WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Raça ou linhagem: como classificar os frangos?

Para designar seus frangos, a avicultura moderna não emprega mais o termo raça e sim linhagem

Raça ou linhagem: como classificar os frangos? - Artigos CPT

 

Para designar seus frangos, a avicultura moderna não emprega mais o termo "raça" e sim "linhagem". Após vários anos de seleção genética, os esforços foram prioritariamente dirigidos à obtenção de aves cada vez mais pesadas, o que fez com que as aves selecionadas fossem se afastando das características dos seus ancestrais.

Dessa forma, os pesquisadores criaram "raças" próprias, guardadas secretamente pelas empresas que as possuem. Segundo Tadeu Cotta, professor do Curso CPT Produção de Frangos de Corte, “Essa seleção não criou novos genes, mas realizou uma espécie de triagem, permitindo, dessa maneira, maior presença deles na população selecionada”.

E como acontece esta seleção?

A seleção acontece com a avaliação dos resultados dos cruzamentos de linhagens, que são fenotipicamente avaliados pelo desempenho das aves. Ou seja, através da avaliação dos resultados obtidos, os pesquisadores aumentam a frequência de genes desejáveis, causando uma mudança na composição genética da população. A cada geração, as aves que se encaixam dentro dos parâmetros desejados são selecionadas para a reprodução, enquanto as aves que não se encaixam são descartadas.

Os cruzamentos entre linhagens têm possibilitado significativo ganho genético, permitindo a oferta de um produto cada vez melhor para o consumo. Esse ganho genético, transferido ao frango graças aos cruzamentos entre linhagens, pode se manifestar por várias gerações. Entretanto, as condições ambientais devem ser adequadas.

Como devem ser as condições ambientais?

Tecnicamente, é possível criar frangos em qualquer lugar, em qualquer terreno, mas a localização adequada da granja é um aspecto fundamental do negócio. Entretanto, condições inadequadas, tanto geográficas, quanto topográficas e de clima podem tornar o empreendimento muito oneroso. O ideal é instalar granjas nas proximidades de regiões produtoras de alimentos, servidas por boas estradas.

I- Localização

A escolha do local adequado para implantação do aviário visa otimizar os processos construtivos, de conforto térmico e sanitários. O local deve ser escolhido de tal modo que se aproveitem as vantagens da circulação natural do ar e se evite a obstrução do ar por outras construções, barreiras naturais ou artificiais. Neste sentido, a instalação da granja deve ser feita em terreno elevado, levemente inclinado. Isso evita riscos de inundações e dispensa grandes trabalhos de terraplenagem. As estradas de acesso às granjas devem ser compactadas com material adequado, para evitar o incômodo da poeira na época seca, e da lama nas épocas de chuva.

II- Galpões

Os galpões devem estar afastados de outras instalações, uns dos outros e, ainda, de animais domésticos ou selvagens, e de rodovias.

III- Energia elétrica

O uso de energia elétrica é indispensável para mover moinhos, misturadores de alimentos, bombas d’água, comedouros automáticos, e para implementar programas de iluminação nos aviários.

IV- Água

A água deve ser farta e de boa qualidade, sofrer tratamento, de maneira a tornar-se potável em qualquer época do ano, e, sempre que possível, ser conduzida por gravidade, em tubos enterrados.

V- Corrente de ar

É interessante observar o comportamento da corrente de ar, por entre vales e planícies, nesses locais é comum o vento ganhar grandes velocidades e causar danos nas construções. O afastamento entre aviários, deve ser suficiente para que uns não atuem como barreira à ventilação natural aos outros.

Conheça os Cursos CPT da área Avicultura.
Por Silvana Teixeira.

 

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!