Em quanto tempo os cavalos aprendem as lições do treinador?

O tempo empregado nas atividades é importantíssimo para o ensinamento do cavalo e saber dosar tempo, intensidade, quantidade de exercícios deve ser uma das habilidades dos treinadores

Em quanto tempo os cavalos aprendem as lições do treinador?   Artigos Cursos CPT

 

Vai domar cavalos e quer saber em quanto tempo os animais aprenderão suas lições? Saiba, então, que o tempo empregado nas atividades é fator importantíssimo em quaisquer ocasiões onde se pretenda o ensino do cavalo e “saber dosar tempo, intensidade, quantidade de exercícios é uma das habilidades a ser perseguida pelos treinadores”, afirma Paulo Guilhon, professor do Curso a Distância CPT Doma Racional Interativa.

Quanto tempo devem tomar as lições?


A duração das lições deve respeitar o desenvolvimento da capacidade do cavalo em manter a atenção dirigida para as mensagens que a ele estão sendo transmitidas. Pouco adianta prosseguir na instrução de um cavalo cujas atenções já tenham se dispersado.

Um cavalo iniciante, em geral, tem pouca predisposição para manter-se atento aos comandos do treinador. Há uma tendência natural para a desfocalização na maioria dos indivíduos. Criar estímulos constantes para atrair suas atenções é um dos artifícios a serem usados. A voz, os gestos, o contato direto ou indireto (através da guia) são alguns recursos a serem acionados com essa finalidade.

O que fazer para manter a concentração dos cavalos?


A ampliação do estado de concentração é obtida aos poucos, por isso, no início, as lições devem ser de curta duração. A individualidade dos animais é outra questão a ser considerada. Há animais naturalmente mais atentos e predispostos aos exercícios. De qualquer modo, 15 a 20 min é o tempo médio diário que se deve adotar nos primeiros trabalhos de iniciação do cavalo. À medida que o animal demonstra-se mais interessado e concentrado, o tempo vai sendo aumentado.

Quando o tempo das lições extrapola os limites de tolerância do cavalo, na melhor das hipóteses, ele entrará em estados de apatia e não terá condições de corresponder aos estímulos transmitidos. O pior acontece quando o cavalo reage negativamente, manifestando contrariedades ou atitudes revoltosas.

Lições de longa duração ou curtas? Qual a melhor indicação?


Lições de menor duração evitam uma série de problemas, principalmente os relacionados aos aspectos psicoemocionais. A condução criteriosa das lições, respeitando-se a natureza e os limites revelados por cada indivíduo, é valioso investimento no futuro das relações e resultará em benefícios para ambas as partes.

Quanto melhor o treinador mais aprendem os cavalos. Verdadeiro ou falso?


Verdadeiro. Animais bem conduzidos aprendem com mais facilidade e maior rapidez. A pressa em alcançar objetivos gera estados de ansiedade e causam danos ao processo, por prejudicarem a estabilidade emocional do treinador, e, consequentemente, do cavalo. A perda da paciência, por exemplo, muitas vezes, é provocada pela ansiedade. Após os seis primeiros meses de trabalho, um cavalo bem treinado será capaz de manter-se concentrado nos comandos do treinador, por períodos de 60 min, ou até mais.

Como saber se o cavalo aprendeu as lições?


Um dos objetivos do treinamento de cavalos é fazer com que eles desenvolvam habilidades mentais para conservar atenções sempre dirigidas ao homem no decorrer das atividades conjuntas. Para saber se o cavalo aprendeu a lição, é preciso que haja confirmação do aprendizado. Os testes de aprendizagem são de grande valia para que o treinador possa levar o aprendiz a fases mais adiantadas. A correspondência às solicitações, sem que haja resistências nem dificuldades na realização dos exercícios, é o indicador de que o cavalo aprendeu.

Antes de sedimentar os aprendizados de uma fase, o cavalo não será bem sucedido nas conseguintes. Vamos a alguns exemplos do que não se deve fazer:


• encabrestar um potro antes de “dessensibilizá-lo” ao contato das mãos;
• iniciar as lições de cabresteamento, antes de o cavalo demonstrar confiança nos procedimentos do treinador;
• realizar os exercícios de cabresteamento lateral antes do frontal;
• ensinar o trabalho à guia antes de o cabresteamento (frontal e lateral) estar confirmado;
• fazer o trabalho de rédeas antes da adaptação à embocadura e dos exercícios mencionados acima.

Para confirmar cada fase descrita nos exemplos dados, basta fazer o teste recomendado, ou seja, verificar se o cavalo corresponde aos estímulos e às solicitações sem demonstrações de resistência ou de dificuldade.

Aprimore seus conhecimentos sobre o assunto. Leia a(s) matéria(s) a seguir:


Quanto tempo é necessário para se domar um cavalo?
Paixão por cavalos? Estude, aprenda e seja um domador!

Quer saber mais sobre o Curso? Dê Play no vídeo abaixo:


 

Conheça os Cursos a Distância CPT da área Criação de Cavalos.
Por Silvana Teixeira.

Cursos Relacionados

Curso Aparação de Cascos, Correção de Aprumos e Ferrageamento de Cavalos Curso Aparação de Cascos, Correção de Aprumos e Ferrageamento de Cavalos

Com Prof. Dr. Orlando Marcelo Vendramini

R$ 398,00 à vista ou em até 12x de R$ 33,17 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Doma Racional Interativa Curso Doma Racional Interativa

Com Prof. Paulo Guilhon

R$ 568,00 à vista ou em até 12x de R$ 47,33 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Inseminação Artificial em Equinos Curso Inseminação Artificial em Equinos

Com Prof.ª Fabiana Garcia

R$ 568,00 à vista ou em até 12x de R$ 47,33 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Outros artigos relacionados à área Criação de Cavalos

Últimos

Mais Lidos

Atendimento Online
Quer Facilidade