WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Ligue Agora (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Sexagem: como identificar o sexo das codornas

A identificação do sexo das codornas deve ser feita a partir das 10 primeiras horas de vida da ave

Sexagem: como identificar o sexo das codornas

Separar codornas por sexo é tarefa de um profissional especialista, conhecido como sexador. Após capacitação profissional e muito treinamento, o responsável pela sexagem das aves é capaz de identificar o macho e a fêmea da codorna já com um dia de vida. Se não fosse esse importante profissional, o cruzamento das matrizes seria praticamente impossível. Trata-se de uma profissão promissora, pois o mercado nacional conta apenas com poucos sexadores.

Segundo esses especialistas, a identificação do sexo das codornas deve ser feita a partir das 10 primeiras horas de vida – e se estende até 24 horas após o nascimento. Na sexagem das codornas, é possível separar mil aves por hora, com índice de acerto acima de 95%. Para leigos, a codorna macho e a codorna fêmea são idênticas. Entretanto, graças ao dimorfismo sexual, é possível separá-las.

Estamos falando sobre peso, cor e canto das codornas, que distinguem machos e fêmeas, ainda que sutilmente. Outra característica que difere o macho da fêmea da codorna é uma espécie de espuma expelida pela cloaca do macho quando levemente pressionada. Esta diferença auxilia na identificação das aves com poucas horas de vida. Já as outras diferenças são mais complexas e exigem maior atenção e concentração por parte do sexador.

Peso, cor e canto


A codorna fêmea inicia o desenvolvimento do seu órgão reprodutor quando atinge a quarta semana de vida. Com isso, ela se torna mais pesada que a codorna macho, que apresenta outras particularidades na fase de maturação sexual. Outra diferença concerne à cor do casal de codornas: o macho apresenta peito alaranjado e plumagem colorida; já a fêmea, peito branco e plumagem com pintas pretas.

Por fim, destacamos o canto dos machos da codorna, que começa na quarta semana de vida. Este é um sinal de que a ave está no início de sua fase reprodutiva (começo da maturidade sexual). Ao cantar, o macho da codorna mostra seus atributos às codornas fêmeas, que se aproximam (atraídas pelo canto) para o acasalamento. Outras aves também apresentam esse comportamento para a cópula.

Segundo Vera Maria Barbosa de Moraes, professora do Curso CPT Codornas - Recria e Reprodução, para a reprodução das codornas, o ideal é um macho para cinco fêmeas. Quando o manejo reprodutivo e alimentar das codornas é realizado de forma correta, as fêmeas botam 28 ovos (média mensal). Entretanto, o índice de postura cai após um ano de vida das aves. A época do ano também influencia na postura de ovos.

Quer saber mais sobre o curso? Dê play no vídeo abaixo:

Conheça os Cursos CPT da Área Avicultura.

Leia o artigo "Dicas para prevenir doenças em codornas."

Fontes: g1.globo.com; codorna.blog.br

Por Andréa Oliveira.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!