WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Semana do Campo CPT!
Cursos da Área Curso Inseminação Artificial em Bovinos - Convencional e em Tempo Fixo Curso Fabricação de Ração na Fazenda Curso Planejamento Alimentar em Sistema de Pastejo - Para Gado de Leite e Corte Curso Alimentação de Vacas Leiteiras em Pasto e em Confinamento Curso Enquanto o Veterinário Não Chega - Atendimento a Bovinos Curso Produção de Leite em Pasto Curso Prevenção e Controle de Mastite Curso Melhoramento Genético de Gado de Leite Curso Pastoreio de Lotação Rotacionada para Gado de Leite e Corte Curso Manejo da Vaca Gestante no Parto e Pós-Parto Curso Como Produzir Mais Leite e Mais Bezerras Curso Bezerras de Raças Leiteiras - Do Nascimento ao Desaleitamento Curso Cana Ureia - Alimento de Baixo Custo para Bovinos Curso Conforto Animal para Maior Produção de Leite Curso Sistema Superintensivo de Produção de Leite em Pasto Curso Ordenha Mecânica Curso Shamballah - O Segredo da Alta Produtividade Leiteira Curso Produção de Leite em Confinamento Curso Controle de Carrapato, Berne e Mosca-dos-Chifres Curso Recria de Novilhas para Produção de Leite Curso Formação e Manejo de Capineira Curso Sistemas Silvipastoris - Consórcio de Árvores e Pastagens Curso Criação de Bezerros de Raças Leiteiras para Corte Curso Manejo Homeopático para Gado de Leite Curso Pastejo Rotativo em Capim-Elefante Curso Produção de Leite Orgânico Curso Pastoreio Voisin para Gado de Leite Curso Vacas Meio-Sangue para Produção de Leite Curso Manejo Sanitário de Bovinos para Produção Orgânica de Leite Curso Avaliação, Julgamento e Preparo de Vacas Leiteiras para Eventos Curso Produção de Vitelos Áreas Afins 30Gado de Corte 17Pastagens e Alimentação Animal Depoimentos dos Alunos Alunos de Sucesso Depoimentos Publicações TV Cursos CPT Artigos Notícias Dicas Cursos CPT Entretenimento Beirada de Fogão Melhores Filmes do Cinema Reflexões

Óleos essenciais, derivados de plantas comuns, atuam no combate da mastite

Óleos essenciais derivados de plantas comuns, como a Canela-cássia, Cravo-da-índia, Capim-limão, Tomilho Branco e Citronela, são muito eficientes na inibição das bactérias causadoras da mastite

Óleos essenciais derivados de plantas comuns atuam no combate da mastite

 

Muito recentemente, um estudo apresentado pela Universidade Federal de Lavras (UFLA)/MG, sobre vacas em lactação, avaliou o efeito antimicrobiano de óleos essenciais no combate ao Staphylococcus aureus – principal agente patológico da mastite bovina – e do Steptococcus agalactiae – uma das mais importantes bactérias causadoras da mastite subclínica.

Por meio desses estudos, comprovou-se que o uso de antibióticos tradicionais usados no tratamento da mastite em vacas leiteiras contribui, e muito, para a seleção de bactérias resistentes, além de deixarem resíduos no leite. Por outro lado, de acordo com a biomédica Silvia Perini, autora da pesquisa, a doença tratada com compostos derivados de plantas comuns é uma excelente alternativa para o controle da mastite.

Com o objetivo de quantificar a concentração inibitória mínima dos óleos essenciais, necessários para o combate das bactérias S. aureus e S. agalactiae, inúmeros testes foram realizadas in vitro, no laboratório de bacteriologia de medicina veterinária da própria instituição. Entre as plantas envolvidas na pesquisa citam-se a Sálvia, o Cravo-da-índia, o Tomilho Branco, a Citronela, o Cardamomo, o Capim-limão, o Alecrim e a Canela-cássia.

Para a validação dos dados, cepas associadas a casos de mastite clínica e subclínica, coletadas pela pesquisadora em uma fazenda leiteira do sul de Minas, foram isoladas e submetidas aos testes. Em seguida, os óleos essenciais foram diluídos em medidas que variavam de 2,5% a 0,0048% de 1 mililitro (ml). O intuito da autora foi classificar como mais eficiente a composição capaz de combater as cepas com a menor quantidade utilizada. Finalizadas as avaliações, o resultado encontrado, por ordem decrescente, foi:

Bactéria: Staphylococcus aureus

1° lugar - Canela-cássia, com 0,03906% da substância;
2° lugar - Capim-limão e Tomilho Branco, com 0,15625% da substância;
3° lugar - Cravo-da-índia e Capim Citronela, com 0,3125%;
4° lugar - Alecrim Cardamono e Sálvia, com níveis insignificativos de concentração inibitória  mínima acima de 2,5%.

Bactéria: Steptococcus agalactiae


1° lugar - Canela-cássia, com 0,03906% da substância;
2° lugar - Cravo-da-índia, com 0,078125%;
3° lugar - Capim-limão e Tomilho Branco, 0,15625%);
4° lugar - Capim-citonela e Cardamono, 0,625%;
5º lugar - Sálvia (1,25%) e Alecrim (CIM>2,5%), que não apresentaram atividade antimicrobiana significativa.

Portanto, óleos essenciais produzidos com a Canela, o Cravo, o Capim-limão, o Tomilho Branco e
a Citronela foram listados como os potenciais inibidores das principais bactérias causadoras da mastite, além de serem alternativas viáveis no tratamento in vivo das infecções intramamárias que muito prejudicam a produção leiteira.

Conheça os Cursos CPT, da área Gado de Leite, elaborados pelo Centro de Produções Técnicas. Entre os Cursos, destacam-se:

- Curso CPT Produção de Óleos Essenciais

- Curso CPT Alimentação de Vacas Leiteiras

- Curso CPT Produção de Leite a Pasto

- Curso CPT Confinamento para Gado de Leite

- Curso CPT Cana-Ureia - Alimento de Baixo Custo para Bovinos

- Curso CPT Técnicas Simples para Produzir Mais Leite e Mais Bezerros

- Curso CPT Prevenção e Controle de Mastite

Por Silvana Teixeira
Fonte: Revista Mundo do Leite

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!