, que as galinhas apresentem piolhos e verrugas. Mas, como pode ser? Como combatê-los? Muitos se perguntam

Você sabia que as galinhas podem apresentar piolhos e verrugas? Cursos CPT da área Avicultura

 

Acreditem. É perfeitamente possível, e muito natural, que as galinhas apresentem piolhos e verrugas. Mas, como pode ser? Muitos se perguntam. A resposta é muito simples: piolhos são parasitos que se alimentam do sangue das aves, causando às galinhas anemia e fraqueza, podendo, inclusive, levá-las à morte. As verrugas, por sua vez, indicam contaminação das galinhas pela doença bouba aviária, ou varíola aviária. Esta doença é altamente contagiosa, mas se identificada e combatida a tempo, pode ser curada.

Como combater os piolhos e as verrugas em galinhas?


Piolhos:

Como esses parasitos passam facilmente de uma ave para outra, sua infestação deve ser eliminada por completo (tanto das galinhas quanto das instalações), já que os piolhos escondem-se nas próprias aves, nas frestas de madeira, na palha dos ninhos e em outros lugares. O criador, então, após retirar as aves do local, a fim de evitar intoxicação, deverá fazer uso de cloro puro ou creolina pura para a desinfecção do ambiente. Se possível,  fazer uso de vassoura de fogo em todas as instalações. Após a desinfecção do galinheiro, as galinhas, antes de retornarem ao local, deverão ser medicadas por um médico-veterinário. Os ninhos velhos deverão ser substituídos por novos, assim como as palhas.

Verrugas:

Em primeiro lugar, o avicultor deverá separar do plantel as aves que estiverem contaminadas. Em seguida, deverá ser feito o tratamento para a retirada das verrugas. Mas atenção. Este procedimento, é muito delicado, podendo causar sangramento nas aves. Portanto, o máximo de cuidado deve ser tomado, evitando o sofrimento dos animais. Retiradas as verrugas, o produtor deverá medicar as aves com antibióticos, receitados por um médico-veterinário e seguir o calendário de vacinação contra a doença.

Por Silvana Teixeira

Conheça os Cursos CPT da área Avicultura.

Fonte: Globo Rural

 

Faça já o Download Grátis
Faça já o Download Grátis Manual sobre as Principais Raças de Galinha com fim Comercial

Basta preencher os campos abaixo para receber o material por e-mail:

O CPT garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Comentários

Adão de Matos

7 de set de 2018

Eu tinha 2 galinha 2 morreu no mesmo no dia primeiro morreu 1 depois morreu a outra se piscando toda e ficou uma florida inbaicho do preço e en cinma dela ela mesmo se firine e acabo morendo

Resposta do Portal Cursos CPT

10 de set de 2018

Olá Adão,

Agradecemos a visita e comentário em nosso site.

Para mais informações, sugerimos que procure um técnico da área para avaliar o que ocorreu.

Atenciosamente,

Mariana Caliman Falqueto

Rondinele antonio de oliveira

21 de fev de 2018

Muito bom

Resposta do Portal Cursos CPT

22 de fev de 2018

Olá Rondinele,

Ficamos felizes que tenha gostado do nosso conteúdo.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

Itamar

31 de mar de 2017

Olá

Resposta do Portal Cursos CPT

3 de abr de 2017

Olá Itamar!

LOZER ROQUE CONCEICAO SANTOS

13 de jun de 2015

ESTOU CRIANDO GALINHA E CAIPIRA, MAS ALGUMAS ESTÃO COM GOGO QUAL O REMÉDIO CASEIRO... DIZEM PARA COLOCAR LIMÃO NA ÁGUA. EH CORRETO... E SE N CURAR... PESQUISEI OUTRO MEDICAMENTO, MAS N PODE CONSUMIR OS OVOS. PREFIRO UMA ALTERNATIVA COM REMÉDIO CASEIRO.

Resposta do Portal Cursos CPT

15 de jun de 2015

Olá, Lozer!

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site. Para um correto tratamento seria interessante consultar um médico veterinário para mais informações.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

Elaine Maria de Souza Almeida

2 de dez de 2014

Estou criando codornas mas a infestação de piolhos esta muito grande passamos um produto no animais mas alguns acabarão morrendo, estou com dificuldades gostaria muito de uma solução obrigada.

Resposta do Portal Cursos CPT

2 de dez de 2014

Olá, Elaine Maria!

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site.

Seria interessante consultar um médico veterinário, para que o mesmo após uma análise receite o correto medicamento que deve ser utilziado.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

Joao Manoel

23 de out de 2014

Muito obrigado foram boas as informações..

Resposta do Portal Cursos CPT

24 de out de 2014

Olá, João Emanuel!

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site.

Ficamos felizes que tenha gostado na nossa dica.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

wagner

27 de jul de 2014

Boa tarde, gostaria de saber qual remédio dar para minhas galinhas rodilan pois as mesma estão apresentando sintomas de gôgo.

Resposta do Portal Cursos CPT

28 de jul de 2014

Olá, Wagner!

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site.

O diagnóstico da coriza infecciosa é baseado nas evidências clínicas associadas às provas laboratoriais, já que outras doenças podem apresentar sinais parecidos. Por isso, é muito importante a presença de um médico veterinário para dar o diagnóstico definitivo.

Há boa reposta frente ao tratamento com antibiótico, reduzindo a severidade dos sintomas  após uma semana da administração. Porém, isso não elimina a possibilidade de recorrência, devido à permanência de aves portadoras na criação. O controle dessa e de outras doenças está na realização de um manejo sanitário eficiente, com medidas  de biossegurança e limpeza, e desinfecção das instalações e dos equipamentos utilizados na criação. As medidas de higiene e de profilaxia tanto podem ser de caráter geral, quanto específicas, pelo uso de vacinas.

Os programas de vacinação das aves variam de acordo com a região onde a criação está localizada, pois dependem do risco sanitário da mesma. Lembrando que a  vacinação é uma medida de prevenção.    Para as doenças bacterianas elas são raramente usadas, sendo úteis apenas em lugares em que o processo seja enzoótico, ou seja, em regiões em que a doença aparece com frequência.

No caso da vacina contra a coriza infecciosa, constituída da bacterina inativada a partir de Hemophillus gallinarum, a aplicação é feita por via subcutânea às 10-15 semanas, com revacinação após três semanas, em zonas enzoóticas.

O controle dessa e de qualquer outra doença se faz com medidas preventivas quanto ao manejo sanitário e aplicação de vacinas, assim como no tratamento das enfermidades. É preciso, primeiro, entrar em contato com um médico veterinário, para assisti-lo de forma correta nas formas de tratamento e prevenção, adequadas a cada tipo de criação, e ao manejo destinado em cada uma.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

Cursos Relacionados

Curso Criação de Frango e Galinha Caipira Curso Criação de Frango e Galinha Caipira

Com Prof. Dr. Luiz Albino

R$ 475,00 à vista ou em até 12x de R$ 39,58 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Criação Orgânica de Frangos de Corte e Aves de Postura Curso Criação Orgânica de Frangos de Corte e Aves de Postura

Com Prof.ª Arenales

R$ 398,00 à vista ou em até 12x de R$ 33,17 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Galinhas Poedeiras - Produção e Comercialização de Ovos Curso Galinhas Poedeiras - Produção e Comercialização de Ovos

Com Prof. Dr. Júlio Puppa

R$ 475,00 à vista ou em até 12x de R$ 39,58 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais

Mais Dicas Cursos CPT

Últimos

Mais Lidos

Atendimento Online
Quer Facilidade