Tem um jardim? Dicas para economizar água

Se você tem um jardim ou pretende fazer um, algumas dicas ajudarão você a usar água de forma racional, sem desperdício

Tem um jardim? Dicas para economizar água

 

Na Declaração Universal dos Direitos da Água - ONU, a água é considerada um patrimônio universal. Por isso, cada indivíduo do planeta é responsável por ela. Mas, infelizmente, muitos não compreendem isso e tratam-na como um bem inesgotável e particular. Isso tem de mudar! Cada pessoa do globo terrestre deve passar a respeitar esse bem natural e fazer o uso da água de forma consciente, economizando água tanto dentro de casa como no jardim.

Se você tem um jardim ou pretende fazer um, abaixo daremos algumas dicas para usar água de forma racional.

Planeje o seu jardim

Se você ainda não implantou um jardim em sua residência ou em qualquer outro local, planeje-o de modo que auxilie na redução do consumo de água. Dê preferência por espécies que necessitam de pouca água e são resistentes à seca.

Evite usar grama em seu jardim, pois elas são exigentes em água. Você pode substituí-las por coberturas mortas, decks, pedriscos e outros similares. O jardim fica lindo e você evita o consumo desnecessário de água.

Inclua também quebra-ventos, principalmente se seu jardim estiver em local que vente muito. Treliças com trepadeiras e arbustos são excelentes para esse fim, pois climatizam o jardim, preservando a umidade local.

Plante de forma correta

Se você optou por árvores de espécies distintas (porte pequeno e porte grande), plante as menores debaixo das maiores, o que promove sombra para as demais plantas, além de impedir a evaporação em excesso.

Use o método do hidrozoneamento. Por meio dele, cada espécie é plantada em uma área específica, conforme as suas exigências de água. Dessa forma, cada planta receberá água suficiente para o seu desenvolvimento, sem desperdício.

Cuide da terra do jardim

Use fertilizantes orgânicos na terra, pois eles ajudam a reter a umidade e auxiliam na infiltração de água, além de dar vitalidade às plantas. Esterco, cascas de arroz e café, ou ainda, feno, são excelentes opções, além de serem de baixo custo.

Irrigue as plantas na medida certa

Escolha as primeiras horas da manhã para irrigar o seu jardim. Caso contrário, se optar pelas tardes ensolaradas, a maior parte da água será evaporada ao invés de ir para as plantas. Lembre-se de molhar a terra e não as folhas.

Se você puder, instale sistemas de irrigação, como a microaspersão ou o gotejamento. Nesse caso, posicione os equipamentos da forma adequada e utilize um timer para controlar os períodos de irrigação.

Agindo dessa forma, você certamente estará respeitando esse bem tão valioso para o planeta!

Por Andréa Oliveira.

Fontes: Ecocâmara e wikiHow.

Cursos Relacionados

Curso Como Montar uma Empresa de Manutenção de Jardins Curso Como Montar uma Empresa de Manutenção de Jardins

Com Prof. Dr. Wantuelfer Gonçalves

R$ 378,00 à vista ou em até 12x de R$ 31,50 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Planejamento, Implantação e Manutenção de Jardins Curso Planejamento, Implantação e Manutenção de Jardins

Com Prof. Eduardo Elias

R$ 398,00 à vista ou em até 12x de R$ 33,17 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Treinamento de Jardineiro Curso Treinamento de Jardineiro

Com Prof. Eduardo Elias

R$ 468,00 à vista ou em até 12x de R$ 39,00 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Mais Dicas Cursos CPT

Últimos

Mais Lidos

Atendimento Online
Quer Facilidade