WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Ligue Agora (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Produção de Manga - consorciamento, indução floral, irrigação, calagem e adubação

Consorciamento de culturas, indução floral, calagem e adubação são cuidados que, quando realizados adequadamente, garantem o sucesso da produção de mangas

Produção de Manga - consorciamento, indução floral, irrigação, calagem e adubação. Foto/crédito: Starr Evironmental

 

O Brasil, por sua origem tropical, propícia ao bom desenvolvimento da fruta, é um grande produtor de manga. Atualmente, sua grande produção é destinada não só ao abastecimento do mercado interno, como também ao abastecimento do mercado externo, comercializando frutos de excelente qualidade. Porém, a qualidade dos frutos nem sempre esteve entre as primeiras preocupações dos produtores. Inicialmente, a produção de mangas em grande porte era feita sem os devidos tratos culturais, realizado por pequenos agricultores e a produção não escalonada, com o produto de baixa qualidade, era comercializado em mercados locais. Nos dias de hoje, no entanto, muito se mudou e os produtores, grandes ou pequenos, têm melhorado seu padrão de qualidade. Para tal, alguns cuidados devem ser cuidadosamente tomados para não por em risco o sucesso da plantação. Entre eles, estão o consorciamento de culturas, a indução floral, a calagem e a adubação.

1- Consórcio

Como os espaçamentos utilizados na implantação do pomar são geralmente grandes, há uma grande área disponível para o produtor utilizar com culturas de porte médio a baixo. Entre as culturas ideais para realizar o consorciamento, estão o feijão, o amendoim, o arroz de sequeiro, o milho, a melancia, o melão, o abacaxi. Outra cultura que recentemente vem sendo usada no consorciamento com a manga é o maracujá, haja visto que a vida útil desta fruteira é pequena e por ser uma atitude economicamente viável. Neste caso, é indicado o cultivo de duas linhas nas entrelinhas do pomar.

- Benefícios do consorciamento: a decisão de consorciar culturas pode trazer alguns benefícios, como amortizar os custos de implantação, conservação e melhor aproveitamento do solo.

- Entraves do consorciamento: aspectos como maior movimentação do solo e dificuldades nos tratos culturais rotineiros da mangueira podem acontecer e, por isso, após certa idade das plantas, faz-se necessária a eliminação das culturas intercalares estabelecidas. O acompanhamento técnico e a orientação de um Engenheiro Agrônomo é medida salutar nesse caso.

Indutores florais artificiais possibilita antecipar ou retardar a colheita. Foto: Mauroguanandi

Indutores florais artificiais possibilita antecipar ou retardar a colheita. Foto: Mauroguanandi

2- Indução Floral

O emprego de produtos químicos a fim de induzir o florescimento em mangueiras é prática rotineira tanto no Brasil como em várias regiões produtoras de manga. O uso desses produtos químicos tem resolvido o problema da alternância de produção, fato comum nessa fruteira tropical e, também, da obtenção de colheita em época desejada, do florescimento e do amadurecimento dos frutos em épocas de menores ataques da antracnose. O melhor efeito do uso de indutores florais artificiais é a possibilidade de antecipar ou retardar a colheita e, com isso, obter melhores preços e regularidade na oferta do produto.

3- Irrigação

Nesse item também faz-se necessária a observação de diversas variáveis, pois para uma correta implantação de qualquer projeto de irrigação, as particularidades de cada região e de cada propriedade devem ser consideradas., tais como:

- Dados culturais: variedade, valor econômico, espaçamento, área foliar e profundidade das raízes.
- Solo: classificação pedológica, fertilidade, profundidade, propriedades químicas e físicas.
- Topografia: relevo de área considerada.
- Clima: temperatura, regime das chuvas, umidade relativa, ventos.
- Água: custo, quantidade e qualidade.
- Aspectos sociais e econômicos: capital disponível, nível cultural do produtor.

A partir desses aspectos, vários métodos podem ser utilizados, como aspersão, microaspersão, sulco, bacia mangueiras, gotejamento, entre outros. O método do gotejamento, tem sido apontado como um dos melhores, devido a sua eficiência e economia de água, por permitir a aplicação de adubos e diminuir os riscos de disseminação de doenças. No entanto, o gotejamento possui algumas desvantagens como alto custo de implantação, maior possibilidade de entupimento, requer manutenção cuidadosa e frequente e outros.

O Brasil, por sua origem tropical, é um grande produtor de manga. Foto/crédito: Mauroguanandi

O Brasil, por sua origem tropical, é um grande produtor de manga. Foto/crédito: Mauroguanandi

4- Calagem e Adubação

As práticas de calagem e adubação são indispensáveis e devem basear-se nos resultados de análises do solo e análise foliar. O tipo de pH do solo, espaçamento, irrigação e desenvolvimento da planta são fatores a serem considerados em um programa de calagem e adubação.

- Calagem

Em pomares a serem formados, a calagem deve ser aplicada com bastante antecedência ao plantio das mudas e incorporado profundamente; já em pomares implantados recomenda-se a análise a cada dois anos e aplicação de calcário quando a saturação de base for inferior a 60%.

- Adubação

Pode-se dividir a formação da mangueira em adubação e produção. Essa divisão é necessária devido às exigências nutricionais diferenciada em cada período. Nos primeiros anos de idade da planta, há uma maior demanda de Nitrogênio (N) e fósforo (P), já na produção, o potássio (K) é exigido em quantidades elevadas. A aplicação de micronutrientes (cobre, zinco e manganês), via foliar, a época e o modo de aplicação dos adubos deve seguir criteriosa orientação técnica.

Consorciar culturas pode trazer benefícios, como amortizar os custos de implantação, conservação e melhor aproveitamento do solo. Foto/crédito: Mmmavocado

Consorciar culturas pode trazer benefícios, como amortizar os custos de implantação, conservação e melhor aproveitamento do solo. Foto/crédito: Mmmavocado

Conheça os Cursos CPT, da área Fruticultura, elaborados pelo Centro de Produções Técnicas. Entre os Cursos, destacam-se:

Curso CPT Produção de Manga

Curso CPT Produção de Acerola

Curso CPT Produção de Morango

Curso CPT Produção de Maracujá

Curso CPT Produção de Limão Taiti

Curso CPT Produção de Banana

Curso CPT Produção de Mamão

Curso CPT Produção Comercial de Frutas em Pequenas Áreas

Por Silvana Teixeira

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!