Por que preservar as abelhas? Porque dependemos delas

As abelhas são fundamentais para garantir a existência de grande parte dos alimentos que chegam à nossa mesa. Daí, a grande necessidade de se preservar esta espécie polinizadora

Abelhas porque precisar delas
 

As abelhas são fundamentais para garantir a existência de grande parte dos alimentos que chegam à nossa mesa e o mel está longe de ser a grande contribuição desses insetos para a humanidade. Sem as abelhas, metade das gôndolas de alimentos dos supermercados fica vazia. Por meio do seu árduo trabalho de polinização, as abelhas promovem o seu maior impacto na biodiversidade e na produção dos alimentos: 35% das lavouras e 94% das plantas silvestres dependem delas.

O serviço ecológico promovido pelas abelhas, no entanto, está diminuindo drasticamente a cada ano e vários são os fatores que têm contribuído para isto. São eles:

- As abelhas estão perdendo seu habitat quando florestas e jardins dão lugar a construções ou mesmo a plantações de uma única cultura - a espécie necessita de alimentação variada para sobreviver.
- As intensas mudanças climáticas pelas quais passa a Terra, em consequência do aumento da emissão de gases do efeito estufa pelo homem, também colaboram para o desaparecimento dos insetos.
- As estações menos definidas, além das elevações e quedas bruscas na temperatura e na umidade, acabam por bagunçar o ciclo de florescimento das flores, das quais as abelhas são dependentes.

O resultado de tamanha desordem? Menos comida nas mesas de pessoas em todo o mundo. É grande o desastre econômico por qual passarão vários países, entre eles os Estados Unidos, maior exportador agrícola do mundo, que perderiam 15 bilhões de dólares por ano com a intensificação do problema. Não é à toa que este país, em 2014, transformou o problema  em questão de Estado, recrutando pesquisadores e cientistas para irem atrás das respostas e possíveis soluções.

Infelizmente não há como prever no Brasil o tamanho do desastre, visto que não há por aqui registros que apontem números precisos de populações de abelhas em território nacional em tempos passados. Sabe-se, no entanto, que diferente de outros países, estima a existência de pelo menos 250 tipos de polinizadores em todo o território brasileiro, dos quais 87% são de abelhas.


Por Silvana Teixeira.
Fonte: Veja/Ciência.

Salvar

Cursos Relacionados

Curso Apicultura Migratória - Produção Intensiva de Mel Curso Apicultura Migratória - Produção Intensiva de Mel

Com Prof. Paulo Sérgio Cavalcanti Costa

R$ 420,00 à vista ou em até 12x de R$ 35,00 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Processamento de Mel Puro e Composto Curso Processamento de Mel Puro e Composto

Com Prof. Paulo Sérgio Cavalcanti Costa

R$ 398,00 à vista ou em até 12x de R$ 33,17 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Produção de Rainhas e Multiplicação de Enxames Curso Produção de Rainhas e Multiplicação de Enxames

Com Prof. Dr. Etelvina Almeida e Prof. Paulo Sérgio C...

R$ 398,00 à vista ou em até 12x de R$ 33,17 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Comentários

GILSON MIANA CID

13 de ago de 2016

Quero me inteirar sobre a criação de abelhas em Juiz de Fora Minas

Resposta do Portal Cursos CPT

15 de ago de 2016

Olá Gilson,

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site. Nossas consultoras entrarão em contato com mais informações sobre os Cursos a Distância na área apicultura.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

luiz carlos henn

22 de abr de 2016

Material muito interessante que atualiza o conhecimento em relação a necessidade de fazer uso do inseto para propagar a agricultura em abundância e aproveitar ao máximo a colaboração e o desenvolvimento do inseto, que ajuda a propagar a agricultura e na produção do mel, rico em vitaminas e de inúmeras utilizações tanto medicinais como alimentares.

Resposta do Portal Cursos CPT

25 de abr de 2016

Olá Luiz Carlos,

Agradecemos seu comentário.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

Mais Dicas Cursos CPT

Últimos

Mais Lidos

Atendimento Online
Quer Facilidade