Por que algumas galinhas comem os próprios ovos?

Quando as galinhas descobrem que o conteúdo dos ovos é rico em proteínas e gordura e que a casca é uma boa fonte de cálcio, começam comê-los e não param mais

Ovos de galinha


Quando bem alimentadas e em condições favoráveis e adequadas de manejo, as galinhas têm excelente produção de ovos. Já o contrário, ou seja, quando há uma carência de nutrientes na alimentação das galinhas, é possível notar que a casca dos ovos ficam moles, com aparência de plástico, flexíveis e vulneráveis à quebra. Tendo contato com o conteúdo dos ovos e descobrindo que ele é rico em proteínas e gordura e que a casca é uma boa fonte de cálcio, as galinhas começam a quebrar e comer os ovos de propósito. Para piorar a situação, as outras aves passarão a imitar a companheira.

Segundo Júlio Maria Ribeiro Puppa, professor do Curso a Distância CPT Galinhas Poedeiras - Produção e Comercialização, em Livro+DVD e Curso Online, “O hábito de comer ovos se inicia quando as galinhas se deparam com um ovo trincado ou quebrado no galinheiro. A partir daí, experimentam o conteúdo derramado, descobrem que a clara e a gema são altamente nutritivas e saborosas, e não param mais de se alimentarem dos próprios ovos”.

Mas, não é só isto que leva as galinhas a se alimentarem de seus ovos. Outros fatores, como o calor, iluminação excessiva no ninho, o tédio e água de péssima qualidade, também fazem com que as galinhas se estressem, biquem e comam os próprios ovos. Para não virar um hábito comum entre as galinhas do galinheiro, o avicultor deverá se atentar a alguns fatores:

1- Alimentação e água


É importante dar às galinhas uma alimentação balanceada composta de pelo menos 16% de proteína e que forneça muitas vitaminas e minerais. O melhor horário de fornecer a ração (de boa qualidade e completa) às galinhas é à tarde, para que haja maior disponibilidade de cálcio no intestino delas à noite. Esse cálcio será depositado diretamente na casca dos ovos, pela manhã. Se a galinha receber o cálcio pela manhã, ele será depositado na medula óssea e não na casca do ovo. Deverá, também, fornecer às aves água em abundância, limpa e em boa temperatura.

2- Acrescente cálcio à ração


Duas fontes riquíssimas em cálcio são a farinha de casca de ostra e o calcário. Acrescente-os à ração, conforme orientação técnica habilitada. Segunda alternativa é fornecer leite fresco durante vários dias. Se desejar utilizar cascas de ovos como fonte de cálcio, triture-as bem até que virem farinha. Desta forma, as galinhas não reconheceram a origem do produto. Lembre-se que a incidência de cascas moles se dá em dias quentes, quando a absorção de cálcio pelo organismo das galinhas é prejudicado. Sendo assim, a suplementação de cálcio deverá ser feita, principalmente, nestes dias.

3- Ambiente saudável


Evitar a superlotação nos galinheiros. Havendo estresse, as galinhas passam a bicar mais, inclusive os próprios ovos. As medidas mínimas necessárias são de 31 cm x 31 cm para cada quatro a cinco galinhas.

4- Aumentar o número de coletas


Quanto mais coletas, ou seja, quanto menor o tempo do ovo no ninho, melhor. Fazendo-se mais coletas durante o dia, impede-se que os ovos sejam pisoteados, quebrados, bicados e comidos pelas galinhas.

5- Instale os ninhos em locais tranquilos


O ambiente das aves deve ser muito tranquilo. Não se deve entrar no aviário de maneira brusca. Isso assusta as aves, causando impulso de fuga e pode resultar em vários problemas. Aproveite para retirar substancialmente a luminosidade do local, assim como arejar mais as instalações de forma a diminuir o calor, evitando o estresse das galinhas.

6- Faça boas camas


Cada ninho deve conter pelo menos um palmo de palha seca e limpa para evitar que os ovos colidam uns com os outros durante as postas. Esta medida também impedirá que os ovos rolem e caiam em superfícies duras, acarretando em quebra. Impedindo que as galinhas descubram o valor nutricional contido dentro dos ovos, menores serão as chances de elas os comerem.

Saiba mais sobre o ovo


O ovo é um recipiente biológico perfeito, que contém material orgânico e  inorgânico em  sua  constituição.  A  casca  representa  12%  da composição  proporcional  do  ovo  sendo  o envoltório  externo  composto basicamente de várias capas de cristais de carbonato de cálcio, dispostos na forma  de  mamilos,  dando  a  característica  de  porosidade  aos  ovos  e funcionando  como  pulmão  para  o  desenvolvimento  do  embrião,  em  ovos embrionados. A clara, também chamada de albúmen, participa com 56% da composição total do ovo. É constituía de mais de 13 proteínas de alto valor biológico, sendo que as principais são a ovoalbumina e a ovotransferrina que representam 66 % de todas as proteínas da clara. A gema representa 32% da composição proporcional do ovo e contém a maior fração de nutrientes essenciais  como  vitaminas,  proteínas  de  alto  valor biológico  (97,3%), fosfolipídeos, ácidos graxos essenciais e minerais.


Conheça os Cursos a Distância CPT, em Livros+DVDs e Cursos Online, da área Avicultura.
Por Silvana Teixeira.
Fontes: Globo Rural, WikiHow

Salvar

Cursos Relacionados

Curso Criação de Frango e Galinha Caipira Curso Criação de Frango e Galinha Caipira

Com Prof. Dr. Luiz Albino

R$ 398,00 à vista ou em até 10x de R$ 39,80 sem juros no cartão + frete

Saiba mais
Curso Criação Orgânica de Frangos de Corte e Aves de Postura Curso Criação Orgânica de Frangos de Corte e Aves de Postura

Com Prof.ª Arenales

R$ 360,00 à vista ou em até 10x de R$ 36,00 sem juros no cartão + frete

Saiba mais
Curso Galinhas Poedeiras - Produção e Comercialização de Ovos Curso Galinhas Poedeiras - Produção e Comercialização de Ovos

Com Prof. Dr. Júlio Puppa

R$ 335,00 à vista ou em até 10x de R$ 33,50 sem juros no cartão + frete

Saiba mais

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Outros artigos relacionados à área Avicultura

Últimos

Mais Lidos

Atendimento Online
Quer Facilidade