WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
Fale com uma Especialista
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Orientações para montar um belo orquidário

O orquidário deve garantir às orquídeas condições favoráveis para que elas possam crescer belas e viçosas

Orientações para montar um belo orquidário

De acordo com Waldyr Fochi Endsfeldz, professor do Curso CPT Cultivo de Orquídeas para Fins Comerciais ou Hobby, existem cerca de 25 mil espécies de orquídeas registradas e pouco mais de 100 mil híbridos, desenvolvidos por mãos de orquidófilos encantados pelas formas e cores dessas lindas flores. Elas vegetam em diversos ambientes, desde regiões frias a áreas muito quentes.

Independentemente da região, o orquidário deve garantir às orquídeas condições favoráveis para que elas possam crescer belas e viçosas. Vejamos as orientações abaixo:

Onde montar o orquidário?


O melhor local para montar o orquidário deve ser plano para permitir a instalação das bancadas. Vale destacar que para cada metro quadrado, podem ser colocadas 10 orquídeas. Nesse sentido, o tamanho do orquidário depende da área disponível e do número de plantas a serem acomodadas na estrutura. Como não suportam ventos fortes, a área deve estar protegida com quebra ventos. Além disso, é importante considerar a posição do sol ao longo do dia.

Como deve ser a estrutura do orquidário?


A estrutura mais barata para o orquidário é a de eucalipto tratado. Outra opção são os mourões de cimento, pois apresentam ótimo custo/benefício, sem falar da fácil instalação. Entretanto, a estrutura mais recomendada é a de ferro galvanizado devido a uma série de fatores. Em relação à altura, no ponto mais alto da estrutura, devem ser calculados, pelo menos, três metros, para facilitar a circulação do ar na área interna do orquidário.

Como deve ser a cobertura do orquidário?


As telas de sombreamento são uma boa alternativa para a cobertura do orquidário. Entretanto, elas devem apresentar cor preta ou serem do tipo reflexiva, pois apresentam melhores resultados. Lembre-se de que quanto maior a porcentagem de sombreamento, mais sombra as orquídeas terão. O mais recomendado para as orquídeas das mais variadas espécies é uma porcentagem variando entre 50% e 70%.

Outra opção de cobertura é o filme plástico leitoso ou transparente. Se a escolha for o transparente, é fundamental instalar uma tela de sombreamento para impedir que os raios solares queimem as orquídeas. Se a opção for o filme plástico leitoso, não há necessidade da tela de sombreamento. Nesse caso, a tela reflexiva é essencial para reduzir a temperatura interna do orquidário.

Como acomodar as orquídeas?


As bancadas de madeira são mais baratas e fáceis de montar, embora durem menos, dependendo do tipo de madeira escolhido. Nesse caso, a melhor opção são as bancadas de metal, pois mesmo que sejam mais caras, duram mais. Ambas devem ficar a 80 centímetros do solo no mínimo.

As orquídeas também podem ser penduradas, pois recebem mais ventilação, além de serem dificilmente acometidas por doenças. Já as orquídeas dispostas verticalmente são perfeitas para áreas menores. Entretanto, até as áreas mais baixas da parede devem receber iluminação. Outra opção interessante são as orquídeas em degraus, pois também economizam espaço.

Conheça os Cursos CPT da Área Floricultura:

Cultivo de Orquídeas para Fins Comerciais ou Hobby

Cultivo de Bromélias - Para fins Comerciais ou Hobby

Produção Comercial de Strelítzia, Agapanto e Hemerocale

Fonte: Portal do Orquidófilo

Por Andréa Oliveira

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!