WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
Como podemos te ajudar?
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Objetivos e vantagens da inseminação artificial em bovinos

A inseminação artificial é a biotecnologia mais aplicada na reprodução animal e tem como principal objetivo a disseminação da genética de reprodutores de maior valor zootécnico

Objetivos e vantagens da inseminação artificial em bovinos   Artigos CPT

A inseminação artificial permite a utilização do sêmen de touros europeus, em vacas criadas em condições tropicais, possibilitando o cruzamento entre raças (cruzamento industrial). Muitas são as vantagens da utilização dessa técnica, motivo pelo qual têm-se verificado sua evolução. Entre elas, podemos destacar:

1) Melhoramento genético do rebanho: permite o nascimento de crias com maior potencial produtivo, pela utilização do sêmen de touros geneticamente superiores;
2) Utilização do sêmen de touros provados: aumenta para inúmeros produtores a disponibilidade de sêmen de touros que já possuem uma avaliação do desempenho produtivo de suas crias (teste de progênie);
3) Maior aproveitamento do touro: na monta natural, um touro é capaz de cobrir 25-50 vacas por ano, porém, de cada ejaculado, é possível produzir sêmen suficiente para inseminar aproximadamente 300 vacas. Considerando-se a possibilidade de realizar duas coletas por semana, torna-se possível inseminar cerca de 30.000 vacas com o sêmen de um único touro durante o período de um ano;
4) Possibilita o uso de touros europeus: a inseminação artificial permite a utilização do sêmen de touros europeus, em vacas criadas em condições tropicais, permitindo o cruzamento entre raças (cruzamento industrial), o que, na maioria das vezes, é dificultado pela baixa adaptabilidade desses touros às condições de campo;
5) Uso de sêmen de touros com patologias adquiridas: animais de alto valor genético, mortos, com idade avançada ou incapacitados de realizar monta natural podem ser coletados e seu sêmen congelado para posterior utilização da inseminação artificial;
6) Controle reprodutivo mais eficiente: a necessidade da anotação de dados reprodutivos relativos à inseminação artificial fornece informações para melhor controle reprodutivo e a seleção de animais mais produtivos;
7) Controle sanitário mais eficiente: a utilização de sêmen de reprodutores submetidos a um rígido controle sanitário reduz a disseminação de doenças reprodutivas transmitidas durante a cobertura a campo, nos sistemas que utilizam a monta natural;
8) Padronização do rebanho: a utilização de poucos reprodutores promove a produção de bezerros(as) mais padronizados(as) e facilita o direcionamento dos acasalamentos das próximas gerações;
9) Redução do risco de acidentes: dispensa o uso de touros agressivos ou pesados que possam causar acidente no momento da monta em novilhas;
10) Permite o uso de sêmen sexado: sêmen sexado disponível comercialmente pode ser empregado para aumentar a proporção do nascimento de animais do sexo desejado.

 Acesse os links abaixo e aprenda mais sobre o assunto:


Como se relacionam os parasitas e os bovinos
Definição de inseminação artificial em bovinos
Identificação de cio em vacas
Zona de fuga e ponto de balanço em bovinos
A digestão nos bovinos
Localização e infraestrutura para confinamento bovino
Características dos bovinos para confinamento
Comportamento alimentar dos bovinos
O bem-estar animal na cadeia produtiva bovina
Casqueamento em bovinos

Conheça os Cursos CPT da área Medicina Veterinária.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!