WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Ligue Agora (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Licenciamento ambiental para aterros sanitários. Isso é mesmo necessário?

Sim, é! O licenciamento de um aterro sanitário envolve uma licença prévia, licença de instalação e licença de operação. As exigências documentais e de projeto buscam verificar o porte do aterro

Licenciamento ambiental para aterros sanitários é mesmo necessário?   Artigos Cursos CPT

 

Licenciamento ambiental para aterros sanitários é mesmo necessário? Sim, é! Todo aterro sanitário deve ter um licenciamento ambiental, concedido por órgão governamental competente, que quase sempre são os Conselhos Estaduais de Política Ambiental da Secretaria Estadual de Meio-ambiente de seu Estado.

“Por exemplo, em Minas Gerais, há o COPAM-MG. E os projetos devem ser apresentados de acordo com a norma técnica da ABNT - Associação Brasileira de Normas Técnicas, No 8.419 de março de 1984, observando-se as disposições da legislação ambiental pertinente”, afirma Maeli Estrela Borges, professora do Curso a Distância CPT Aterro Sanitário - Planejamento e Operação, em Livro+DVD e Curso Online.

O licenciamento de um aterro sanitário envolve uma licença prévia, licença de instalação e licença de operação. As exigências documentais e de projeto buscam verificar o porte do aterro, ou seja, se de pequeno porte, isto é aqueles que com capacidade para menos de 10 toneladas dia, de médio porte, aqueles para 10 a 70 toneladas dia, ou aterros sanitários de grande porte, para capacidades de aterramento acima de 70 toneladas diárias de lixo.

Nesse sentido, basicamente, para que um projeto de aterro sanitário obtenha licenciamento, nele precisam constar: sistema de drenagem, coleta e tratamento do chorume, drenagem do biogás, drenagem de águas pluviais, dimensionamento das células lixo/terra, fixação da impermeabilização de fundo aterro para iniciar a operação, dimensionamento da cobertura final do aterro com declividade já pré-definida, nível de compactação do aterro para se saber se a vida útil esperada condiz com o projeto, e ainda a infraestrutura de apoio ao aterro. Definição do local de retirada de terra para cobertura, acessos internos e acessos externos. Proteção paisagística da área, sede de apoio operacional para os operários com instalações sanitárias, vestiários, refeitório e armários pessoais; ferramentário e áreas livres para circulação.

Aprimore seus conhecimentos sobre o assunto. Leia a(s) matéria(s) a seguir:


- Como é o dia a dia de um aterro sanitário (lixão), você sabe?
- Aterros sanitários: sistemas de drenagem e drenagem do chorume

Quer saber mais sobre o Curso? Dê Play no vídeo abaixo:


 

Conheça os Cursos a Distância CPT, em Livros+DVDs e Cursos Online, da área Meio Ambiente.
Por Silvana Teixeira.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!