WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Black Friday 30%OFF nos cursos online 15% OFF nos cursos em livro+DVD + 5% OFF extra no cartão de crédito

Quais os melhores tratamentos de lixo?

Existem diversos processos para o tratamento dos resíduos sólidos urbanos, mas o aterro sanitário e a compostagem do lixo orgânico estão entre os melhores

Curso CPT Reciclagem de Entulho

A compostagem do lixo orgânico pode ser feita em leiras, ao ar livre.

O destino final dos resíduos sólidos urbanos (lixo urbano) é uma etapa das mais importantes dentro de um sistema de gerenciamento de limpeza urbana. É também a fase mais difícil do gerenciamento porque requer, além dos altos investimentos financeiros, projetos específicos de engenharia sanitária, observando princípios básicos de saneamento ambiental.

Por não dispor de recursos financeiros ou por desconhecer os riscos da má disposição de resíduos, é que, na grande maioria dos municípios do nosso país, a prática de destinação final mais comum são os lixões. Entretanto, estes são focos de poluição do meio ambiente e de transmissão de doenças aos homens e animais e, por isso, não devem existir.

Atualmente, existem diversos processos para o tratamento dos resíduos sólidos urbanos. Um deles é o aterro sanitário, que, além de ser recomendado sanitariamente, é um elemento sempre necessário em qualquer tipo de tratamento que se queira adotar para o lixo urbano, pois quaisquer outros processos geram rejeitos ou cinzas.

Aterro sanitário

O aterro sanitário do tipo convencional é um método de disposição final do lixo sob o solo, sem que se crie no meio ambiente incômodos ou perigos à segurança e saúde públicas, confinando o lixo à menor área possível, reduzindo-o ao menor volume por compactação e cobrindo-o, em seguida, com uma camada de terra diariamente. Entre as vantagens do aterro sanitário podemos destacar: é uma destinação final sanitária, adequada e completa; recebe quase todos os tipos de lixo; protege o meio ambiente e a saúde pública; entre outras.

Compostagem do lixo orgânico

Esse processo transforma os resíduos orgânicos do lixo em material humificado, chamado composto. Este é um fertilizante orgânico preparado pela decomposição da matéria orgânica em condições favoráveis de fermentação, conduzindo essa matéria-prima a um estado de parcial ou total humificação. Portanto, a compostagem é um processo controlado de decomposição bioquímica de materiais orgânicos, transformando-os em um produto mais estável, mais bem utilizado, como fertilizante orgânico.

Os processos de compostagem são vários: desde a compostagem ao ar livre, em leiras, até usinas projetadas especialmente para o tratamento biológico do lixo. O sistema em leiras é o mais elementar e o mais antigo. Para um bom resultado, é importante que o lixo receba um tratamento mecânico antes da triagem, onde se faz a separação dos componentes que são prejudiciais, seguida de moagem para reduzir a granulação e facilitar a homogeneização do produto, facilitando o manuseio e a fermentação.

Por Andréa Oliveira.

Conheça o Curso CPT Reciclagem de Entulho

Confira os Cursos CPT, da área Meio Ambiente

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!